segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Mensagens ameaçadoras escritas em banheiro de escola gera temor entre alunos

Frases escritas no banheiro da escola estadual Nely Carbonieri de Andrade, em Vila Rebelo, causaram pânico entre alunos nesta segunda-feira, 01. A mensagem indica suposto massacre a ser praticado na próxima quarta-feira, 03.
Com medo, alguns pais e responsáveis optaram por buscar os filhos. A irmã de uma das alunas da unidade de ensino chegou a fazer uma postagem nas redes sociais para alertar sobre o caso.
“Na data de hoje, ficamos sabendo que na escola Nely houve ameaça de massacre. Na sexta-feira, 29, [a mensagem] foi escrita que o massacre seria dia 3 dessa semana, e divulgada por meio de um grupo da Prefeitura. Minha mãe optou por buscar minha irmã, pois nunca se sabe se é uma brincadeira ou de fato realidade. Confirmamos essa informação com a escola e procede essa ameaça, tanto que já tem policiais na escola”, diz o texto.
Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo afirma que tomou providências imediatas para tranquilizar a comunidade escolar, garantindo a segurança de alunos, professores e funcionários sem interromper aulas.
“Após registros de boletim de ocorrência e comunicação às autoridades de segurança pública, as escritas foram apagadas. Dirigentes de ensino e autoridades policiais atuam em todas as regiões do Estado para conscientizar comunidades escolares e identificar qualquer tipo de ameaça, ainda que todos os casos recentes tenham sido esclarecidos como trotes. O Gabinete Integrado de Segurança e Proteção Escolar promove estudos permanentes sobre casos de violência nas regiões escolares, além de estratégias para conter ameaças e fomentar a cultura da paz”, finaliza o documento.

Fonte: Marília Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário