segunda-feira, 11 de julho de 2022

Em uma semana, casos de covid-19 aumentam 21% em Garça

Os casos de covid-19 em Garça apresentaram um crescimento de cerca de 21% na semana encerrada em 05 de julho, em relação ao período de sete dias finalizado em 28 de julho. No mais recente levantamento apresentado pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, 224 casos foram confirmados, com uma internação em leito clínico. Os casos descartados somaram 203 e os casos suspeitos chegaram a 230, com 180 pessoas sendo declaradas curadas da doença. 
Desde o início da pandemia até o último dia 05 de julho, Garça contabilizou 10.590 casos positivos de covid-19, contra 13.132 descartados. Cento e cinquenta e sete garcenses faleceram devido a complicações decorrentes da doença.
No âmbito nacional, a média móvel de mortes, que considera dados dos últimos sete dias, por covid-19 ficou acima de 200 pelo décimo dia consecutivo, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Na última quinta-feira, 07, o levantamento indicou que 237 faleceram em decorrência da doença em apenas 24 horas.

Imunização — Neste sábado, 09, será realizado um plantão de vacinação de imunizantes contra covid-19 e influenza nas salas de vacinação do município. A aplicação irá ocorrer das 09 às 14 horas, nas unidades de saúde da família Rebelo, Araceli, Eucaliptos, Mariana 2, Labienopolis, Palermo, Região Oeste, Barros e Jafa. Quem for se vacinar deverá utilizar máscara corretamente, cobrindo o nariz e a boca, apresentar cartão do SUS ou CPF e, no caso dos profissionais da saúde, carteira profissional ou documento da empresa em que atua.
A quarta dose da vacina da covid-19 será aplicada nas pessoas com 40 anos ou mais e nos profissionais de saúde (que tenham mais de 18 anos). Pessoas entre 12 a 17 anos podem se imunizar com primeira, segunda ou terceira dose do imunizante contra a covid-19.
Todos os grupos, a partir de seis meses de idade, também podem aproveitar para se imunizar com a vacina de influenza, que poderá ser aplicada conjuntamente com a dose contra covid.

Fonte: Jornal Debate



Nenhum comentário:

Postar um comentário