terça-feira, 13 de setembro de 2022

Identificado suspeito de vazar fotos íntimas da ex-namorada em Pirajuí

Após investigações, a Polícia Civil de Pirajuí identificou responsável por divulgar, sem autorização, fotos íntimas de uma jovem de 24 anos. Ex-namorado da vítima, o suspeito, de 23 anos, foi ouvido na delegacia e confessou o crime.
Segundo o registro policial, ao acessar a rede social Instagram, em abril deste ano, a jovem deparou-se com uma conta falsa, de uma pessoa que estava se passando por ela, com publicações, sem sua autorização, de diversas fotos suas, além de vídeos íntimos.
A vítima registrou boletim de ocorrência e, por meio de técnicas de investigação criminal tecnológica, a Polícia Civil solicitou à empresa que gerencia a rede social a preservação dos dados da conta e, na sequência, a quebra do sigilo do perfil junto ao Judiciário. Por ordem judicial, a empresa foi notificada a fornecer dados cadastrais da conta fake e endereço de IP de sua criação e acessos.
A Polícia Civil também solicitou exclusão da conta em razão do seu uso para prática de crimes contra honra e de falsa identidade.
As investigações tiveram sequência junto a provedores de acesso a internet e a polícia chegou até o número da linha telefônica móvel através do qual o perfil fake foi criado e os acessos foram feitos, descobrindo que ela estava no nome do ex-namorado da jovem. O suspeito foi ouvido na delegacia, na presença de advogado, e, diante das provas, confessou o crime. Ele foi indiciado com base no artigo 218-C, parágrafo 1º, do Código Penal (divulgação de cena de sexo, nudez ou pornografia, sem consentimento da vítima).
A pena para este tipo de crime, em caso de condenação, varia de um a cinco anos de reclusão. Nesse caso, ela pode ser aumentada de um a dois terços pelo fato de o autor ter mantido relação íntima de afeto com a vítima ou pela sua intenção de vingança ou humilhação.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Nenhum comentário:

Postar um comentário