segunda-feira, 29 de agosto de 2022

Gestantes passam a contar com o auxilio de doula em Garça

A Prefeitura de Garça, por meio do Fundo Social, da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e da Secretaria da Saúde, estão com a parceria de uma profissional doula, chamada Emily, que irá realizar trabalhos com gestantes.
Segundo a Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Hélide Parrera, a profissional é mais uma adesão importante para auxiliar no fortalecimento de vínculos entre mães e filhos. “Nós estamos alinhado as atividades, as metas e os objetivos desse novo trabalho, para que as nossas beneficiárias, mães, gestantes e crianças, possam se beneficiar. O objetivo maior do trabalho da doula é a transformação, de forma positiva e humanizada, na experiência da gestação, do parto e também do pós-parto. É um apoio físico e emocional, além de colaborar com o fortalecimento de vínculo da mãe com o bebê e facilitar na fase do aleitamento materno”.
A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social já realiza um importante trabalho de fortalecimento de vínculos para o atendimento de famílias e indivíduos, tanto através da proteção social básica, quanto da proteção social especial, que é muito conhecida por conta dos grupos socioeducativos que acontece no serviço de convivência e fortalecimento vínculos. Além disso, ela conta com trabalhos do PAIF, que é o serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, além do Programa Criança Feliz, que realiza o atendimento para gestantes e crianças de 0 a 3 anos ou crianças de 0 a 6 anos que recebem o BPC - beneficio de prestação continuada.
Todos os trabalhos desenvolvidos pela SEMADS são voltado para o fortalecimento de vínculo entre a criança e o seu cuidador, seja ele a pessoa com que a criança passe o maior período de tempo durante o dia ou os pais. “É um trabalho mais focado em atividades lúdicas e atividades que envolvam o brincar. Então, focamos sempre no brincar com brinquedos e atividades planejadas e dirigidas para esse fortalecimento de vínculo”, explica a Secretária.
A nova profissional doula, chamada Emily, já realiza alguns trabalhos com gestantes no município, e agora irá desenvolver um trabalho com as famílias atendidas pela Assistência e Desenvolvimento Social, Fundo Social e Saúde.
As gestantes que tiverem interesse, pode buscar orientação nos pré-natais nas unidades de saúde ou no CRAS de referência, onde os profissionais estarão orientados para a informação quanto a dias e horários de atendimento da doula.

Redação do Garca.Jor



Projeto "Tempo de Criança" ocorre a partir de quinta-feira no Teatro Municipal

O mês de setembro será iniciado com uma ação voltada para o público infantil em Garça. Com a promoção da Secretaria Municipal da Cultura e a realização da Secretaria Especial da Cultura, do Ministério do Turismo, a cidade irá receber o projeto "Tempo de Criança". A atividade é de caráter cultural e contará com brinquedos, distribuição de pipoca e algodão doce, entre outras atividades.
O "Tempo de Criança" é voltado para crianças de cinco a dez anos de idade, com atrações como contação de histórias e show musical. Além disso, será distribuído gratuitamente o livro "Antes da Escola". Cada sessão do projeto tem a duração de aproximadamente 60 minutos, sendo metade de contação de histórias e a outra metade com uma apresentação musical.
No próximo dia 01 de setembro, quinta-feira, serão realizadas duas sessões do projeto, uma às 09h30 e outra às 15 horas. Na sexta-feira, 02, haverá duas sessões, também às 09h30 e 15 horas, ao passo que no sábado, 03, ocorrerá uma apresentação, a partir das 15h30. 
Todos os encontros serão desenvolvidos no Teatro Municipal, na avenida Rafael Paes de Barros, 522, em Vila Williams. Escolas podem agendar a participação de turmas junto à Secretaria Municipal da Cultura.
Todas as crianças que participarem do projeto irão ser contempladas com o livro "Tempo de Criança", escrito por Roberto Limberger e ilustrado por Izabel Magnani. A história da obra destaca que uma tarde chuvosa é o suficiente para estimular a criatividade na relação entre avó e neto e, automaticamente, estabelecer um vínculo forte e inesquecível entre eles. As bolachas pintadas surgem nesse contexto e ficam eternizadas nas lembranças infantis como uma tradição de família.

Fonte: Jornal Debate



Encontro destaca potencialidades de Arranjo Produtivo Local

Foi realizado nesta sexta-feira, 26, no Sindicato Rural de Garça, uma palestra sobre APL (Arranjo Produtivo Local). O encontro teve a coordenação da subsecretária de Desenvolvimento Regional e Territorial da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, Adriana Tedesco Telerman. 
O APL é um conjunto de agentes de natureza diversa, que participam nas tarefas principais de uma união produtiva, podendo incluir empresas de um mesmo setor ou serviço e fornecedoras, centros de pesquisa, agentes do governo, instituições do setor, universidades e demais entidades privadas ou públicas. 
Segundo Adriana Telerman, Garça conta com um Arranjo Produtivo Local focado no café e que ele pode ser um agente de desenvolvimento para região, incluindo a distribuição de renda e impactos positivos para a economia.
"Esse encontro teve como objetivo conscientizar e buscar verificarmos onde podemos entrar como Estado, já que um arranjo produtivo existe independentemente de o Estado estar envolvido. A gente busca estimular, tentamos fomentar, mas não criamos. O arranjo é uma coisa da iniciativa privada e nós viemos para apoiar. Sempre que se fala de Arranjo Produtivo se tem uma entidade gestora e toda vez que falamos dessa entidade apontamos uma cidade. No caso do café é Garça. Não quer dizer que só Garça esteja envolvida. Outros municípios estão presentes", explicou Adriana.
A palestrante indicou que a união de empresas, produtores e outros agentes na APL permite a troca de experiência, o compartilhamento de compras, capacitações, entre outros benefícios. "Como está todo mundo unido é possível alavancar muito mais rapidamente o setor. Isoladamente uma empresa demora anos para crescer, se cresce muito mais rápido com a experiência do outro, com o que deu certo e o que deu errado, com fornecedor, podendo minimizar o custo de frete", indicou.
O papel do governo estadual é a busca de fomentar o trabalho do Arranjo, reconhecendo o pedido da unidade gestora, abrindo editais de fomento e aportando recursos. Caso os projetos do APL sejam aprovados é possível alocar até R$ 490 mil a fundo perdido. 
"A Secretaria também oferta vários cursos técnicos profissionalizantes, que a gente pode fazer de acordo com a necessidade da região, custeados pelo Estado", complementou Adriana.

Reconhecimento — O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Bruno Severino, indicou que Garça teve o reconhecimento de seu APL do café da região no início deste ano, sendo que a entidade gestora é o Congarça (Conselho do Café da Região de Garça).
"A partir de agora estamos desenvolvendo um trabalho para começar a realização de projetos voltados para esse Arranjo. Essa palestra foi uma orientação das pessoas que compõem o APL, buscando desenvolver projetos para o segmento da cafeicultura local, visando trazer uma competitividade para o café da região", disse o secretário.
De acordo com o presidente do Congarça, Tamis Lustri, o APL do café local contempla 18 municípios, sendo 15 que fazem parte do projeto de IG (Indicação Geográfica) da região. O Conselho faz a gestão do Arranjo Produtivo e também da Indicação, que está prestes a ser contemplada para o município.
Lustre sustentou que algumas regiões já contam com APL baseado no café, como é o caso de Caconde, porém, ainda não contam com indicações geográficas.
"Garça está saindo lá de trás, quando não tínhamos nada, e agora estamos prestes a ser contemplados com a Indicação Geográfica e já temos o certificado da APL para podermos começar a trabalhar. Essa palestra buscou trazer informações a produtores, empresários, com o foco no desenvolvimento regional, já que poderemos ter recursos a fundo perdido para desenvolver projetos na região", complementou.

Fonte: Jornal Debate



Mais de 100 mil crianças não receberam o nome do pai este ano

Os cartórios de Registro Civil do Brasil mostram que nos 7 primeiros meses deste ano, 100.717 crianças foram registradas sem o nome do pai. Este ano, foi registrado o menor número de nascimentos para o período desde 2016, totalizando 1.526.664 recém-nascidos, ou seja, 6,5% do total de recém-nascidos no país têm apenas o nome da mãe na certidão de nascimento.
A porcentagem é maior que os 6% registrados em 2021, quando 96.282 crianças das 1.586.938 nascidas não receberam o nome do pai. Em 2020, foram 1.581.404 nascimentos e 92.092 pais ausentes. O ano de 2019 teve 99.826 crianças apenas com registro do nome materno ante 1.718.800 nascimentos, seguido por 93.006 frente a 1.702.137 nascimentos em 2018.
Os números estão registrados no Portal da Transparência do Registro Civil, na página Pais Ausentes, que integra a plataforma nacional, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), que reúne as informações referentes aos nascimentos, casamentos e óbitos registrados nos 7.654 cartórios de Registro Civil do Brasil, presentes em todos os municípios e distritos do país.
Para o presidente da Arpen-Brasil, Gustavo Renato Fiscarelli, os números mostram que há muito a evoluir quando se trata de responsabilidade paterna. “Ambos, pai e mãe, são responsáveis pela criação dos filhos e possuem responsabilidades que precisam ser compartilhadas. Obviamente cada família vive uma realidade diferente, mas são dados substanciais que podem embasar as políticas públicas”, disse.
Fiscarelli ressalta a importância dos registradores. “Os registradores estimulam o procedimento de reconhecimento de paternidade com divulgação, programas permanentes de incentivo ao ato e ações, como os mutirões de reconhecimento de paternidade, realizados em parceria com as corregedorias gerais da Justiça”.
Desde 2012, o procedimento de reconhecimento de paternidade pode ser feito diretamente em qualquer Cartório de Registro Civil. Assim, não é mais necessária decisão judicial nos casos em que todas as partes concordam com a resolução.
Nos casos em que iniciativa seja do próprio pai, basta que ele compareça ao cartório com a cópia da certidão de nascimento do filho, sendo necessária a anuência da mãe ou do próprio filho, caso este seja maior de idade.
Em caso de filho menor, é necessário a anuência da mãe. Caso o pai não queria reconhecer o filho, a mãe pode fazer a indicação do suposto pai no próprio cartório, que comunicará aos órgãos competentes para que seja iniciado o processo de investigação de paternidade.
Desde 2017 também é possível realizar em cartório o reconhecimento de paternidade socioafetiva, aquele onde os pais criam uma criança mediante uma relação de afeto, sem nenhum vínculo biológico, desde que haja a concordância da mãe e do pai biológico.
Neste procedimento, caberá ao registrador civil atestar a existência do vínculo afetivo da paternidade ou maternidade mediante apuração objetiva por intermédio da verificação de elementos concretos: inscrição do pretenso filho em plano de saúde ou em órgão de previdência; registro oficial de que residem na mesma unidade domiciliar; vínculo de conjugalidade (casamento ou união estável) com o ascendente biológico; entre outros.

Fonte: Agência Brasil



Entra em vigor lei que moderniza legislação do cooperativismo de crédito

Entrou em vigor a Lei complementar que atualiza diversas regras do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), composto pelas cooperativas de crédito, entidades que prestam serviços financeiros exclusivos aos seus cooperados, como empréstimos. O segmento reúne cerca de 11,9 milhões de cooperados (dados do Banco Central de 2020).
Entre outros pontos, a Lei Complementar 196/22 torna impenhorável o valor colocado pelo cooperado na cooperativa de crédito (quota-parte), permite campanhas promocionais para atrair novos associados e autoriza as cooperativas de crédito a disponibilizar novos produtos ao seu quadro social.
A Lei também altera pontos da governança das cooperativas de crédito. O texto veda aos ocupantes dos cargos de gestão (como presidente de conselho de administração ou diretor executivo) o exercício simultâneo dos mesmos cargos em entidades similares.
Também possibilita a atuação de diretor ou conselheiro não associado, desde que a diretoria ou conselho sejam compostos, majoritariamente, por associados. A medida visa trazer maior profissionalização ao sistema.
Todas as mudanças foram inseridas na lei que disciplina o SNCC, de 2009.
A norma, sancionada sem vetos pelo presidente Jair Bolsonaro, deriva de projeto (PLP 27/20) do deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado.
Jardim afirma que as novas regras visam atualizar a Lei do SNCC, permitindo um novo ciclo de crescimento do setor que abrange 885 entidades, divididas em três níveis (cooperativas singulares, cooperativas centrais e confederações de centrais).
A Lei Complementar 196/22 também abrange as confederações de serviço, constituídas por cooperativas centrais de crédito, que, entre outras funções, cuidam da representação das associadas perante o poder público. Pela lei, as confederações de serviço em funcionamento deverão solicitar autorização ao Banco Central dentro de 180 dias.
O texto permite que as cooperativas centrais e as confederações, se autorizadas pelo Banco Central, assumam a gestão temporária de cooperativas singulares em situação de risco.
A lei atribui ainda novas competências de regulação ao Conselho Monetário Nacional (CMN) referentes a cooperativas, como regras para a elaboração do estatuto social, para a realização de assembleias e reuniões deliberativas, e para o acesso a informações protegidas por sigilo legal.
Ao CMN caberá também definir as condições de participação societária em outras entidades, inclusive de natureza não cooperativa.

Fonte: Agência Câmara de Notícias



Famema prepara concurso para contratação de 75 novos docentes

O diretor geral da Faculdade de Medicina de Marilia, Valdeir Fagundes de Queiroz, instituiu uma comissão especial para orientar e acompanhar o planejamento, a organização e a execução do concurso público para contratação de docentes.
A Famema, uma autarquia estadual, vai contratar profissionais para 61 cargos de Professor Adjunto Doutor e 14 de Professor Assistente Mestre da Famema.
A Comissão é formada por cinco profissionais, dos quais três são docentes com títulos de mestrado e doutorado, incluindo a vice-diretora, Haydée Maria Moreira.
Ainda não há datas ou detalhes para o processo, que marca um momento histórico em meio a grandes conquistas da instituição.
O concurso formaliza e regulariza a contratação de docentes e a criação da estrutura de ensino toda vinculada à autarquia estadual. A Famema supera com isso a confusão das contratações por duas fundações distintas – a Fumes e a Famar -.
A abertura do concurso foi autorizada em julho deste ano pelo governo do Estado. Serão 41 contratos como professor adjunto doutor para trabalho integral e 21 para regime parcial. No caso de assistente mestre serão oito para regime integral e seis para parcial.
“Essa autorização é fundamental para a recomposição do nosso quadro docente. Esse é o resultado de um trabalho longo, construído em conjunto pela gestão da Famema com alunos, docentes e funcionários, com apoio político de várias esferas e pelo Governo do Estado de São Paulo”, disse o diretor quando a autorização foi divulgada.
Além do concurso, a Famema encaminha a instalação de seu campus em área própria, cedida pelo governo federal. Hoje a instituição usa diferentes prédios alugados.

Fonte: Giro Marília



Audiência tenta acordo para desocupar ferrovia em Oriente

A Justiça federal de Marília marcou para o dia 29 deste mês uma audiência de conciliação para discutir a desocupação de uma área com, até 29 famílias ao lado da ferrovia entre Oriente e Pompéia.
A negociação trata de um caso que começou em 2016 e que segundo um relatório da Polícia Civil chegou a envolver 40 construções ao lado da ferrovia.
A ocupação envolve a faixa de domínio ao lado dos trilhos no trecho entre o km 482+000 e km 484+000, próximo à Fazenda Paredão.
Alguns dos ocupantes informaram a Justiça que compraram as suas áreas de pessoas que disseram ser seus legítimos donos, e a cercaram, mas não deram detalhes sobre as supostas transações.
A intimação inicial e processo de desocupação provocaram algumas saídas, mas como a linha continuou sem uso, parte das áreas foram ocupadas novamente. O longo período sem uso da ferrovia é um dos argumentos das famílias no local.
O caso chegou a receber sentença para ordem de desocupação que acabou anulada porque o Tribunal Regional Federal considerou que parte dos envolvidos na ação não foi notificada de forma regular por não terem sido encontrados.
A Justiça Federal de Marília fez a citação por edital e nomeou a advogada Dorilu Sirlei Silva Gomes para representar estes moradores no processo.
A busca por um acordo esbarra em questões técnicas. O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) argumenta que a área é um bem indisponível em concessão para a Rumo e em espaço de segurança para uso dos trilhos.
Mas a decisão judicial que agendou a audiência lembra que não é possível ignorar a hipossuficiência em que se encontram as famílias envolvidas na ocupação.
O local da ocupação integra o ramal Bauru-Panorama, o mesmo que passa por Marília onde também há aumento de ocupações tanto com construção quanto com pavimentação sobre trilhos.
O uso das áreas cresce com o tempo de abandono, apesar das previsões oficiais de que o ramal volte a ser utilizado, uma previsão estabelecida em programa de investimentos que deu à empresa Rumo Logística maior prazo de exploração da concessão.
O camelódromo de Marília avançou sobre os trilhos, inclusive em construções mais sólidas com colunas de concreto junto à ferrovia, além de áreas como cruzamentos com avenidas que tiveram os trilos cobertos por asfalto.

Fonte: Giro Marília



Ourinhos: homem é preso depois de matar padrasto da companheira em bar

A polícia prendeu em flagrante Remus Teixeira Vigar da Silva de 30 anos, acusado de matar asfixiado o padrasto da companheira na noite do último sábado, 27, em Ourinhos.
O caso aconteceu em frente a um bar no Jardim Santa Fé. A vítima foi identificada como Mauro Feliciano, de 56 anos.
O acusado, a companheira, a vítima e o patrão do autor teriam passado o dia bebendo no bar. Remus teria dado um tapa na companheira e Mauro tentou intervir.
Segundo testemunhas, contra a vítima, o homem aplicou um golpe conhecido como “triângulo”, em que as pernas são utilizadas para estrangular o oponente.
Mauro – já tinha problemas cardíacos – chegou a ser socorrido pela equipe do Samu até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu.
Remus foi preso pela Polícia Militar ainda no bar bastante alterado e alcoolizado. O acusado foi encaminhado à Cadeia de São Pedro do Turvo, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Fonte: Marília Notícia



Consórcio abre concurso público com vagas em Herculândia e Tupã.

O Consórcio Regional Intermunicipal de Saúde (CRIS) abriu as inscrições para o concurso público 01/2022, com o objetivo de contratar profissionais da saúde para atuar no Programa PSF e Residências Terapêuticas de Herculândia e UPA de Tupã.
As inscrições podem ser feitas pelo site www.objetivas.com.br até o dia 26 de setembro de 2022. 
As taxas variam entre 11 e 23 reais. A prova objetiva será aplicada no dia 16 de outubro e os candidatos deverão consultar o local dias antes de sua realização.
A oportunidade é para cerca de 16 cargos diferentes, como, enfermeiro, cuidador, dentista, fisioterapeuta, nutricionista, médico, serviços gerais, técnico de farmácia, entre outros. Os salários podem chegar até R$ 7 mil reais, dependendo do cargo escolhido. 
O edital do concurso pode ser consultado aqui.

Fonte: TupãCity



Acidente entre moto e carro em vicinal de Tupã termina com um morto

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em um acidente entre um carro e uma motocicleta, na vicinal Marechal Eduardo Gomes, em Tupã, na madrugada de domingo, 28.
Segundo a Polícia Civil, a motorista do carro foi presa em flagrante depois que provocou o acidente. Ela trafegava pela contramão na via, quando bateu de frente com a motocicleta.
Com o impacto da batida, os veículos pegaram fogo. Júlio César de Oliveira Moreno, de 26 anos, morreu, enquanto o outro ocupante da motocicleta, de 27 anos, foi socorrido em estado grave e levado para a Santa Casa da cidade. A motorista e passageira do carro não ficaram feridas.
A motorista, que não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH), recebeu voz de prisão e permaneceu à disposição da Justiça.
O caso foi registrado como homicídio com dolo eventual, ou seja, quando a pessoa assume o risco de matar outra.

Fonte: g1



quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Concessionária de rodovias abre oportunidades de emprego em cidades da região

A CART Concessionária de Rodovias vai selecionar candidatos para vagas de emprego em oito cidades nas regiões de Marília, Bauru e Assis. As funções exigem requisitos e qualificações específicos.
Em Salto Grande ou Ourinhos será preenchida vaga de encarregado de manutenção, atribuição que exige CNH categoria D e experiência com rodovia e de encarregado com equipe civil.
Em Bauru, a vaga de estágio é para o setor de regulatório. O candidato deve cursar a partir do segundo ano do ensino médio e estar matriculado em um curso de administração será um diferencial.
Seis vagas serão preenchidas em Paulistânia para operador de pesagem. Para o exercício da atividade na CART, o profissional deve ter ensino médio completo. É desejável a habilidade na operação de balança rodoviária. O posto de trabalho exige também horário flexível.
Para Palmital ou Ibirarema, será recrutado motorista. Os requisitos são ensino fundamental e CNH categorias C ou D, além de dois anos de experiência na atividade. Moradores de Assis e Santo Anastácio interessados também podem participar do processo seletivo para vagas de ajudante de sinalização, vaga que em como diferencial para o candidato experiência em serviços gerais.
A inscrição para concorrer a uma das vagas oferecidas pela CART é simples, basta o interessado acessar o site https://vempracartsp.gupy.io/ e selecionar a vaga desejada no link. As candidaturas para estas funções poderão ser feitas até 26/08. Também é permitido a quem busca um posto de trabalho na Concessionária cadastrar o currículo no Banco de Talentos para a participação em futuros processos seletivos.
Aos contratados da CART, além da remuneração, são oferecidos benefícios como assistência médica, seguro de vida e participação nos resultados. A empresa é responsável pela geração de 2,9 mil empregos diretos e indiretos, irá

Fonte: Giro Marília



Morcegos hematófagos: Pompeia tem registro de casos de raiva bovina

A Vigilância Sanitária de Pompeia acompanha técnicos da Defesa Agropecuária na busca por refúgios de morcegos hematófagos. A medida foi tomada depois de o município registrar casos de raiva bovina em duas propriedades rurais.
O morcego hematófago transmite a doença ao gado através da mordida. Com isso, existe a suspeita de que há possíveis abrigos do animal nas proximidades.
Edgar Rissato, diretor da Vigilância Sanitária de Pompeia, e Irani Gouveia, veterinária do Centro de Controle de Zoonoses, afirmam que a força-tarefa está empenhada.
“Durante toda esta semana ou até o final desta ação, estará sendo realizada uma força-tarefa com toda a equipe de controle da raiva para procura e revisão dos abrigos de morcegos hematófagos em todo o entorno”, concluem.

Fonte: Marília Notícia




Pedreiro morre depois de ser atacado por pit bulls em Bauru

Um pedreiro, de 56 anos, morreu após ser atacado por dois pit bulls, no Parque Roosevelt, em Bauru. Segundo o boletim de ocorrência (BO), Simão Cirineu de Oliveira sofreu múltiplas lesões no rosto e foi socorrido em estado grave. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos.
Consta em BO que Simão havia sido contratado pelo proprietário da casa e estava prestando serviços há cerca de uma semana, sem intercorrências com os cachorros.
Porém, na manhã do último sábado (20), enquanto trabalhava sozinho, por motivos a serem esclarecidos, foi atacado pelos pit bulls. Na ocasião, segundo o registro policial, os animais estavam soltos na área externa do imóvel, sem coleiras ou focinheiras, e nenhum morador estava no local.
Vizinhos escutaram o homem gritando por socorro e acionaram a Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros. Quando as equipes chegaram no endereço, se depararam com os cães ainda cercando e atacando o pedreiro, que estava bastante ensanguentado e aparentemente desacordado.
Os PMs relataram que, diante da gravidade da situação, entraram no imóvel e efetuaram seis disparos - sendo quatro de elastômero (bala de borracha) e dois de arma de fogo - na direção dos pit bulls, para afastá-los da vítima. Os cachorros correram para dentro da sala da casa e, em seguida, os policiais fecharam a porta do cômodo, a fim de evitar mais lesões ao pedreiro.
Segundo o BO, somente um tiro de borracha atingiu um dos animais, sem causar ferimentos aparentes. No endereço, estava ainda um terceiro cão, sem raça definida e dócil, que não teria participado dos ataques à vítima.
Assim que os pit bulls foram contidos, Simão foi socorrido por equipes do Samu e levado, em estado grave, ao Pronto-Socorro Central (PSC). De lá, ele foi transferido para a UTI do Hospital de Base, onde deu entrada com múltiplas lesões causadas pelas mordidas e grande perda sanguínea.
No hospital, ele também foi submetido a cirurgia plástica reparadora de danos. Porém, na manhã do último domingo (21), o homem não resistiu aos ferimentos e morreu, tendo como possível causa um choque hemorrágico refratário (por conta da perda de volume sanguíneo, suficiente para causar choque e levar a óbito), ainda segundo o BO.
O caso foi registrado como lesão corporal culposa e omissão de cautela na guarda/condução de animais, e será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



terça-feira, 23 de agosto de 2022

Duartina: Prefeitura interdita passarela em Ecoparque

A Prefeitura de Duartina decidiu interditar a passarela do Ecoparque Ciro Simão, principal ponto turístico do município. De acordo com o município, a estrutura de madeira, que foi construída há vários anos, está totalmente comprometida e não há mais possibilidade de recuperação. Em maio, a situação da ponte foi alvo de questionamento por parte de uma vereadora.
A interdição ocorreu na sexta-feira, 19. "Engenheiros da Prefeitura e da Defesa Civil estiveram no local e detectaram a necessidade da interdição da passarela", informou o prefeito Juninho Aderaldo (Progressistas) em sua página no Facebook. "Trata-se de estrutura construída há muitos anos atrás, precisando constantemente de reparos. Porém, infelizmente, deteriorou-se, não havendo mais condições de recuperação".
De acordo com o chefe do Executivo, a Prefeitura apresentou projeto junto ao governo do Estado, há cerca de um ano, pleiteando a liberação de recurso no valor total de R$ 1,2 milhão para construção de uma nova passarela de travessia do lago do Ecoparque Ciro Simão e novo píer e alargamento das calçadas internas do espaço. Até o momento, o pedido segue sob análise, sem previsão de liberação dos valores.
Em maio deste ano, durante sessão na Câmara, a vereadora Ana Paula Carvalho Viegas (Podemos) usou a tribuna para falar sobre a sua preocupação com as condições da passarela, muito utilizada por moradores para a prática de caminhadas. Na ocasião, a parlamentar falou sobre a inclinação acentuada da estrutura e solicitou à administração que engenheiros realizassem a avaliação estrutural da passarela.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Incêndio atinge borracharia em Santa Cruz do Rio Pardo

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma borracharia localizada na avenida Pedro Camarinha, em Santa Cruz do Rio Pardo, na tarde desta segunda-feira, 22. Segundo o Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi registrada pouco após às 17h30. O fogo intenso consumiu uma grande quantidade de pneus e carcaças dos mesmos, que estavam estocados no local. Ninguém ficou ferido.
Ainda segundo a corporação, um caminhão-pipa que encontrava-se a cerca de 40 metros da borracharia foi utilizado por funcionários de uma empresa próxima e da própria borracharia para iniciar a contenção das chamas. Em seguida, o Corpo de Bombeiros seguiu com o trabalho de rescaldo. A estrutura da construção não sofreu grandes danos e o incêndio foi controlado antes de se espalhar para moradias vizinhas. 
A perícia esteve no local para averiguar as causas do acidente. 

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Apresentação sobre Arranjo Produtivo Local vai ocorrer no Sindicato Rural

Na próxima sexta-feira, 26 de agosto, será realizado, entre 10 e 12 horas, no Sindicato Rural, uma palestra sobre "APL - Arranjo Produtivo Local". A subsecretária de Desenvolvimento Regional e Territorial da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, Adriana Tedesco Telerman, fará uma apresentação que é voltada para o público em geral, em especial para produtores e comerciantes, já que o tema é de grande importância para a economia regional.
Segundo divulgado, um Arranjo Produtivo Local (APL) é um conjunto de agentes de natureza diversa, que participam nas tarefas principais de uma união produtiva, podendo incluir empresas de um mesmo setor ou serviço e fornecedoras, centros de pesquisa, agentes do governo, instituições do o setor, universidades e demais entidades privadas ou públicas. 
Consiste em ter uma governança e evidenciar relações de cooperação, trocas e aprendizado constantes em um determinado território. Devem ocorrer em um recorte do espaço geográfico constituído pelo agrupamento de agentes de interesse que consolidam uma identidade coletiva e demonstrar a capacidade de promover o desenvolvimento local, estabelecendo parcerias e compromissos para manter e especializar os investimentos de cada um dos agentes no arranjo e seu entorno.
O Sindicato Rural está localizado na rua Padre Paulo de Toledo Leite, 538, no Centro.

Redação do Garca.Jor



Homem morre esfaqueado por ex-mulher em Ourinhos

Um homem de 46 anos, identificado como Fabiano Diniz Bento, morreu depois de ser esfaqueado pela ex-mulher, de 50 anos, no último domingo, 21, em Ourinhos.
O caso ocorreu por volta das oito da noite, durante uma confraternização na casa da suspeita, no Jardim Imperial. A mulher está foragida.
Os dois teriam se desentendido por motivos não esclarecidos, quando o mulher passou a agredir vítima com golpes de faca. A acusada ainda acionou a polícia, entrou no carro e fugiu.
Quando a PM chegou ao local, encontrou a vítima sentada na calçada, segurando um violão e consciente. Bento teria contado o ocorrido e foi socorrido até a Santa Casa.
A vítima sofreu duas lesões no tórax, uma tóraco-abdominal, uma no ombro e outra na face. As perfurações atingiram o fígado e o pulmão, o que causou grave hemorragia. O homem morreu na sala de cirurgia.
A mulher segue foragida. O caso é investigado.

Fonte: Marília Notícia



Obras de modernização e duplicação devem ser iniciadas na SP 294

As obras de duplicação, modernização e implantação de pistas marginais à rodovia SP 294, no trecho entre Marília e Oriente, vão ser oficialmente iniciadas na próxima quinta-feira, 25.
Dirigentes da concessionária Eixo-SP e da Artesp, a agência reguladora de transportes no Estado, devem participar da solenidade, que vai apresentar detalhes do projeto.
A obra abre cronograma de grandes investimentos em ampliação da estrutura da rodovia na região e prevê aplicação de R$ 9,1 milhões.
Tais trabalhos deveriam ter sido iniciados em maio deste ano e têm previsão de conclusão até meados do ano que vem. O governo do Estado já autorizou a Eixo-SP a iniciar os procedimentos de desapropriação de áreas — ao lado da pista — necessárias para a implantação.
O principal destaque da obra para Marília é a implantação das marginais, que vai criar um novo acesso para bairros como Maracá e Montana sem uso da rodovia.
O projeto inclui ainda três trevos padrão diamante para acessos em pontos de movimento. Passarelas para pedestres também devem ser implantadas.
Além disso, prevê a implantação dos divisores centrais de faixas, sinalização e um novo ponto de acesso em Oriente.

Fonte: Giro Marília



segunda-feira, 22 de agosto de 2022

Comerciantes decidem manter lojas fechadas na noite de 06 de setembro

Por uma maioria significativa, os comerciantes garcenses decidiram que as lojas deverão ficar de portas fechadas na noite de 06 de setembro, quando será realizado o desfile cívico em comemoração ao Dia da Independência (07 de setembro – feriado nacional). 
Depois de algumas expectativas e especulações que foram levantadas, a Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça) fez uma pesquisa com os comerciantes para saber o posicionamento deles sobre a abertura do comércio em horário estendido no dia 06 de setembro.
A pesquisa on-line contou com 53 participações e, desse total, 83% avaliaram que o comércio não deveria abrir as portas até às 22 horas.
"A abertura do comércio em dias não convencionais sempre levanta alguns questionamentos. Uns querem, outros não, o que é absolutamente normal. Cabe a Acig, na impossibilidade de atender a todos, atender o posicionamento da maioria. Por isso fizemos a pesquisa, que foi a forma mais democrática encontrada. Todos tiveram a oportunidade de participar. Acreditamos que aqueles que não se posicionaram aceitam o resultado, independentemente se for favorável à abertura ou não", disse o superintendente da Acig, Fábio Dias.
De acordo com ele, como a maioria dos comerciantes locais concorda com o fechamento na noite do dia 06 de setembro, o assunto será dado por encerrado. 
"Temos de lembrar também que muitos programaram uma viagem, uma saída, já depois do horário comercial, visto que nada havia sido veiculado. Pelo menos esse ponto já foi resolvido. Que os que forem viajar que o façam de forma tranquila e os que não forem poderão aproveitar o desfile que ocorrerá ou até ter um momento a mais de descanso", complementou Dias.

Redação do Garca.Jor



Circuito Sesc de Artes divulga programação a ser apresentada em Garça no dia 26

No dia 26 de agosto, sexta-feira, a partir das 16 horas, o Lago Artificial "J. K. Williams" vai receber uma nova edição do Circuito Sesc de Artes, com diversas atividades promovidas por esse serviço do comércio, envolvendo diversas faixas etárias.
A programação, para todas as idades e interesses, passa por 118 municípios da grande São Paulo, interior e litoral paulista e conta com apresentações de teatro, dança e circo, shows musicais, oficinas, intervenções, vivências, ações literárias, cinematográficas, de artes visuais e tecnologias, envolvendo mais de 500 profissionais das artes de diversos estados do Brasil. 
O Circuito Sesc de Artes é promovido pelo Sesc São Paulo em parceria com prefeituras e sindicatos do comércio, serviços e turismo. 
O evento chega aos municípios que fazem parte da área de atuação de unidades do Sesc com ações artísticas que buscam provocar novas percepções, reflexões e vivências. Com o intuito de fomentar, fortalecer e ampliar o espaço de diálogo e convivência, o respeito e a transformação social, a edição 2022 do Circuito Sesc de Artes intensifica o olhar para toda a diversidade de pessoas.
Durante um dia em cada município, os artistas realizam os espetáculos, shows e oficinas nas praças e parques com o objetivo de estimular o uso dos espaços públicos como lugares fundamentais para o convívio social e a troca de experiências e aprendizados, favorecendo os encontros e os afetos em uma perspectiva do desenvolvimento humano por meio da arte e da cultura.
Segundo o Sesc São Paulo, as atrações que estarão presentes em Garça no próximo dia 26 serão as seguintes:
 
Circuito de Bolinhas: Engenhoca com bolinhas de Gude
Com Renato M. Barboza e artistas convidados (SP)
Na instalação, os participantes criam circuitos de bolinhas com peças elaboradas a partir de materiais do cotidiano em totens com painéis perfurados. Mediadores auxiliam na manipulação desses painéis, estimulando a exploração do acervo de materiais reutilizáveis em busca de soluções aos desafios propostos.
 
Cine concerto interativo
Com GEM - Grupo Experimental de músicas (SP)
O grupo de Santo André, que se dedica à pesquisa e criação de sons e instrumentos com sucatas, cria uma trilha sonora ao vivo simultaneamente à exibição de trechos dos filmes “O Menino e o Mundo” (Alê Abreu), “Tempos Modernos” (Charlie Chaplin) e “Alice no País das Maravilhas” (Tim Burton).
 
Fazendo Beats
Com Spbeatessentials (SP)
Nesta vivência, o participante é convidado a conhecer o universo do beatmaking, aprendendo os fundamentos para a produção de um beat de qualquer estilo musical. Também serão abordados o contexto histórico, artístico e tecnológico, principais artistas, instrumentos e efeitos.
 
A Carroça é nossa
Com Xama Teatro (MA)
Na peça baseada na cultura popular do Maranhão, quatro personagens partem em busca de um animal para puxar uma carroça que acreditam ser o veículo de transporte até seus sonhos. Durante a jornada, eles fazem descobertas sobre suas origens, percebem que seus destinos não se cruzam à toa e que precisam desvendar um enigma que envolve a carroça.
 
Telhado de Histórias
Com Grupo Raconto (SP)
Em uma tenda lúdica, com telhado de fitas e bolsos repletos e livros, as crianças são estimuladas à leitura pelos mediadores do Grupo Raconto. Elas conhecem diferentes histórias e refletem sobre elas, trocando impressões depois da leitura, além de explorarem o inusitado espaço.
 
Cabaré da Mafalda
Com Teatro da Mafalda (SP)
No picadeiro de um circo, a palhaça Mafalda Mafalda apresenta seu “cabaré internacional”, com sua trupe excêntrica e atrapalhada, fazendo de tudo para que o espetáculo se realiza, mas ele nem sempre sai como esperado! Os artistas garantem risos e confusão com seus números clássicos, cenas cômicas musicais e habilidades circenses.
 
Versando na rua: reggae em festa brasileira
Com DJ Master San, Marietta Massarock e Monkey Jhayam (SP)
Inspirado na cultura dos sound systems, o show convida o público a cantar e dançar clássicos da música brasileira e internacional em versões criadas ao vivo com mixagem, instrumentação e vocais. O DJ, produtor e instrumentista Master San comanda este baile, contando com vocais de Marietta Massarock e Monkey Jhayam, além de músicos de apoio e convidados especiais.

Redação do Garca.Jor



A partir do dia 08: Festa Franciscana divulga programação de shows

Está chegando a hora. Depois de dois anos sem ser realizada, devido às medidas restritivas impostas pela pandemia da covid-19, a Festa Franciscana está de volta. Neste ano ela chega a sua 21ª edição e um grande público é esperado para conferir as atrações, prestigiar as barracas e consumir diversos itens alimentícios. A Festa se dará nos dias 08, 09, 10 e 11 de setembro, em frente do Santuário Nossa Senhora de Lourdes, sendo que o início se dá logo após o encerramento da celebração da missa.
A programação de shows já está definida. Na quinta-feira, 08, sobe ao palco Wagner Tozzetti. Na sexta-feira, 09, a apresentação será dos Irmãos Lacerda. No dia 10, sábado, quem comanda a diversão é a dupla Antony & Cezar e fechando a Festa, no domingo, 11, quem se apresenta é a dupla Rodrigo & Alexandre.
Assim como nas edições passadas, a Festa vai contar com muitas barracas típicas com diversas opções gastronômicas, como frango assado, frango a passarinho, espetinho, tempurá, pastel, batata recheada, batata frita, mini pizza, cachorro quente, além do tradicional pudim do Frei. As bebidas oferecidas serão limonada suíça, caipirinha, chopp, cerveja, refrigerante e água. Além disso, haverá barraca da pescaria e das vocações e brinquedos infláveis para as crianças.
A paróquia Nossa Senhora de Lourdes está aceitando doações de leite, leite condensado e óleo para a confecção dos itens alimentícios. 
Novamente haverá o tradicional Show de Prêmios. As cartelas já estão sendo comercializadas, no valor de R$ 10, sendo que o primeiro prêmio será de R$ 7 mil, o segundo de R$ 2 mil e o terceiro de R$ 1 mil.
Os organizadores apontam que a Festa não tem como objetivo apenas arrecadar recursos para a paróquia e seus projetos sociais. Ela também busca unir a família franciscana, em uma confraternização paroquial.

Fonte: Jornal Debate



Cicop realiza encontro técnico sobre planejamento de resíduos sólidos

Foi realizado na última quinta-feira, 18, o primeiro encontro técnico sobre planejamento regional em resíduos sólidos, evento que foi organizado pelo Cicop (Consórcio Intermunicipal do Centro-oeste Paulista). Esse órgão busca solucionar tecnicamente a coleta e a disposição final dos resíduos sólidos, evitando a degradação e poluição do solo e recursos hídricos. Fazem parte do Consórcio os municípios de Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Fernão, Gália, Garça, Guarantã, Júlio Mesquita e Lupércio.
A criação do Consórcio se deu para existir uma organização regional visando resolver os problemas relacionados aos resíduos sólidos, que é tudo aquilo que normalmente se classifica como lixo, ou seja, qualquer matéria sólida ou semissólida produzida pelo homem e pela natureza. Várias cidades não contam mais com espaço para enterrar o lixo e, portanto, essa união buscou encontrar uma saída para esse problema, ao mesmo tempo em que estimula a separação dos materiais recicláveis, o que faz com que o volume de material a ser descartado diminua consideravelmente.
Ao longo do encontro, os participantes analisaram o marco regulatório do saneamento básico, o planejamento regional em resíduo sólidos, assim como a plataforma de gestão de resíduos sólidos e o fortalecimento do planejamento regional nessa área.
Um dos palestrantes do evento foi o coordenador executivo do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos, José Valverde. Ele destacou que a região está mobilizada em relação aos desafios do lixo, como gerar menor volume, destinar adequadamente e realizar tal trabalho não de forma individualizada, de município a município, mas com regiões integradas.
“Um eixo do nosso Comitê de Integração de Resíduos Sólidos é voltado para a regionalização e as soluções consorciadas, uma vez que o Estado de São Paulo conta com 645 municípios e não é possível desenvolver 645 soluções individualizadas”, explicou Valverde.
O coordenador apontou que o Cicop tem uma importância estratégica para Garça e região e que esse papel vai ficar mais evidente a partir de agora, já que o governo do Estado de São Paulo repassou R$ 3,2 milhões para a entidade, visando a aquisição de uma unidade móvel de tratamento do resíduo da construção civil.
“O lixo é considerado um bem de valor econômico, capaz de gerar trabalho e renda, ou seja, hoje nós temos um conceito de economia circular, com grande potencial da reciclagem, de isso se transformar em novos produtos, de a indústria se valer da produção a partir desses recursos, além de a gente poupar os recursos naturais. Um grande exemplo que a região vai experimentar a partir do final do ano, quando chegará a unidade móvel da construção civil que irá triturar todo aquele entulho que é um grande problema aqui para a região. Para poder fazer desse material base para estradas rurais, base para obras públicas, movimentando, inclusive, a economia dos municípios da região”, sustentou Valverde.
Valverde indicou que os aterros sanitários no Estado de São Paulo continuarão a existir, sendo licenciados de forma rigorosa pela Cetesb, mas com uma visão mais abrangente e com a potencialidade de transformação.
“O aterro sanitário é algo que precisa evoluir. Ele precisa, por exemplo, seguir para um conceito que traga o aproveitamento energético, a recuperação energética. Não é possível no século 21 fazermos como fazíamos no século 19, afastar da cidade e enterrar. Hoje até agravamos, pois pagamos para enterrar aquilo que tem valor econômico e valor energético. O Estado não vai acabar com o aterro, mas queremos muito alavancar a reciclagem e a produção de energia a partir do lixo”, complementou.
Presente no evento, a engenheira florestal da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e vice-presidente da AEAAG (Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Garça), Maria Ângela Panzieri, destacou a importância dos profissionais do setor para a o planejamento e execução do projeto.
“É importante lembrarmos que temos vários técnicos, engenheiros civis, engenheiros florestais, engenheiros agrônomos envolvidos em todo esse processo. Daí a importância do conhecimento, do papel social e da atuação desses profissionais para todos os municípios que fazem parte do Cicop”, salientou ela.
Presidente do Cicob, o prefeito de Garça, João Carlos dos Santos (União Brasil), ressaltou que o encontro teve um viés técnico e buscou discutir as iniciativas que o Consórcio tem tomado, com soluções regionais e metas que serão desenvolvidas nos próximos anos, buscando reduzir o volume de lixo a ser encaminhado para aterros sanitários.
O Consórcio vai contar com uma área de recebimento dos materiais oriundos dos oito municípios que fazem parte desse órgão. "Estamos agora na fase de implantação do Consórcio. Iniciamos o desdobramento do plano regional, dentro de cada um dos municípios, trabalhado essa questão da coleta seletiva, das mudanças das Leis, e, consequentemente, aquilo que no município sobrar de lixo vai ser encaminhado para a unidade de valorização, que vai ser instalada aqui em Garça, em uma área do município, que será cedida para o uso do Consórcio, onde estaremos recepcionando todo o lixo proveniente dos oito municípios, estabelecendo uma nova triagem, pois há um volume muito grande de produtos recicláveis”, finalizou Santos.

Fonte: Jornal Debate



Compensação de perdas do ICMS: Garça recebe 148,5 mil reais

O governo do Estado de São Paulo transfere aos 645 municípios paulistas nesta segunda-feira, 22, R$ 213,62 milhões, referentes à parcela de compensação das perdas de arrecadação do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) prevista no artigo 3º da Lei Complementar 194/22. A região de Marília, que compreende 54 cidades, vai receber R$ 5,27 milhões do montante. Garça vai ser contemplada com R$ 148.495,01.
Segundo o Estado, é uma medida que assegura que os municípios não sejam prejudicados, permitindo a manutenção dos serviços essenciais para a população. 
Em razão da Ação Civil Originária nº 3.950 ajuizada no STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Alexandre de Moraes autorizou o governo de São Paulo a compensar perdas do ICMS da gasolina, energia elétrica e comunicações por meio de descontos nas parcelas da dívida do Estado com a União.
Essa compensação será apurada mês a mês até o final do ano e, para agosto, foi calculada em R$ 854,5 milhões. Como determina o artigo 4º da Lei Complementar 194/22, deste montante, o Estado deve transferir a cota-parte do ICMS (25%) aos municípios na proporção da dedução dos contratos de dívida.
Aplicando o Índice de Participação dos Municípios, as prefeituras paulistas vão receber neste mês os R$ 213,62 milhões de repasse adicional.

Redação do Garca.Jor



Reunião promovida pela Acig analisa questão da segurança na área central

A Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça) realizou uma reunião para tratar sobre questões de segurança e monitoramento no centro comercial garcense. O encontro contou com representantes da Polícia Militar (Tenente Ronier e Capitão Rolando), da administração municipal (secretário de Inovação e Tecnologia, Leandro Carvalho), Mauro José de Sá, presidente da Acig, Fábio Raniel, vice-presidente da entidade, Fábio Dias, superintendente da Associação e teve a participação efetiva de cerca de 30 comerciantes.
Em meio a questionamentos, houve de fato uma troca de ideias, esclarecimentos sobre problemas pertinentes e o desenho de futuras ações no Centro comercial. A maioria dos presentes considerou o encontro produtivo.
“É natural que num encontro dessa natureza alguns questionamentos ou apontamentos sejam mais duros, mas no geral houve de fato uma troca de ideias, um esclarecimento sobre a insegurança sentida pelos associados e foi falado, inclusive, em futuras ações”, disse o superintendente da Acig, Fábio Dias.
Foram quase duas horas de debate, abordando questionamentos sobre o funcionamento das câmeras de monitoramentos instaladas na área central da cidade, os custos, a organização e a transparência do serviço prestado.
“Os comerciantes presentes participaram efetivamente, fizeram seus questionamentos, deram sugestões. Na questão do monitoramento, que é um ponto ainda problemático, o secretário Leandro Carvalho reconheceu que realmente existem falhas que precisam ser corrigidas. Isso tanto na parte de vigilância, efetividade quanto na comunicação com o comércio e na transparência”, disse Dias.
Reconhecendo que existem falhas, Carvalho também apontou os pontos positivos que o sistema oferece como a leitura das placas dos carros, sendo informado de imediato se o veículo é roubado, se o proprietário é procurado pela justiça dando maior agilidade na ação da Polícia Militar.
Carvalho também falou sobre os projetos e investimentos que serão feitos, provavelmente ainda este ano, dependendo de dotação orçamentária.
Houve, por parte do secretário e sua equipe, o comprometimento de trabalhar em conjunto com o comércio e com a Acig, buscando soluções para os problemas.
“Eles se colocaram à disposição para receber os comerciantes e mostrar, na prática, o sistema operando. Só precisa que essa visita seja marcada com antecedência”, colocou Dias.

Redação do Garca.Jor



Mulher de 34 anos morre em acidente em rodovia de Iacanga

Uma mulher de 34 anos morreu na madrugada de sábado, 20, depois de envolver-se em um acidente na rodovia Hilário Spuri Jorge (SP 331), em Iacanga. A vítima, Simone Patrícia de Castro Silva, era moradora de Reginópolis e estava com a filha de 9 anos no momento da colisão. A criança sofreu ferimentos leves.
A ocorrência foi registrada por volta de 1h45 no quilômetro 99,4 da rodovia, trecho de pista simples.
Segundo a Polícia Rodoviária de Bauru, a mulher conduzia um Chevrolet Classic no sentido Iacanga-Reginópolis que, por motivos ainda a serem esclarecidos, colidiu frontalmente com um caminhão carregado com cana-de-açúcar, que trafegava no sentido contrário.
A vítima morreu no local do acidente e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Bauru. Com ferimentos leves, a filha foi socorrida pelo Samu e levada ao Pronto-Socorro de Reginópolis. O condutor do caminhão não sofreu lesões.
A Polícia Científica foi acionada para periciar a cena do acidente. O corpo de Simone foi sepultado ainda ontem, em Reginópolis.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru




Detran integrado ao Poupatempo começa a funcionar em Pirajuí

O Detran.SP integrado ao Poupatempo em Pirajuí iniciou oficialmente as atividades na última sexta-feira, 19. A cerimônia contou com presença do prefeito Cesar Fiala (PSDB) e do secretário estadual de Desenvolvimento Regional Rubens Cury.
"Que alegria poder dizer, hoje, que Pirajuí tem oficialmente uma unidade Poupatempo. Uma inauguração que ficará para a história, um marco para nossa cidade", declarou Fiala em sua página no Facebook.
Implantado em parceria com a Prefeitura, com investimento estadual de R$ 130 mil, o posto tem capacidade para até 50 atendimentos diários, de segunda a sexta, das 9h às 17h, e, aos sábados, das 9h às 13h.
Na unidade, na rua Riachuelo, 468, Centro, são oferecidos serviços como primeira via e alteração de dados da CNH, coleta biométrica e transferência interestadual de veículo. O atendimento deve ser agendado pelo www.poupatempo.sp.gov.br ou app Poupatempo Digital.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Motorista desaparece após caminhonete cair no Rio Tietê em Pongaí


Uma caminhonete caiu de uma ponte no Rio Tietê depois de bater em um veículo utilitário na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP 333), em Pongaí. Na manhã deste domingo. 21, o Corpo de Bombeiros fazia buscas no rio por possíveis vítimas.
O acidente aconteceu no início da noite de sábado, 20. De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista da caminhonete seguia pela rodovia quando, no quilômetro 231, tentou fazer uma ultrapassagem e bateu na lateral de uma van.
Com o impacto, o motorista perdeu o controle do veículo, colidiu contra a barreira de proteção da ponte e caiu no Rio Tietê.
A polícia informou que o motorista da van não se feriu, mas o condutor da caminhonete não havia sido localizado até a manhã deste domingo. O veículo permanecia submerso e não há informações sobre quantas pessoas estavam dentro dele.

Fonte: g1



Homem morre após colidir veículo na traseira de caminhão em Palmital

Um homem de 29 anos morreu após sofrer um acidente na manhã deste sábado, 20, na rodovia Raposo Tavares, em Palmital.
Natanael Venâncio, morador de Ibirarema, dirigia um EcoSport que colidiu na traseira de um caminhão. Ele morreu na hora. O acidente aconteceu às 5h10, no km 425 da rodovia, sentido interior-capital.
De acordo com testemunhas, o rapaz pode ter cochilado ao volante e causado o acidente. A Polícia Científica esteve no local e vai investigar o caso.
O motorista do caminhão, com placas de Paraguaçu Paulista, não se feriu.

Fonte: Marília Notícia



Indiana sequestrada por nove anos consegue retornar à casa

Depois de nove longos anos, Pooja Gaud pode finalmente descansar no colo de sua mãe.
Pooja desapareceu em 22 de janeiro de 2013, quando tinha sete anos. Ela diz que um casal a pegou do lado de fora de sua escola na cidade de Mumbai, no estado indiano de Maharashtra, no oeste da Índia.
Em 4 de agosto, ela foi encontrada após o episódio que sua mãe descreve como "uma fuga milagrosa". Agora ela tem 16 anos.
"Perdi a esperança de encontrar minha filha. Mas os deuses foram gentis comigo", diz a mãe, Poonam Gaud.
A polícia alegou que a menina foi sequestrada por Harry D'Souza e sua esposa, Soni D'Souza, porque o casal não tinha filhos. Harry D'Souza foi preso.
Antes de desaparecer, Pooja morava com seus dois irmãos e seus pais em uma pequena casa em uma favela suburbana.
No dia em que ela desapareceu, ela tinha ido para a escola com seu irmão mais velho, mas eles brigaram e seu irmão entrou na escola e a deixou para trás porque estava atrasado. Foi quando o casal prometeu comprar um sorvete para ela e a levou embora.
Desde que Pooja voltou para casa, seus vizinhos vêm visitá-la.
Pooja diz que o casal inicialmente a levou para Goa e depois para Karnataka, estados no oeste e sul da Índia, e ameaçou machucá-la se ela chorasse ou chamasse atenção.
Ela diz que foi autorizada a frequentar a escola por um curto período de tempo. No entanto, depois que o casal teve um filho, eles a tiraram e todos se mudaram para Bombaim.
Pooja diz que o abuso piorou depois que o bebê nasceu.
"Eles me batiam com um cinto, me chutavam e davam socos. Uma vez me bateram com um rolo com tanta força que minhas costas começaram a sangrar. Também me obrigaram a fazer trabalhos domésticos e trabalhar de 12 a 24 horas fora de casa."
A casa onde moravam os sequestradores era perto da família de Pooja, mas ela não conhecia as estradas, estava sempre sendo vigiada, não tinha dinheiro nem telefone, e por isso, pedir ajuda era difícil.
Um dia, Pooja pegou o celular do casal enquanto eles dormiam e escreveu seu nome no YouTube. Ela encontrou vídeos e pôsteres mencionando seu sequestro e números para os quais ela poderia pedir ajuda.
Mas levou sete meses para ela criar coragem para discutir o assunto com Pramila Devendra, 35, uma empregada doméstica que trabalhava na mesma casa onde Pooja trabalhava como babá.
Devendra imediatamente concordou em ajudá-la. Um dos números no pôster desaparecido pertencia a Rafiq, um vizinho da mãe de Pooja. Primeiro, mãe e filha conversaram por videochamada e depois foi marcada uma reunião.
Sua mãe diz que procurou uma marca de nascença que só ela sabia que existia em sua filha e, ao encontrá-la, se encheu de emoção.
"Todas as minhas dúvidas desapareceram imediatamente. Eu sabia que havia encontrado minha filha", disse.
Devendra está feliz por ter feito parte dessa reunião. "Toda mãe deve ajudar uma criança que vem pedir ajuda. Podemos não ser suas mães biológicas, mas ainda somos mães."
Uma vez reunidos, Pooja, alguns parentes e Devendra foram à delegacia para registrar uma queixa.
"Contei tudo à polícia. Até contei onde moravam meus sequestradores", disse a adolescente.
Graças à sua história, a polícia conseguiu identificar e prender o acusado.
Milind Kurde, inspetor-chefe da delegacia de polícia DN Nagar de Mumbai, disse à BBC que vários casos foram registrados contra os acusados - ??de sequestro, ameaças, violência física e violação das leis de trabalho infantil.
O retorno de Pooja para casa trouxe alegria não apenas para sua família, mas para todos que a conheciam. Os vizinhos que a viram quando ela era pequena agora vão visitá-la.
Enquanto isso, sua mãe está tentando recuperar o tempo perdido com sua filha cozinhando sua refeição favorita e penteando seu cabelo. A família tenta passar o máximo de tempo possível juntos, mas a vida no momento é difícil para eles.
O pai de Pooja, que era o único sustento da família, morreu por causa de um câncer há quatro meses. Então, sua mãe começou a vender sanduíches em uma estação de trem para sustentar seus três filhos. Mas os lucros são escassos e ela luta para sobreviver.
"Agora também tenho despesas legais. Nossa condição é tão precária que se eu faltar um dia de trabalho, não teremos dinheiro para comer no dia seguinte."
Pooja ainda está processando seu trauma. Ela tem pesadelos e se sente triste por nunca mais poder ver seu pai novamente. Para sua segurança, ela passa a maior parte do tempo em casa ou é acompanhada por um familiar quando sai.
"Quero ajudar minha mãe financeiramente, mas eles não me deixam. Também quero estudar", diz.
Apesar desses problemas, a mãe afirma que não poderia estar mais feliz. "O trabalho é exaustivo, mas cada vez que vejo Pooja, encontro forças novamente. Estou tão feliz que ela está de volta."

Fonte: BBC



Mega-Sena não tem ganhadores e prêmio acumula em R$ 14 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.512 da Mega-Sena. O prêmio era estimado em R$ 7,8 milhões. O sorteio ocorreu às 20 horas do último sábado. 20, em São Paulo. O acumulado para o próximo prêmio é estimado em R$ 14 milhões.
Veja as dezenas sorteadas: 07 - 10 - 34 - 47 - 49 - 52.
A quina teve 81 apostas ganhadoras. Cada uma receberá R$ 31.030,62. Mais de 4,3 mil apostas acertaram quatro dezenas. Neste caso, o prêmio será de R$ 819,41.

Fonte: Rádio Araguaia FM



Duas mortes em acidente entre carro e moto em Chavantes

Um acidente matou o assisense José Luis Raposo, de 64 anos, e um bebê na noite de domingo, 21 de agosto, em Chavantes.
O fato aconteceu na rodovia Raposo Tavares entre o morador de Assis que retornava pra cidade pilotando uma moto Yamaha e um carro Jeep, com uma família de Chavantes. 
De acordo com a polícia, a moto do assisense que trabalhou no 2° Tabelionato de Notas e Protesto de Títulos de Assis, e o carro se chocaram na rodovia.
Com o impacto José caiu com a motocicleta na pista e o carro com a família capotou. A mulher e a criança caíram para fora do veículo.
As vítimas foram atendidas na Santa Casa de Chavantes, mas José e o bebê não resistiram.
As causas do acidente estão sendo investigadas pela Polícia Científica.

Fonte: AssisCity



quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Comércio perde 7,8% de empresas e reduz salários em 2020, aponta IBGE

O Brasil tinha, em 2020, 1.339.460 empresas comerciais, que somavam 1,5 milhão de lojas em todo o país. Naquele ano, o setor empregava 9,8 milhões de trabalhadores, aos quais foram pagos R$ 241,6 bilhões em salários, retiradas e outras remunerações. Os dados fazem parte da Pesquisa Anual de Comércio (PAC), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Influenciado pela pandemia de covid-19, o resultado revela queda na comparação com os números registrados pela pesquisa anterior. O total de empresas caiu 7,8%. Em 2019, foram contabilizadas 1,4 milhão de empresas no Brasil, com 1,6 milhão de lojas.
Também foi apurada redução real de salários, isto é, descontada a inflação, de 5,7%. Na PAC de 2019, havia 10,2 milhões de trabalhadores no comércio aos quais foram pagos R$ 246,4 bilhões em salários e outras remunerações.
Foi apurada queda de 9,9% no número de empresas do comércio de veículos, peças e motocicletas e de 8,7% no comércio varejista, em 2020, frente ao ano anterior. Somente o comércio por atacado apresentou elevação de 1,3% na mesma comparação. O total de unidades locais (lojas) também teve retração de 7%.
A PAC 2020 mostra que a maior parcela da receita operacional líquida - R$ 4,3 trilhões - foi gerada no comércio por atacado (47,4%), seguido do comércio varejista (43,9%) e do comércio de veículos, peças e motocicletas (8,7%). Nos dez anos compreendidos entre 2011 e 2020, o setor automotivo teve perda de representatividade, passando de 14,7% para 8,7% de participação na receita operacional líquida no período. O comércio por atacado, por outro lado, subiu a participação em 3,6 pontos percentuais, de 43,8% para 47,4%, enquanto o comércio varejista avançou 2,4 pontos percentuais (de 41,5% para 43,9%).
Dos 22 agrupamentos de atividades comerciais, os três que tiveram maior destaque na composição da receita operacional líquida, em 2020, foram os de hipermercados e supermercados (13,6%), revelando alta de 3%; o de comércio por atacado de combustíveis e lubrificantes (10,1%), embora com retração de 1,1%; e o de comércio por atacado de produtos alimentícios, bebidas e fumo (8,5%), com aumento de 1%.
Analisando-se a margem de comercialização, que é a diferença entre a receita líquida de revenda e o custo das mercadorias revendidas, as empresas comerciais obtiveram R$ 942,7 bilhões, em 2020. Dessas empresas, a maior parcela da margem de comercialização, da ordem de R$ 511,7 bilhões, foi obtida pelo comércio varejista. Seguiram-se o comércio por atacado, com R$ 364,5 bilhões; e o comércio de veículos, peças e motocicletas, com R$ 66,5 bilhões.
As oito maiores empresas do comércio responderam, em 2020, por 8,9% da receita líquida de revenda total, o que corresponde a uma redução de 1,4 ponto percentual diante dos resultados obtidos em 2011. Essa redução de concentração foi observada nos segmentos de comércio de veículos, peças e motocicletas (de 5,3% para 3,4%), e de comércio por atacado (de 20,7% para 15,2%). Já o comércio varejista mostrou expansão da concentração de mercado em 10 anos, evoluindo de 8,8% em 2011, para 10,8% em 2020.
Dentre os 22 agrupamentos de atividades que compõem esses segmentos, destaque para o comércio por atacado de combustíveis e lubrificantes (61,1%), com perda de 11,5 p.p. no indicador entre 2011 e 2020, mas ainda assim mantendo a liderança no ranking de concentração na série de dez anos da pesquisa. A segunda posição, em 2020, foi ocupada pelo comércio varejista de informática, comunicação e artigos de uso doméstico (43,2%), que subiu da terceira para a segunda posição, com aumento de 11,2 pontos percentuais  na concentração. O terceiro colocado foi o comércio por atacado de mercadorias em geral (33,7%), que apresentou pequena redução no indicador de concentração em dez anos (1,3 ponto percentual)
A análise regional revela que a Região Sudeste teve, em 2020, a maior receita bruta de revenda do país (49,4%); número de unidades locais (47,7%); pessoal ocupado (50,7%); e salários, retiradas e outras remunerações (55,6%). O ranking permaneceu inalterado a partir de 2011 e é completado, em ordem, pelas regiões Sul, Nordeste, Centro-Oeste e Norte.
A sondagem aponta, entretanto, que o Sudeste foi a região que mais perdeu participação em dez anos em cada um desses componentes, com destaque para a redução de 3,5 pontos percentuais em participação na receita.
No Sudeste, a liderança fica com São Paulo (60,8%), seguido de Minas Gerais (19,1%), Rio de Janeiro (13,7%) e Espírito Santo (6,3%). Entre 2011 e 2020, o destaque foi o aumento da participação de Minas Gerais (+1,7 ponto percentual), enquanto o Rio de Janeiro perdeu representatividade (-2,1 pontos percentuais).
Em relação às atividades comerciais, embora a maior parte da receita bruta de revenda da Região Sudeste tenha se concentrado no comércio por atacado (47,6%), a PAC 2020 registrou prevalência do comércio varejista no Rio de Janeiro. Essa atividade representou 57,7% da receita bruta de revenda do estado. 

Fonte: Agência Brasil



Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio estimado em R$ 3 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira, 17, um prêmio estimado em R$ 3 milhões. As seis dezenas do concurso 2.511 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço da Sorte, localizado na Avenida Paulista, nº 750, na cidade de São Paulo.
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas lojas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo país ou pela internet.
A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.
As apostas da Lotofácil da Independência já podem ser feitas, em volantes específicos, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.
O concurso especial nº 2.610 da Lotofácil será sorteado no dia 10 de setembro. A previsão inicial do prêmio é de R$ 160 milhões.
Assim como nos demais concursos especiais das Loterias Caixa, o prêmio principal não acumula. Não havendo apostas premiadas com 15 números, o prêmio será rateado entre os acertadores de 14 números e assim por diante.
A aposta simples custa R$ 2,50 e o apostador pode escolher de 15 a 20 números entre os 25 disponíveis no volante.

Fonte: Rádio Meio Oeste FM



Encontro sobre resíduos sólidos do Consórcio Intermunicipal ocorre nesta quinta

Será realizado nesta quinta-feira, 18 de agosto, das 09 às 16h30, o “1º Encontro Técnico sobre Planejamento Regional em Resíduos Sólidos do Consórcio Intermunicipal do Centro-Oeste Paulista - CICOP” no Auditório da Secretaria da Educação de Garça, localizado na rua Padre Paulo Toledo Leite, 411.
O Fórum contará com a participação de prefeitos, secretários do meio ambiente, diretores do meio ambiente e de resíduos, técnicos, biólogos e demais autoridades dos municípios do consórcio, sendo eles Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Fernão, Gália, Garça, Guarantã, Júlio Mesquita e Lupércio, além de cidades do entorno, a Associação de Recicleiros de Garça e do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Garça especialmente convidadas para se participar sobre o descarte correto de resíduos sólidos, o reaproveitamento de materiais e as formas ecológicas de tratamento de resíduos.
O deputado Geninho Zuliani fará uma participação de forma remota para falar sobre o marco regulatório do saneamento básico e a taxa do lixo. Presencialmente, o Coordenador Executivo do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos, José Valverde, falará sobre a política nacional e paulista de resíduos sólidos, com as diretrizes e a as ações práticas que podem e devem ser adotadas.  
O encontro também contará com oficinas voltadas diretamente para a área de técnicos dos municípios, voltadas para o fortalecimento do Planejamento Regional, as plataformas de gestão de resíduos sólidos e a elaboração do planejamento regional dos resíduos.

Divulgação



Mecânico de motos é atingido por peça e morre em Assis

O mecânico Cézar Augusto Scandoglieri de 28 anos morreu na noite desta terça-feira, 16, em um acidente de trabalho em Assis. O rapaz era proprietário de uma oficina mecânica no bairro Vila da Glória.
De acordo com o registro na Polícia Civil, a vítima consertava uma motocicleta, quando o torno do veículo se partiu em quatro e uma peça atingiu o lado direto do peito do mecânico.
Uma pessoa que mora na parte de cima do estabelecimento ouviu o barulho e o grito por socorro e desceu para ajudar. O Corpo de Bombeiros chegou a fazer o resgate, mas o rapaz não resistiu e morreu. A perícia foi acionada.
O caso aconteceu por volta das 21h30. O corpo da vítima foi sepultamento na tarde desta quarta.

Fonte: Marília Notícia



Caminhão com carga de cerveja sofre acidente em rodovia em Marília

Parte de uma carga de caixas de garrafas de cerveja ficou espalhada na pista no trecho urbano da Rodovia Transbrasiliana (BR 153), em Marília, no final da terça-feira, 16.Apesar do prejuízo material, ninguém se feriu.
O acidente aconteceu por volta das 17h20 em uma rotatória da via, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A pista estava molhada por causa da chuva, o que pode ter causado o acidente.
De acordo com as informações da ocorrência, o motorista informou que ao pegar a rotatória percebeu uma inclinação da pista e logo viu a carga caindo. Ele afirmou que parou imediatamente o veículo, mas a carga se espalhou na pista.
A seguradora da carga foi acionada para providenciar a retirada do produto da pista e contabilizar os danos. Porém, até o começo da manhã desta quarta-feira (17), a PRF ainda não havia sido informada sobre o valor do prejuízo material.

Fonte: TVTem