segunda-feira, 22 de agosto de 2022

Reunião promovida pela Acig analisa questão da segurança na área central

A Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça) realizou uma reunião para tratar sobre questões de segurança e monitoramento no centro comercial garcense. O encontro contou com representantes da Polícia Militar (Tenente Ronier e Capitão Rolando), da administração municipal (secretário de Inovação e Tecnologia, Leandro Carvalho), Mauro José de Sá, presidente da Acig, Fábio Raniel, vice-presidente da entidade, Fábio Dias, superintendente da Associação e teve a participação efetiva de cerca de 30 comerciantes.
Em meio a questionamentos, houve de fato uma troca de ideias, esclarecimentos sobre problemas pertinentes e o desenho de futuras ações no Centro comercial. A maioria dos presentes considerou o encontro produtivo.
“É natural que num encontro dessa natureza alguns questionamentos ou apontamentos sejam mais duros, mas no geral houve de fato uma troca de ideias, um esclarecimento sobre a insegurança sentida pelos associados e foi falado, inclusive, em futuras ações”, disse o superintendente da Acig, Fábio Dias.
Foram quase duas horas de debate, abordando questionamentos sobre o funcionamento das câmeras de monitoramentos instaladas na área central da cidade, os custos, a organização e a transparência do serviço prestado.
“Os comerciantes presentes participaram efetivamente, fizeram seus questionamentos, deram sugestões. Na questão do monitoramento, que é um ponto ainda problemático, o secretário Leandro Carvalho reconheceu que realmente existem falhas que precisam ser corrigidas. Isso tanto na parte de vigilância, efetividade quanto na comunicação com o comércio e na transparência”, disse Dias.
Reconhecendo que existem falhas, Carvalho também apontou os pontos positivos que o sistema oferece como a leitura das placas dos carros, sendo informado de imediato se o veículo é roubado, se o proprietário é procurado pela justiça dando maior agilidade na ação da Polícia Militar.
Carvalho também falou sobre os projetos e investimentos que serão feitos, provavelmente ainda este ano, dependendo de dotação orçamentária.
Houve, por parte do secretário e sua equipe, o comprometimento de trabalhar em conjunto com o comércio e com a Acig, buscando soluções para os problemas.
“Eles se colocaram à disposição para receber os comerciantes e mostrar, na prática, o sistema operando. Só precisa que essa visita seja marcada com antecedência”, colocou Dias.

Redação do Garca.Jor



Nenhum comentário:

Postar um comentário