quinta-feira, 28 de julho de 2022

Mudança na Constituição da Tunísia pode redirecionar país à ditadura

Logo após ser eleito presidente da Tunísia, no fim de 2019, Kais Saied entrou em seu café habitual na capital como se nada tivesse mudado. Farouk Chihaoui, que serve shisha, ou cachimbos de água e tabaco, no café, não podia acreditar no que via. Ali estava o homem que até recentemente dava aulas de direito na universidade, sempre estacionava do lado de fora o velho Peugeot, pagava suas contas e “parecia exatamente com outras pessoas”.
Exceto que agora, acompanhado por seguranças e saudado por uma multidão, ele é o presidente da outras pessoas. “Eu tirei uma selfie como um amigo faria. Francamente, foi muito especial.”
Para Chihaoui, esse encontro reforçou sua crença, compartilhada por muitos dos apoiadores do presidente, de que Saied é um deles. Ele votou “sim” no controverso referendo sobre uma nova constituição que Saied insiste que levará a Tunísia a um futuro mais próspero.
Muitos outros tunisianos acreditam que o oposto se tornará realidade. Eles dizem que Saied passou o ano passado executando uma prolongada tomada de poder e sua proposta de Constituição, publicada apenas algumas semanas antes da votação, foi concebida por meio de um processo ilegítimo. A proposta foi aprovada pelos tunisianos.
Eles dizem que o referendo apenas consolida ainda mais o governo de um homem só e destruirá o progresso feito desde que a revolução de 2011 que derrubou o ditador Zine al-Abidine Ben Ali e deu início à Primavera Árabe em todo o Oriente Médio.
Sem taxa mínima de participação exigida e muitos dos oponentes de Saied boicotando o processo para evitar dar credibilidade, o referendo foi amplamente aprovado. Os oponentes de Saied criticaram sua decisão de falar publicamente sobre o referendo no que eles chamaram de uma violação flagrante das regras de silêncio eleitoral.
No final da noite de segunda-feira, autoridades eleitorais disseram que a participação ultrapassou 27%, um resultado mais alto do que muitos observadores esperavam.
A votação ocorre um ano depois que Saied desfez o Parlamento e demitiu seu primeiro-ministro, dividindo repentinamente o país entre aqueles que comemoraram sua decisão como necessária para acabar com uma crise política em andamento e aqueles que a condenaram como um golpe que ameaçava a sobrevivência do governo da única democracia que saiu da Primavera Árabe.
A medida, que ocorreu em meio a uma onda mortal de casos de coronavírus e um impasse político entre o presidente e um Parlamento dividido, foi inicialmente comemorada na Tunísia e jogou Saied, um homem que antes parecia um candidato improvável para exercer um poder político tão imenso, nos holofotes do poder.
Sua maneira empolada de falar e insistência em usar o árabe formal em vez do dialeto tunisiano lhe rendeu o apelido de “RoboCop”. Até mesmo alguns de seus apoiadores, incluindo Chihaoui, reconhecem que ele não tem o carisma típico que tantas vezes acompanha uma figura política de sucesso.
Ainda assim, ele concorreu à presidência em um momento em que os tunisianos, cansados de uma década de fracasso em melhorar a economia e políticos que não cumpriram suas promessas, saudaram seu status de relativamente estranho no sistema político e uma percepção de sua confiabilidade. Ele ganhou 73% dos votos.
Saied se tornou imensamente popular no ano passado com aqueles que viram suas medidas drásticas para suspender o Parlamento como necessárias para eliminar funcionários corruptos ou ineficazes, incluindo no moderado partido islâmico Ennahda, que já foi uma força dominante no governo.
Mas para alguns desses apoiadores, a popularidade durou pouco. Agora, o país, submerso em uma crise econômica que se agrava e enfrentando uma divisão política generalizada, está lutando com o que muitos de seus antigos apoiadores veem como as consequências de seu equívoco anterior.
“Ele passou bem debaixo do nariz de todos”, disse Abderraouf Betbaieb, diplomata aposentado que conhece Saied há décadas e fazia parte de seu grupo próximo antes de deixar o cargo em 2020. “Ele mergulhou o país na crise.”
A advogada e política Samia Abbou nunca se encantou com Saied, mas estava entre os que aplaudiram sua intervenção não convencional em julho passado, esperando que isso marcasse um novo começo para a democracia do país.
Mas em setembro, quando Saied anunciou uma extensão do estado de emergência e uma nova expansão de seus poderes, ela sentiu que havia se desviado demais do roteiro. Então, em dezembro, proclamou que o Parlamento permaneceria suspenso até depois do referendo de julho.
Finalmente, em março, ele disse que o Parlamento havia sido dissolvido e, desde então, substituiu os membros da comissão eleitoral independente por seus indicados.
Agora, a advogada Samia diz ter certeza de que a nova Constituição está apenas lançando as bases para uma “ditadura”. “Não posso me arrepender de algo que precisava acontecer”, disse ela sobre seu apoio à decisão inicial dele, há um ano. “Mas o que veio a seguir foi feito de má fé. Não foi honesto”.
“Ele conseguiu dividir as pessoas”, disse Samia. “Nós nunca passamos por isso, mesmo sob o regime de Ben Ali”, referiu-se ao ditador deposto em 2011. “Nós nos tornamos fanáticos, seja a favor ou contra. As pessoas não sorriem mais juntas, mesmo em um única família.”
Mesmo o especialista que Saied encarregou de escrever a nova Constituição está entre os que agora criticam publicamente o presidente e boicotaram a votação de segunda-feira, dizendo que seria uma “traição” ética para ele participar.
Sadok Belaid, ex-reitor da faculdade de direito da Universidade de Túnis que ensinou Saied quando jovem, concordou nesta primavera em liderar a comissão consultiva responsável pela elaboração do novo documento legal. Ele conhecia Saied há décadas, disse ele, e o descreveu como tendo sido “muito afável, muito legal, muito modesto”.
Durante semanas, lembrou Belaid, ele trabalhou incansavelmente no projeto. Um dia depois de apresentar sua versão completa da nova Constituição, disse ele, deu entrada no hospital para uma operação que havia adiado para redigir o documento.
Mais tarde naquele dia, em sua cama de hospital e ainda sob os efeitos da anestesia, ele disse que Saied o visitou e lhe entregou uma pilha de papéis que descreveu como uma versão modificada de seu trabalho.
Foi só quando o presidente saiu que Belaid, com cerca de 80 anos, percebeu que estava segurando uma versão totalmente diferente da Constituição, uma que Saied parecia ter escrito em grande parte. A nova versão dá a Saied mais poderes e reduz a influência do Parlamento, entre outras mudanças amplamente condenadas por seus oponentes.
“É uma verdadeira comédia que termina mal”, disse Belaid. “A realidade é que o presidente usou esse prestígio que tem aos olhos da população para aprovar um texto que não responde às necessidades ou demandas do povo, mas às suas próprias intenções.”
De volta ao café, Chihaoui disse que foi de fato a reputação de Saied como alguém “culto” que o atraiu para sua candidatura. Ainda assim, em uma Tunísia atormentada por lutas políticas internas, “pensei que era um sonho”. Ele disse: “Um homem do povo tornando-se presidente? Não era muito lógico.” Agora que Saied está no poder, Chihaoui disse que apoia qualquer decisão que o presidente possa tomar. “Tudo o que ele faz é para o povo.”
Do lado de fora do café, Sami bin Mohamed, de 42 anos, um vendedor, expressou uma opinião muito menos otimista. Fumando um cigarro, ele lamentou a piora da situação econômica. “Qualquer presidente trabalha para seu próprio bem”, disse ele. Nos bairros mais pobres, acrescentou, “todo mundo está planejando sair ilegalmente. Não acho que seja possível consertar as coisas por aqui”.
No centro da cidade, no dia 23, uma pequena multidão se reuniu para protestar contra o referendo e expressar seu apoio ao Partido Ennahda. “Estamos aqui porque Kais Saied está dando um golpe na Tunísia”, disse Fathia Azaiz, de 63 anos. “Ele está mudando tudo”, disse ela. “O presidente está se isolando e não sendo democrático.”
Perto dali, Kawthar Guettiti, de 36 anos, designer gráfica, caminhava com sua filha de 6 anos, que segurava uma pequena bandeira da Tunísia. Ela votaria “sim”, disse ela, porque confia que Saied pretende colocar o país em um caminho mais sólido para o futuro de sua filha. “Ele tem formação em direito. Ele sabe muito bem o que está fazendo. Ele não será um ditador mais do que os outros”, disse ela.

Fonte: The Washington Post



segunda-feira, 25 de julho de 2022

CPP realiza nova edição do "Chá da Tarde" no próximo dia 30

O CPP (Centro do Professorado Paulista) de Garça continua a desenvolver uma programação especial, trazendo momentos de diversão e descontração. E neste mês de julho, no dia 30, mais uma atração vai agitar a entidade. Trata-se do uma nova edição do "Chá da Tarde", que será um momento festivo, visando compartilhar a alegria dos participantes.
Essa edição do "Chá da Tarde" vai contar com um show ao vivo de Renato e Alexandre, com muito pop rock e MPB, além de várias outras atrações especiais.
Quem quiser participar dessa atividade deve adquirir o ingresso de forma antecipada na secretaria do clube até o dia 28 de julho. O valor do ingresso para sócios é de R$ 10 e para convidados de R$ 20.

Serviço — O "Chá da Tarde" do CPP ocorre no dia 30 de julho, a partir das 15 horas, na sede do clube, na rua Maceió, 23, em Vila Rebelo.

Fonte: Jornal Debate



Justiça: rota de fuga de pedágio em Garça deve ser fechada

A 7ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o fechamento de uma estrada rural de Garça, aberta dentro de um sítio e usada como rota de fuga da praça de pedágio instalada na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294).
A decisão atendeu a um pedido da concessionária que administra aquele trecho da SP 294 e estabelece um prazo de 20 dias para fechamento do "desvio", além de uma multa diária de R$ 2 mil, com limite de até R$ 200 mil, caso os proprietários da área não tomem providências.
A advogada que representa os donos da área disse que a família não foi intimada da decisão e que vai recorrer.
Na decisão, o desembargador Eduardo Gouvêa diz que a estrada rural deveria ser utilizada pelos moradores, trabalhadores e demais visitantes, e não para o tráfego de uma grande quantidade de usuários, o que representaria "desrespeito da função social da propriedade".
O magistrado também reforça que tal passagem "sequer é preparada para o grande aumento de fluxo de veículos que ocorreu a partir da sua utilização como rota de fuga" da praça de pedágio localizada no km 451 da SP-294.
A sentença também acatou o argumento da concessionária de que o uso do "desvio" estaria causando desequilíbrio econômico-financeiro decorrente do não recebimento dos valores da tarifa de pedágio.
O desembargador Eduardo Gouvêa também rejeitou a alegação dos donos da propriedade de que a existência da passagem há mais de 40 anos pudesse invalidar os termos de sua decisão.

Fonte: TV Tem



Ingressos para o Jantar da Acig já podem ser adquiridos

A Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça) definiu a data de realização da 12ª edição do Jantar do Empresariado, um evento que vem, ano a ano, atraindo um grande público, numa confraternização das mais interessantes, com boa música, boa mesa e a interação entre profissionais locais. Neste ano, o evento será realizado no dia 22 de outubro, a partir das 20 horas, no Monte Líbano, e os ingressos já podem ser adquiridos, havendo, inclusive, a possibilidade de o pagamento ser feito em três parcelas.
"Quem quiser já garantir o lugar pode fazê-lo. O ingresso para os associados será no valor de 185 reais e não sócios no valor de 280 reais. Quem quiser já pode fazer a reserva e dividir em até três vezes, pagando em agosto, setembro e outubro. Dessa vez queremos chegar no dia do evento com todos os ingressos recebidos. Quem fizer esse parcelamento ameniza os custos", explicou o superintendente da Associação, Fábio Dias.
Essa nova edição do Jantar também terá um número limitado de ingressos disponíveis. A exemplo do ano passado, a expectativa é que cerca de 400 pessoas poderão participar da atividade.
"Faremos o evento, mais uma vez, no Monte Líbano e o limite é de 400 pessoas. No Grêmio, onde anteriormente era realizado o Jantar, chegamos a receber 600 pessoas. Por isso, quem tiver a intenção de ir deve se apressar e garantir o seu convite com antecipação", indicou Dias.

Estruturação — Alguns detalhes sobre a realização do evento já estão sendo confirmados. Por exemplo, a parte de alimentação e de consumo voltará a ficar a cargo do Moreira's Buffet. Quem irá animar o Jantar, com muita música de estilos variados, será a Banda Dona Benta, oriunda da cidade de Parapuã.
"As atrações serão muitas. O Jantar do Empresariado, também conhecido como Jantar da Acig, é sempre marcado por muitas expectativas. No ano passado, conseguimos, ainda que a 'toque de caixa' fazer um evento que conquistou os participantes. Não descartamos a possibilidade de voltar a realizar um evento com o tema anterior. Os presentes se sentiram confortáveis, gostaram da liberdade no vestir que o tema proporcionou e o que queremos é isso. Liberdade, integração, confraternização. O Jantar, na realidade, tem de ser o pano de fundo de algo maior, que é a comemoração ao comerciante, que é a união, que é a importância de um momento entre amigos e familiares", complementou Fábio Dias.
Os interessados em adquirir o ingresso para o Jantar do Empresariado devem se dirigir à Acig, na avenida Rafael Paes de Barros, 347, em Vila Williams. Informações pelo telefone 3471 0480.

Redação do Garca.Jor



Garça registra 11 problemas relacionados a pipas na rede elétrica neste ano


A CPFL Energia, concessionária de energia elétrica que atende Garça e região, apresentou um levantamento sobre as ocorrências registradas neste ano causadas por pipas nas redes elétricas das cidades atendidas. Na área de abrangência da companhia, entre janeiro e o final de maio passado, foram registrados 225 problemas causados por esses artefatos. 
Em Garça, ao longo dos cinco primeiros meses do ano, 11 ocorrências envolvendo pipas foram identificadas. Durante o ano passado inteiro, a cidade teve 29 problemas envolvendo os também conhecidos papagaios, ao passo que em 2020 foram 15 problemas observados.
Outras cidades também enfrentam problemas da mesma natureza. Em Marília, nos cinco primeiros meses do ano foram 44 ocorrências, contra 93 do ano de 2021 e 114 de 2020. Em Bauru, entre janeiro e maio, 43 registros foram efetuados nos cinco primeiros meses deste ano, contra 112 do ano passado inteiro e 128 de 2020.
A CPFL Energia orienta que empinar pipas deve ser uma ação a ser realizada em locais abertos e sem fios de energia elétrica, evitando, assim, que ocorrências possam ser registradas e que várias localidades fiquem sem o fornecimento de energia devido a esses artefatos enroscados na fiação.

Redução — A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou a RTE (Revisão de Tarifa Extraordinária) para duas distribuidoras: a CPFL Paulista, que atende Garça, e a CPFL Santa Cruz. A decisão já está em vigor. Com a aprovação, após o processo intitulado "revisão tarifária extraordinária de 2022", o valor das tarifas da CPFL Paulista terá redução, em média, de 2,44% e da CPFL Santa Cruz de 2,32%. 
A CPFL Paulista atende 234 municípios, com cerca de 4,8 milhões de clientes. Há três meses, a Aneel aprovou um aumento médio de 14,97% na tarifa da concessionária, considerando todos os tipos de consumidores. A alta entrou em vigor no dia 08 de abril. 
Segundo projeções da própria empresa, para uma família de quatro pessoas, que gasta em média R$ 290 por mês de energia, na prática, a redução equivale a uma média R$ 7 e o valor iria para em torno de R$ 283.

Redação do Garca.Jor



Testes rápidos de hepatite vão ser oferecidos no próximo dia 28 no Centro de Garça

A Secretaria Municipal da Saúde realizará testes rápidos de hepatite viral na praça Ruy Barbosa, no dia 28 de julho, das 09 às 16 horas. A ação é aberta para todo o público, bastando levar o CPF ou cartão SUS. O teste rápido verifica se a pessoa possui os tipos B e C da doença.
 Julho é o mês de conscientização sobre as hepatites virais, que podem acometer pessoas de todas as idades. As hepatites possuem desde graus mais leves, que podem ser controlados, até os mais severos que podem levar ao óbito. Lembrando que a hepatite não tem cura, mas existe tratamento.
Atualmente dois tipos de hepatite possuem vacinas, os tipos A e B, ambas fazem parte do calendário vacinal e são disponibilizadas pelo SUS gratuitamente, sendo a hepatite A aplicada em crianças com menos de 5 anos de idade e a hepatite B destinada a vários grupos. Os demais tipos de hepatite C, D e E não possuem vacinas desenvolvidas até o momento.
Na maioria dos casos, a hepatite viral se manifesta de forma silenciosa, ou seja, sem sintomas. Quando já instalada no organismo e surge a infecção, os seguintes sintomas começam a se manifestar:
Cansaço;
Febre;
Mal-estar;
Tontura;
Enjoo;
Vômitos;
Dor abdominal;
Pele e olhos amarelados;
Urina escura e fezes claras.
As formas mais comuns de contrair o vírus da hepatite são através de:
Relações sexuais sem preservativo com uma pessoa infectada;
Da mãe infectada para o filho, durante o parto;
Via fecal-oral;
Compartilhamento de objetos de higiene pessoal (lâminas, alicates e outros objetos que cortam);
Compartilhamento de materiais utilizados para consumo ilícito de drogas;
Contato próximo de pessoa a pessoa.
Cinco vírus são responsáveis pela maioria dos casos de hepatite viral: vírus da hepatite A (HAV), vírus da hepatite B (HBV), vírus da hepatite C (HCV), vírus da hepatite D (HDV) e vírus da hepatite E (HEV). Todos esses vírus podem causar hepatite aguda. Porém, apenas HBV, HCV e HDV causam hepatite crônica, o que pode levar a cicatrizes progressivas do fígado (cirrose) e câncer primário de fígado (carcinoma hepatocelular).
 
Hepatite A
A hepatite A é uma infecção viral aguda que geralmente é assintomática e raramente evolui para falência hepática ou óbito pela doença. É o tipo de hepatite que tem maiores chances de ter uma evolução benigna. É transmitida por via fecal-oral, ou seja, ingestão de alimentos contaminados por fezes que contenham o vírus da hepatite A.
 
Hepatite B
A hepatite B é uma doença infecciosa que acomete o fígado. O vírus da hepatite B (HBV) está presente no sangue e secreções. A infecção também pode ser transmitida por contato sexual, sendo assim classificada com sexualmente transmissível.
 
Hepatite C
A hepatite C é considerada a mais grave das hepatites virais, podendo trazer grandes riscos de complicações no fígado. Pode se manifestar na forma aguda ou crônica, sendo a segunda forma a mais frequente. Cerca de 20% dos casos em que a doença se torna crônica apresentam diagnóstico de cirrose hepática.
 
Hepatite D
A hepatite D está relacionada com a presença do vírus B da hepatite (HBV) que causa a infecção e inflamação das células do fígado. No Brasil, é mais encontrada na região Norte do país e é considerada uma infecção grave de progressão rápida para cirrose e um risco aumentado para descompensação, carcinoma hepatocelular e óbito.
 
Hepatite E
A hepatite E causa uma infecção aguda de curta duração e autolimitada. Geralmente é uma doença benigna, porém pode trazer grandes riscos às gestantes.

Redação do Garca.Jor



Motociclista morre após bater em caminhão e ser arrastado em rodovia de Tupã

Um acidente entre moto e caminhão causou a morte de um jovem de 22 anos na manhã desta segunda-feira, 25. O acidente foi na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294), em Tupã.
O motociclista foi identificado como Eliel de Castro. De acordo com a Polícia Rodoviária, Eliel bateu a moto contra a traseira de um caminhão e foi arremessado. Ainda de acordo com as informações da ocorrência, a vítima sofreu um ferimento na cabeça.
O socorro foi prestado pelo Corpo de Bombeiros e equipe da concessionária responsável pela rodovia. O paciente foi encaminhado até a Santa Casa de Tupã, mas não resistiu.
A rodovia precisou ser parcialmente interditada durante alguns minutos, mas foi liberada posteriormente.

Fonte: g1



Homem é morto com golpes de faca por rival em Salto Grande

Um homem identificado como Adilson Pereira de 48 anos foi morto a facadas na madrugada deste domingo, 24, em Salto Grande. O crime teria motivações passionais.
A vítima estaria se relacionando com a ex-mulher do autor. Após o crime, Hilton Carlos Correa de 45 anos teria tentado fugir, mas acabou detido em casa.
A Polícia Militar foi até a residência do acusado, observou o veículo na garagem e as luzes acesas. Ao perceber a chegada dos policiais, o homem tentou fugir pelos fundos, sem sucesso.
A faca que supostamente foi usada no crime foi apreendida no veículo do suspeito. Também foi localizado um par de tênis, uma camisa e uma calça com manchas de sangue. A calça já está com pré-lavagem para retirada das marcas.
Segundo o apurado, Correa não aceitava o fim do relacionamento. O autor foi preso e encaminhado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ourinhos.

Fonte: Marília Notícia



Polícia encontra corpo nu no meio de cafezal em Vera Cruz

Um corpo – ainda não identificado – foi localizado na manhã desta segunda-feira, 25, na zona rural de Vera Cruz.
Por volta das 8h, a Polícia Militar foi acionada em uma fazenda pelo administrador da propriedade. A testemunha conta que foi informada por funcionários sobre o mau cheiro em meio à plantação de café.
O homem foi averiguar e constatou o corpo em estado de decomposição e acionou a polícia. A vítima, que aparentava ser do sexo feminino, com cabelos pretos, estava embaixo de uma árvore de café, sem as vestes, calçando apenas botas de cano alto de cor preta.
O corpo estava com uma aliança no dedo anelar direito. O Instituto de Criminalística foi acionado e realizou exame, além de recolher embalagem de camisinha. Também foram apreendidas duas pulseiras femininas.
O caso foi registrado como morte suspeita e é investigado.

Fonte: Marília Notícia



Aposta da cidade de Niterói ganha sozinha Mega-Sena

Uma única aposta feita em Niterói, no Rio de Janeiro, cravou os seis números do sorteio 2503 da Mega-Sena do sábado, 23.
O ganhador ou ganhadora vai receber R$ 13.748.083,57. As dezenas sorteadas foram 03 - 14 - 16 - 38 - 43 - 45. 
Segundo a Caixa, outros 91 jogadores acertaram cinco números. Cada um, vai receber o prêmio de R$ 32.808,29.
Já a quadra que teve  5.194 ganhadores e vai pagar R$ 821,15 para os acertadores.
Na próxima quarta-feira, 27, a Mega-Sena 2504 tem prêmio estimado em R$ 3 milhões.

Fonte: Rádio Mirante FM



Atos falhos de Biden fazem adversários ressaltar sua idade

"É por isso que eu e muitas pessoas com quem cresci tem câncer", disse o presidente Joe Biden, no meio de um discurso sobre a crise climática, na quarta (20). Pouco depois, já havia questionamentos nas redes: o presidente admitiu que está com câncer? Foi um ato falho? Ou só mais uma confusão feita por ele?
A Casa Branca logo esclareceu que o democrata falava sobre o passado: ele teve câncer de pele há alguns anos, já curado, e não está mais com a doença. Mas a história viralizou e chegou aos programas de TV.
"Joe Biden chocou o mundo ao anunciar, sem aviso algum, que tem uma doença potencialmente fatal", disse Tucker Carlson, no canal Fox News, na quinta (21). "Tem sido uma semana difícil. Na quarta, câncer. Na quinta, coronavírus. Amanhã será a varíola dos macacos", ironizou o apresentador conservador, misturando as informações reais --o presidente americano contraiu Covid-- com o falso alerta de câncer.
Desde a campanha de 2020, republicanos puxados por Donald Trump caracterizam Biden, 79, como senil e confuso, ou seja, inapto ao cargo. Assim, gafes e falhas do democrata viram munição para reforçar essa narrativa, num ambiente de desinformação no qual a distância entre fatos e distorções é cada vez menor.
Nas últimas semanas, Biden registrou escorregões em ao menos outras duas oportunidades. No dia 18 de junho, um sábado ensolarado, o presidente saiu para pedalar. Ao ver um grupo de pessoas, desacelerou e, ao tentar parar a bicicleta de vez para falar com elas, desequilibrou-se e caiu em frente às câmeras. A queda fez muitas pessoas postarem fotos e vídeos caindo de forma parecida, com a hashtag #Bidening.
Em 08 de julho, Biden fez um discurso na Casa Branca sobre o direito ao aborto. Ao ler um teleprompter, disse: "Fim da frase. Repita a linha", uma orientação que obviamente não era para ser dita em voz alta.
Assim como no caso do câncer já curado, a Casa Branca teve de correr para corrigir declarações fortes do presidente, como quando foi à Polônia e disse que o líder russo, Vladimir Putin, "não pode continuar no poder". No Japão, prometeu uma resposta militar à China no caso de uma invasão à ilha de Taiwan.
Há também situações deturpadas. Em um vídeo, o presidente aparece, após um discurso, estendendo a mão para cumprimentar uma pessoa --mas não há alguém ali. A gravação, na verdade, é fruto de edição de um registro do democrata na Carolina do Norte, num palco com apoiadores. Vídeos de outros ângulos mostram Biden estendendo a mão para saudar a plateia --ele repetiu o gesto em outras direções.
Durante a viagem a Israel, há duas semanas, a situação se repetiu: ele termina o discurso e aponta para a cadeira onde iria se sentar, mas um corte rápido gera a impressão de que ele tenta cumprimentar o vazio.
Em outro vídeo, nem edição há. Capturada a certa distância, a cena exibe Biden homenageando um veterano de guerra com a Medalha de Honra. Na narrativa falsa, em vez de o presidente colocar a láurea no peito do ex-militar, ele teria colocado ao contrário, nas costas. Fotos desmentem o suposto erro.
A oposição busca associar as falhas à idade de Biden, o presidente mais velho a assumir o país em um primeiro mandato. Ele fará 80 anos em novembro e não descarta concorrer à reeleição em 2024. Caso reeleito, pode terminar o segundo mandato aos 86. Pesquisa publicada no início de julho pelo New York Times com o Siena College mostra que, para 33% dos eleitores democratas, a idade é a principal razão para preferir um outro candidato daqui a dois anos. O desempenho no cargo vem em seguida, com 32%.
Pior: 94% dos democratas com menos de 30 anos dizem querer outro nome para disputar a Presidência, sinal de que a preocupação não está só no campo da saúde, mas abarca também a renovação do partido.
Por outro lado, reportagem do mesmo New York Times com pessoas próximas a Biden relata um presidente "intelectualmente engajado, fazendo perguntas inteligentes em reuniões, interrogando assessores sobre pontos de disputa, ligando para eles tarde da noite e reescrevendo discursos".
Defensores também lembram que ele foi gago quando jovem, o que o faz cometer alguns erros ao falar, e que, ao longo da carreira política, o líder americano ganhou fama de cometer gafes por dizer coisas sem pensar. Em um comício em 2008, por exemplo, pediu a um senador cadeirante que se levantasse.
José Eduardo Pompeu, doutor em neurologia e professor da USP, lembra que a perda de agilidade e de capacidades físicas é natural conforme a pessoa envelhece. "Não há fórmula mágica para impedir essas perdas, mas elas podem ser reduzidas. E cada pessoa envelhece de um jeito. Tem idosos de 60 anos já muito debilitados, e outros perto dos cem que continuam bastante ativos", afirma. "Isso depende de muitos fatores: genética, alimentação e como a pessoa se comportou ao longo de toda a vida."
Ele explica que uma das formas de avaliar se a velhice está comprometendo as atividades é a ocorrência de problemas frequentes: caso as quedas, falhas de memória ou de fala se tornarem corriqueiras, é um sinal de alerta. "Também é importante analisar o contexto das falhas. Biden estava pedalando, algo que exige grande coordenação motora, e de repente parou para falar com as pessoas e responder perguntas. Isso pode ter gerado uma sobrecarga cognitiva naquele momento, que levou à queda", diz Pompeu.
Embora a agenda cheia e o excesso de tarefas possam gerar estresse e mais falhas, as atividades da Presidência podem ajudar a retardar o envelhecimento. "A maior proteção contra as perdas relacionadas ao envelhecimento é o engajamento ativo com a vida, como o envolvimento social e a atividade física."
A Casa Branca divulga os resultados dos exames anuais do presidente. O último relatório, de novembro, aponta que o democrata "permanece apto para o dever, plenamente capaz de executar todas as suas responsabilidades sem qualquer exceção ou adaptação". O documento registra que Biden tem uma tosse seca corriqueira ao falar por longos períodos e que isso ocorre há anos e deve ser consequência de refluxo gástrico. O democrata faz tratamento para arritmia cardíaca, controle do colesterol, artrite e alergias. Segundo o documento, Biden não bebe nem fuma e se exercita ao menos cinco vezes por semana.
Seja como for, a coleção de gafes acaba imprimindo ao democrata a imagem de homem velho. Pesquisa de junho realizada pelo Centro de Estudos da Política Americana, ligado à Universidade Harvard, mostrou que 60% dos americanos têm dúvidas sobre a aptidão de Biden para o cargo. Na outra ponta, 40% afirmam acreditar que ele está mentalmente apto para servir como presidente dos EUA. Em maio, eram 48%.
Em outro tópico, 64% responderam que Biden está mostrando que é muito velho para ser presidente, contra 36% que o enxergam como apto para o cargo. Nos dois casos, cerca de um terço dos democratas entrevistados concorda com a opção desabonadora para Biden, prenunciando um caminho difícil para a reeleição e, mais urgente, o risco de que sua imagem seja um fardo nas eleições de novembro.
Para coroar a semana em que disse por engano ter câncer, Biden recebeu o diagnóstico de Covid na última quinta (21). Já vacinado com duas doses de reforço, o presidente teve apenas sintomas leves da doença e, no último boletim, neste domingo, apresentava dor de garganta como incômodo principal. A situação não se compara com o circo formado em torno de seu antecessor, Trump, quando o republicano foi infectado.
À época, ainda não havia imunizantes disponíveis, e a internação do então presidente gerou especulações diversas. Embora seja um dos que mais usa a idade do democrata para atacá-lo, o ex-chefe da Casa Branca tem só três a menos. Se concorrer em 2024, será Trump, 78, contra um Biden prestes a fazer 82.

Fonte: Yahoo



quinta-feira, 21 de julho de 2022

Corretor de imóveis morre após ser atropelado por caminhão em Marília

O corretor de imóveis Waldeyr Luiz Capellini, 63 anos, mais conhecido como Dudu Capellini, morreu na noite da terça-feira em Marília depois de atropelado por um caminhão na rodovia do Contorno enquanto acompanhava resgate a seu veículo, que teve pane e precisou ser guinchado.
Dudu Capellini era nascido em Marília e corretor com histórico de atuação na cidade. Também estudou educação física. Nos últimos dias participava de forma muito ativa em divulgação de novos empreendimentos da cidade.
O caso aconteceu por volta de 18h30. O veículo da vítima, um Citroen, apresentou pane e o guincho da concessionária foi chamado. O serviço iniciava o atendimento quando aconteceu o acidente. Segundo o registro oficial, Waldeyr foi até o veículo e abriu a porta para recolher alguns documentos e objetos pessoais para encaminhamento do carro.
Um caminhão tanque teria invadido a área de acostamento e atingiu Capellini, que foi lançado sobre a plataforma do caminhão guincho. Ainda atingiu seu próprio veículo e o guincho.
O motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro. Dudu Capellini foi atendido por equipe do resgate da concessionária e foi socorrida ao Hospital de Clínicas com alguns ferimentos.
Por volta das 23 horas, a assistente social do hospital comunicou o falecimento. A polícia científica esteve no local. A polícia deve buscar imagens de câmeras de monitoramento para identificar o responsável pela morte.

Fonte: Giro Marília



quarta-feira, 20 de julho de 2022

Sociedade Beneficente Caminho de Damasco contrata técnico de enfermagem

A Sociedade Beneficente Caminho de Damasco está com vagas abertas para “técnico de enfermagem”, de ambos os sexos, para atuarem na cidade de Garça.
Interessados devem entregar o currículo na sede da instituição, que está localizada na rua Gabriela, 144, no Labienópolis, até o dia 22 de julho. Também é possível fazer o cadastro do currículo por meio do site www.sbcdsaude.org.br ou encaminhá-lo para o e-mail rh.garca@sbcdsaude.org.br.
Haverá uma avaliação dos currículos e uma prova será aplicada nos candidatos a respeito de seus conhecimentos durante o processo seletivo.

Redação do Garca.Jor




Homem que matou ex-companheira em Pompeia é condenado a mais de 18 anos de cadeia

O homem acusado de matar a tiros sua ex-companheira, Camila Eduarda Santos de Souza, de 19 anos, em fevereiro do ano passado, foi condenado a mais de 18 anos de prisão durante julgamento pelo Tribunal do Júri realizado nesta terça-feira, 19, no Fórum de Pompéia.
Ao final, a sessão do júri, que começou às nove da manhã e terminou por volta das cinco da tarde, determinou a condenação de João Paulo de Castro a uma pena de 18 anos e oito meses de prisão, em regime fechado.
O agora condenado foi julgado pelo crime de homicídio triplamente qualificado, praticado por motivo fútil, utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima e por feminicídio.
A condenação foi em primeira instância, mas a defesa informou que ainda irá analisar a decisão após sua publicação para então definir se entra com recurso. João Paulo continuará preso no CDP de Álvaro de Carvalho (SP).
De acordo com a Polícia Civil, João Paulo trabalhava em uma fazenda na cidade de Oriente e pediu para um amigo levá-lo até a casa da ex-companheira para ver a filha de oito meses. No entanto, ao chegar ao local, o homem invadiu a casa, sacou um revólver e efetuou disparos contra a vítima.
Além de Camila, na casa também estavam a mãe da jovem, a filha bebê do casal e outra criança, de um ano e nove meses, filha da vítima de um relacionamento anterior.
A Polícia Civil informou que João Paulo fugiu após o crime. O homem que estava no carro com ele foi ouvido e liberado. O amigo contou à polícia que não sabia que o suspeito estava armado, nem que a intenção dele era matar a ex-companheira.
Alguns dias após o crime, o pai contou que a vítima era agredida e ameaçada pelo ex-companheiro, então com 37 anos.
Segundo Valderei Alves de Souza, a filha Camila vivia com o suspeito. Dois meses antes do homicídio, no entanto, a jovem pediu a separação e voltou a morar na casa dos pais.
"Ela era vítima de agressão, mas tinha medo de falar isso para a gente com medo da minha atitude", conta o pai da jovem.
Sem desconfiar que a filha era agredida e ameaçada, o pai contou que o ex-companheiro dela não levantava suspeita de ser agressivo.
"Para a gente aqui, ele aparentava ser uma pessoa super do bem, tratava ela bem na nossa frente, não aparentava ser esse monstro que se mostrou. Jamais a gente esperava que isso ia acontecer", explicou Valderei.
"Ele já desceu do carro disparando, atirando contra ela. Nisso ela entrou lá dentro gritando: 'mãe, me ajuda pelo amor de Deus, não quero morrer, pelo amor de Deus'. Aí, lá dentro, ele efetuou o tiro de misericórdia", lembra o pai da jovem, que não presenciou o crime, mas relatou o que ouviu da esposa.
"Meu desejo é que a justiça seja feita, que esse crime não caia no esquecimento e não fique impune. Esse é meu desejo de pai", declarou Valderei.

Fonte: TV Tem



Imóvel no Centro de Garça pega fogo; sem maiores prejuízos ou feridos

Um imóvel pegou fogo na noite desta terça-feira, 19, no Centro de Garça. O local era ocupado por moradores em situação de rua que coletam recicláveis.
O prédio fica na rua Heitor Penteado e se encontra há meses abandonado. O dono de outro estabelecimento próximo chegou a retirar mercadorias com medo que as chamas se alastrassem.
O incêndio foi controlado e não causou grandes prejuízos materiais. Ninguém ficou ferido. As causas devem ser investigadas pela Polícia Civil.

Fonte: Marília Notícia




segunda-feira, 18 de julho de 2022

Emca vai realizar oficina com atividades voltadas para a terceira idade

Uma novidade para a população acima dos 60 anos de idade de Garça. A partir de agosto, a Emca (Escola Municipal de Cultura Artística) vai dar início à Oficina Movimento, Corpo, Voz e Atividades Físicas para a Melhor Idade. Trata-se de uma atividade diferenciada e que é baseada na metodologia Dalcroze, com um foco musical que também leva em conta a interação mente-corpo.
Segundo Maria Rosa Trambaioli Machado, diretora da Emca, o novo projeto busca envolver pessoas da terceira idade e permitir que elas possam trabalhar o corpo, a voz e contar também com atividades musicais.
Segundo a metodologia Dalcroze, vai ser aberta a perspectiva para explorar, de forma prazerosa, todas as possibilidades que o corpo, condicionado ao movimento, siga a frequência da música e do ritmo. "E isso também desenvolve um lado muito interessante para o bem-estar, já que o movimento faz com que o cérebro dê uma resposta em endorfina e isso traz realmente um bem-estar geral", explicou.
Ao longo do curso serão explorados aspectos diversos, como exercícios de expressão corporal, alongamento, noções de higiene vocal, aquecimento da voz, ginástica respiratória, danças circulares, elementos do som e da música. Com esse tipo de trabalho se busca ressaltar a memória auditiva, identificar ritmos e sons, ter contato com a linguagem musical, trabalhar a percepção auditiva, aumentar a energia física e mental, entre outros.
As aulas da nova oficina serão iniciadas em agosto e irão ocorrer nas quintas-feiras, entre 16h30 e 17h30, podendo haver a alteração de horário diante da consulta dos interessados em participar da atividade.
Para a realização da matrícula é necessário apresentar um documento pessoal, comprovante de endereço e realizar o preenchimento de uma ficha padrão apresentada pela escola. "A oficina terá como professor responsável o Wesley Rodrigues Martins, que está trazendo essa especialidade para Garça depois de ter feito um curso da metodologia Dalcroze em Londrina", indicou Maria Rosa. 

Serviço — As inscrições para a Oficina Movimento, Corpo, Voz e Atividades Físicas para a Melhor Idade estão abertas e devem ser feitas na secretaria da Emca, na rua 27 de Dezembro, 10, em Vila Williams.

Fonte: Jornal Debate



Cantora Ana Cañas se apresenta em Garça no dia 05 de agosto

A cantora Ana Cañas vai se apresentar no Teatro Municipal de Garça no dia 05 de agosto. às 20 horas. A promoção é do Circula SP, projeto do governo do Estado desenvolvido pela Associação Paulista dos Amigos da Arte. 
Ana Cañas é uma cantora e compositora brasileira formada em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA-USP). Em 2008 foi indicada no Prêmio Multishow de Música Brasileira como artista revelação. Em 2019 foi indicada para o Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa. 
Seu último álbum foi lançado em 2021, Ana Cañas Canta Belchior, produzido por Ana Cañas e Fabá Jimenez, o trabalho está disponível em todas as plataformas de streaming e conta também com um álbum visual no YouTube, onde cada uma das 14 faixas mostra bastidores das gravações do álbum e dos videoclipes lançados. 

Redação do Garca.Jor




Índice de Governança Municipal do CFA: Garça fica em posição intermediária


Garça ocupou uma posição intermediária no mais recente levantamento do IGM (Índice de Governança Municipal), desenvolvido pelo CFA (Conselho Federal de Administração). O levantamento relativo ao ano de 2022 mostrou Garça na posição 101 em seu grupo, formado por 560 municípios brasileiros que contam com população entre 20 e 50 mil habitantes e com Produto Interno Bruto superior a R$ 16.710.
No levantamento, Garça obteve uma pontuação total de 6,94, numa escala de zero a dez. No grupo em que a cidade está inserida o primeiro lugar ficou com Salto de Pirapora, com 8,05 pontos, seguida de Santa Rita de Passa Quatro, com 8,00 e Cravinhos, com 7,99. Os três municípios estão localizados no Estado de São Paulo.
Para a elaboração do ranking, o Conselho levou em conta diversos indicadores federais reunidos em três tópicos: Finanças, Gestão e Desempenho. Para a obtenção das notas nos três tópicos, o Conselho Federal utiliza dados secundários e considera áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência, violência, dentre outros.
No tópico Finanças, Garça obteve uma média de 6,32 pontos. No aspecto fiscal, a nota de 2022 foi de 8,08, contra 7,83 de 2021 e 7,84 de 2020. O investimento per cápita neste ano teve nota 5,17, contra 5,93 e 6,46 do ano passado e retrasado, respectivamente. O equilíbrio previdenciário avaliado pelo CFA despencou neste ano, atingindo apenas 2,04 pontos. Em 2021 ele era de expressivos 9,09 e em 2020 de 6,42. Já o custo Legislativo recebeu nota dez neste ano, a mesma aferida nos dois anos passados.
No aspecto Gestão, a nota média de Garça foi de 7,50. No que se refere a colaboradores, a cidade atingiu a média de 7,67 pontos, contra 7,43 do ano passado e 8,02 de 2020. Em planejamento, a nota aferida ficou em 6,30, sendo que em 2021 chegou a 8,49 e em 2020 a 8,48. Já em transparência, em 2022 a pontuação ficou em 8,70, contra 8,19 e 9,57 de 2021 e 2020, respectivamente.
No âmbito de Desempenho, a média garcense foi de 6,94. Em educação, a média ficou em 8,40 pontos, contra 8,06 de 2021 e 8,01 de 2020. Já em saúde a média foi de 6,68, contra 6,64 do ano passado e 7,38 de 2020. Em saneamento e meio ambiente o município teve a nota 8,20 para o ano de 2022, contra 8,23 de 2021 e 8,64 do ano retrasado. No aspecto de vulnerabilidade social Garça teve nota 5,52, contra 5,62 de 2021 e 6,05. Por fim, em segurança, a nota para este ano foi de 5,91, contra 10 do ano passado e 9,15 de 2020.
Entre os municípios da região, Gália ficou na posição 417 do ranking (6,37 pontos) de cidades de até 20 mil habitantes e PIB acima de R$ 17.137. Tal ranking conta com um total de 1.885 municípios. Já Fernão, também nesse mesmo universo de cidades, ficou na posição 979, com 5,68 pontos.

Auxílio — Para o presidente do CFA, Mauro Kreuz, o IGM é uma contribuição do sistema para a governança brasileira. "Ele é uma ferramenta que foi feita concebida e aperfeiçoada e que está aí para ajudar a melhorar as entregas para todos. Um país só vai dar certo, o estado só vai dar certo se o seu município der certo, pois é no município que as pessoas moram. É no município que elas se desenvolvem", declarou. 
Para ele, o Índice visa basicamente auxiliar gestores municipais a visualizar as necessidades e/ou boas práticas de sua região, priorizar políticas públicas, além de promover o debate sobre a importância da gestão municipal profissional.

Fonte: Jornal Debate

Jovem de 18 anos morre atropelada em estrada em Guaianás

Uma jovem de 18 anos morreu após ser atropelada por uma caminhonete, no fim da noite de sábado, 16, na saída de uma festa, na estrada que liga o Distrito de Guaianás, em Pederneiras, à rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 225), a Bauru-Jaú.
De acordo com a polícia, Rhaianne Letícia dos Santos Teixeira saiu do evento e caminhava com duas amigas, de 18 e 22 anos, às margens da estrada, quando, por volta das 23h, as três foram atingidas por uma caminhonete. O condutor, de 60 anos, parou e acionou o Resgate e a Polícia Militar (PM).
Rhaianne e a jovem de 22 anos foram atendidas por ambulâncias da festa e levadas ao Pronto-Socorro (PS) local, mas a jovem de 18 anos sofreu duas paradas cardiorrespiratórias e não resistiu. A segunda vítima ficou internada, com suspeita de trauma cerebral. A outra jovem de 18 anos não se feriu.
O condutor fez o teste do bafômetro e o resultado foi negativo para a ingestão de álcool. Conduzido ao Plantão Polo Regional na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Bauru, foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio e lesão corporal culposos, com negligência, na direção de veículo automotor.
Após pagar fiança no valor de R$ 1.212,00, o homem foi liberado para responder em liberdade. A Polícia Científica realizou perícia no local e as circunstâncias do acidente serão investigadas pela Polícia Civil. A reportagem não conseguiu levantar detalhes sobre o velório e o sepultamento da jovem.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Homem morre após ser esfaqueado em bar de Marília

Um homem de 56 anos morreu após ser esfaqueado em um bar localizado no Jardim Marília, na Zona Oeste de Marília, na madrugada de domingo, 17. Ele foi identificado como Geraldo Gomes dos Santos.
A Polícia Militar foi chamada até o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília (HC/Famema) com informações sobre uma pessoa ferida, mas Geraldo já chegou morto no pronto-socorro.
A filha da vítima, de 16 anos, relatou à polícia que ela e o pai discutiram por ciúmes. Uma mulher que estava no local interferiu na briga, deu um tapa no rosto de Geraldo e jogou um copo na direção dele.
A agressora também estava com seu pai no bar, que esfaqueou Geraldo, ainda de acordo com o relato da filha da vítima à polícia. Um dos golpes atingiu o tórax e dois acertaram o abdômen.
Não constam detalhes no boletim de ocorrência sobre como o suspeito deixou o local.
Além da Polícia Militar, perícia e equipe de plantão da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) também foram acionados. O caso foi registrado como homicídio e até o começo da manhã de domingo ninguém havia sido preso.

Fonte: G1



Governo suspende atividades de 180 empresas por telemarketing abusivo

Uma ação coordenada pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), levou à suspensão permanente das atividades de 180 empresas suspeitas da prática de telemarketing abusivo.
A iniciativa conta com a parceria dos Procons de todo o país e visa combater as ligações não solicitadas para oferta de produtos ou serviços. Segundo a Senacon, a maior parte das empresas se utiliza de dados sobre pessoas obtidos de forma ilegal.
A suspensão das atividades vale a partir de hoje, 18, para empresas de telemarketing que atuam nos âmbitos nacional, estadual e municipal.
Campeãs de reclamações sobre telemarketing abusivo na plataforma consumidor.gov.br, empresas de telecomunicações e instituições financeiras também deverão suspender atividades de telemarketing.
A medida foi tomada após o registro de mais de 14 mil reclamações em três anos no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e no portal consumidor.gov.br, informou o MJSP.
"Para se ter uma ideia, em um dos casos apurados pela Senacon, um idoso alegou ter recebido mais de 3 mil ligações de telemarketing nos cinco números de telefones que possuía", disse as pasta, em nota.
Não são atingidos pela suspensão o telemarketing passivo, em que o cliente liga para a empresa, as cobranças, os pedidos de doações e as ligações expressamente autorizadas pelos consumidores.
Segundo a Senacon, há indícios de que as empresas responsáveis pelas abordagens não autorizadas tenham praticado o crime de comércio ilegal de dados pessoais.
Caso alguma das 180 empresas atingidas descumpra a decisão de suspender suas atividades, foi estipulada multa diária de R$ 1 mil, com o acumulado podendo chegar a até R$ 13 milhões. De acordo com a Senacon, em breve será disponibilizado aos consumidores um canal de comunicação direto para denunciar as empresas que continuarem a realizar ligações de telemarketing abusivo, mesmo após a aplicação desta medida.

Fonte: Agência Brasil



"Ainda Restarão Robôs Nas Ruas do Interior Profundo" feito em Assis vai à Festival

Um curta-metragem gravado no Jardim Santa Clara, na periferia de Assis, foi selecionado para integrar o 33º Festival Internacional de Curtas de São Paulo. A premiação é considerada a mais importante do segmento no Brasil.
"Ainda Restarão Robôs Nas Ruas do Interior Profundo" foi elaborado por uma produtora da cidade. O trailer deve ser divulgado nas redes sociais nesta segunda-feira, 18, segundo os responsáveis pela produção audiovisual.
"Ver um filme nosso, aqui de Assis, filmado na periferia, chegando a uma das principais vitrines do cinema brasileiro e levando a nossa cara para o mundo, só reforça o quanto uma política pública para a cultura pode fazer diferença no futuro da juventude interiorana", disse o diretor Guilherme Xavier.
A gravação ocorreu na última semana de 2021, na periferia e região central de Assis, e contou com atores locais.
O curta-metragem conta a jornada de Luquinha, interpretado por Gustavo Rodrigues, na busca por sua égua de estimação que fugiu.
O roteiro é assinado pelo rapper Daniel Rone "Niel", em seu primeiro trabalho como roteirista, e por Guilherme Xavier Ribeiro, que também dirige o filme. A produção é de Fernanda Scudeller.
O curta foi produzido com recursos da Lei Emergencial Aldir Blanc Assis, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e da Prefeitura Municipal de Assis, e integra o projeto Polo Audiovisual do Velho Oeste.
Para a 33ª edição do Festival Internacional de Curtas de São Paulo, foram selecionados 183 curtas-metragens, representando 42 países. A produção brasileira responde por 87 títulos.
Em 2022, o festival recebeu um total de 2.745 inscrições, vindas de 96 países.

Fonte: G1



Álvaro de Carvalho: mulher é presa ao tentar entrar com droga no ânus em penitenciária

Uma mulher identificada como Etelvina Carlos Cézar de 29 anos foi presa ao tentar entrar com drogas no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Álvaro de Carvalho, neste domingo, 17.
Os agentes operavam o escâner corporal, quando notaram uma imagem suspeita durante a passagem da acusada. A mulher ia visitar um sentenciado.
Na contraprova, a imagem continuou a mesma. Questionada, a mulher disse que queria passar por atendimento médico.
A acusada concordou em fazer exame de toque, momento em que o médico constatou o objeto no ânus. A mulher negava que tinha algo dentro de si, mas – por fim – concordou em fazer a retirada por conta própria no banheiro.
A mulher acabou presa e foi encaminhada até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília. A droga foi apreendida.
A acusada confessou que compareceu no CDP de Álvaro de Carvalho com uma porção de maconha para entregar ao companheiro, que cumpre pena. Ela estava com o filho de colo de dois anos. A criança foi recolhida pelo Conselho Tutelar.

Fonte: Marília Notícia




Homem leva três tiros após briga em bar no Centro de Assis

Um homem levou três tiros após uma discussão em um bar, na rua José Nogueira Marmontel, na noite de sexta-feira, 15, por volta das 21 horas, no Centro de Assis.
Segundo o boletim de ocorrência, duas pessoas dois iniciaram uma discussão por uma possível dívida, relacionada a insumos agrícolas, quando um empresário de 67 anos (autor) e a vítima de 48, começaram a se agredir.
Após as testemunhas do local apartarem a discussão, o empresário saiu do bar e voltou armado, neste momento a vítima correu para o fundo do bar mas, mesmo assim foi atingido com três tiros.
A polícia foi acionada e a vítima socorrida até o Núcleo de Atendimento Referenciado (NAR) de Assis, onde foi constatado que seu estado de saúde era estável e que seria submetido a uma cirurgia.
O autor do crime fugiu e ainda não foi localizado.
Em contato com o advogado do autor do crime, Sérgio Mendes, a arma será apresentada para a Polícia Civil. "Tudo será esclarecido, vou marcar a data de apresentação do meu cliente para o Delegado", explicou.

Fonte: AssisCuty



França se prepara para recordes de calor e incêndios florestais

A França se prepara nesta segunda-feira, 18, para o que pode se tornar um dos dias mais quentes já registrados, com temperaturas chegando a 40 graus Celsius em regiões costeiras apreciadas por turistas, enquanto os incêndios florestais se intensificam no oeste e no sul.
"O pico desta onda de calor é esperado para segunda-feira", disse a MeteoFrance em comunicado, prevendo temperaturas entre 40 e 42 graus Celsius e "mais altas em algumas áreas locais", como na costa atlântica ocidental da França.
"O dia pode se tornar um dos mais quentes já registrados na França", acrescentou.
Ficará claro no final desta segunda-feira se um novo recorde nacional de temperatura média durante todo o dia, agora em 29,4 graus Celsius alcançados pelas ondas de calor históricas de 2003 e 2019, será estabelecido.
Espessas nuvens de fumaça podiam ser vistas das famosas praias da costa atlântica perto da imponente duna de areia Pyla, perto de Arcachón, enquanto ventos fortes e altas temperaturas continuavam alimentando incêndios florestais. O ministro do Interior, Gérald Darmanin, enviou três aviões de água adicionais para a região.
Os incêndios na região se espalharam por 14 mil hectares, disse o governo local em uma rede social na manhã de hoje, acrescentando que houve relatos de feridos.
A França emitiu no domingo alertas vermelhos, os mais altos possíveis, para várias regiões, com recomendação aos moradores para ficarem "extremamente vigilantes".

Fonte: Agência Brasil



segunda-feira, 11 de julho de 2022

Garça fica entre 100 municípios brasileiros com desenvolvimento sustentável

Garça se posiciona na posição 97, entre 5.570 municípios brasileiros, numa avaliação das questões de sustentabilidade. O resultado faz parte de um levantamento que fez do Brasil o primeiro país do mundo a mapear o nível de engajamento das suas cidades nos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) da ONU (Organização das Nações Unidas), que avaliam, entre outros aspectos educação, saúde, preservação do meio ambiente e combate à violência. O estudo, denominado Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, foi realizado pelo Instituto Cidades Sustentáveis.
Garça obteve a nota 60,30, numa escala de zero a 100, sendo que esse número foi avaliado diante do atendimento (ou não) de 17 objetivos de desenvolvimento sustentável. O município atendeu plenamente três desses objetivos: energia limpa e acessível; indústria, inovação e infraestrutura; e vida na água. No aspecto água limpa e saneamento, a cidade esteve próxima do atendimento dos requisitos.
Seis objetivos foram apenas parcialmente atendidos por Garça: erradicação da pobreza; trabalho decente e crescimento econômico; cidades e comunidades sustentáveis; ação contra a mudança global do clima; paz, justiça e instituições eficazes; e parcerias e meios de implementação. Já em sete aspectos o município ainda está distante de atingir o padrão exigido pela ONU: fome zero e agricultura sustentável; saúde e bem-estar; educação de qualidade; igualdade de gênero; redução das desigualdades; consumo e produção responsáveis; e proteger a vida terrestre.

Índice — Da análise individual dos municípios surge esse ranking que permite a comparação entre cidades, Estados, regiões, e até mesmo biomas diferentes, quanto ao nível de desenvolvimento sustentável. "São nesses territórios urbanos que o desenvolvimento sustentável deve ser trabalhado, de forma que possam construir um mundo melhor para todos", observou Jorge Abrahão, diretor presidente do Instituto Cidades Sustentáveis.
O Índice reúne dados e indicadores dos 5.570 municípios brasileiros, de modo que se possa verificar as virtudes e as fragilidades de cada um no cumprimento dos 17 ODS. 
O lançamento desse estudo se deu nesta sexta-feira, 08, na abertura do na primeira edição do Fórum de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, evento que faz parte da programação da Virada ODS, organizada pela Prefeitura de São Paulo. "É nas cidades que está grande parte da população mundial, e onde se enfrentam os maiores desafios quanto à mudança do clima, violência e geração de renda", afirmou Abrahão.
A metodologia para elaboração do Índice já havia sido testada em 2021, quando houve a análise de 770 municípios brasileiros: a pequena cidade paulista de Morungaba ficou no topo do ranking, dominado por municípios do Sudeste. As cidades da região Norte ficaram nas últimas posições. 
Para Jorge Abrahão, para além da dificuldade no cumprimento das metas da ONU, a má colocação dos municípios da região Norte é ponto de atenção, uma vez que se trata da área onde o bioma predominante é a floresta amazônica. 
"O ineditismo do IDSC-Br está na possibilidade de acompanhar os avanços e desafios de todas as cidades brasileiras, mas com a possibilidade de um olhar específico sobre áreas mais vulneráveis, como é o caso da região amazônica", explicou.
O ranking do Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades tem no top 10 os seguintes municípios: São Caetano do Sul (65,62 pontos); Jundiaí (65,44); Valinhos (65,16); Saltinho (64,51); Taguaí (64,35); Vinhedo (63,78); Sertãozinho (63,64); Limeira (63,53) e Borá (63,45). 
Fernão atingiu a pontuação de 60,62 e ficou na posição de número 79, ao passo que Gália ocupa a classificação 383, com 56,88 pontos. Marília ficou na posição 1.225, com 51,90 pontos, contra 55,57 pontos de Bauru, que ficou na posição 580.

Fonte: Jornal Debate



ETE Peixe passa por serviço de dragagem e desassoreamento

O Saae (Serviço Autônomo de Águas e Esgotos) iniciou, o serviço de dragagem e desassoreamento das lagoas de aeração e de sedimentação da ETE Peixe, responsável pelo tratamento de 53% do esgoto produzido em Garça; sistema já utilizado na ETE Tibiriçá com resultados positivos. 
O sistema de dragagem prevê a sucção de aproximadamente 9.600 m³ de sedimentos, a dosagem de polímeros para favorecer ao desaguamento e a colocação desse material em bags geotêxteis, devidamente impermeabilizados sem que haja contato do efluente desaguado com o meio ambiente.
Segundo explicou o coordenador de Qualidade de Efluentes do Saae, Carlos Ortolan, o processo de tratamento, bem como o próprio esgoto in natura, com o tempo, gera um acúmulo de sedimentos nas lagoas de tratamento, o que prejudica a eficiência de tratamento em cada etapa do processo. Implantada em 2004, essa é a primeira vez que o lodo é retirado do interior das lagoas da ETE Peixe, fazendo com que o Tempo de Detenção Hidráulico (TDH) fique consideravelmente menor do que o que foi projetado, consequentemente o tratamento não atinge a eficiência esperada de projeto. “Todo esse trabalho realizado agora é para melhorar a eficiência total da Estação de Tratamento de Esgoto do Peixe”, ressaltou. 
Com a remoção do lodo, o material existente na ETE Peixe será dragado e bombeado para dentro dos bags que irão funcionar como “filtros”, onde a parte líquida é drenada e retorna para o tratamento e a parte sólida fica retida para posterior destinação correta, seja em aterro sanitário ou transformado em adubo, a exemplo do sistema adotado na ETE Tibiriçá  que apresentou eficiência superior à esperada e projetada junto ao Fehidro.
Orçada em R$ 692.179,10, a obra foi contemplada com recursos oriundos do Fehidro 2021 – Fundo Estadual de Recursos Hídricos, sendo R$ 671.413,73 o valor de pleito e R$ 20.765,37 o valor de contrapartida do Saae. O serviço de dragagem e desassoreamento da ETE Peixe começou este mês e deve estar concluído até o final do ano.

Redação do Garca.Jor



Presidente do Sri Lanka se refugia perto do aeroporto e alimenta rumores de exílio

O presidente do Sri Lanka foi levado nesta segunda-feira, 11, a uma base aérea perto do aeroporto internacional da capital Colombo, anunciaram funcionários, o que alimenta a hipótese de uma fuga para o exterior.
Gotabaya Rajapaksa, que no sábado fugiu do palácio presidencial tomado por manifestantes, encontrou refúgio primeiro em instalações da Marinha, antes de ser levado à base aérea de Katunayake, que está localizada no mesmo perímetro que o principal aeroporto do país, Bandaranaike, disse à AFP um alto responsável da Defesa.
A Presidência não informou nesta segunda-feira o paradeiro nem a situação do presidente, mas vários veículos da imprensa local afirmam que ele planeja ir para Dubai.
O presidente, de 73 anos, conseguiu fugir do palácio presidencial no sábado por uma saída secundária. Os manifestantes, que ocupam o prédio há dois dias, encontraram no local 17,85 milhões de rupias (50.000 dólares) em cédulas novas e entregaram a quantia à polícia.
"A polícia recebeu o dinheiro em espécie e o entregará à justiça", afirmou um porta-voz da força de segurança.
Também foi encontrada no palácio presidencial uma mala repleta de documentos, segundo fontes oficiais.
O presidente disse que renunciaria na quarta-feira para permitir uma "transição pacífica".
O primeiro-ministro Ranil Wickremesinghe, também de 73 anos, se tornaria automaticamente presidente interino em caso de renúncia de Rajapaksa, mas afirmou que deixará o cargo se não existir consenso para a formação de um governo de unidade.
O processo para sucessão deve durar entre três dias, prazo mínimo para reunir o Parlamento, e 30, o máximo autorizado pela legislação.
O principal partido de oposição, Samagi Jana Balavegaya (SJB), negociava nesta segunda-feira com partidos menores para conseguir o apoio necessário a seu líder Sajith Premadasa.
De acordo com um dirigente do SJB, um acordo provisório foi alcançado com os dissidentes do partido SLPP de Rajapaksa para respaldar Premadasa, de 55 anos e filho de um ex-presidente, como novo chefe de Estado. O cargo de primeiro-ministro corresponderia a um integrante do SLPP.
Ex-aliado de Rajapaksa, Dullas Alahapperuma, de 63 anos, pode ser o novo chefe de Governo, afirmou à AFP um deputado do SJB envolvido nas negociações.
Cinco ministros pediram demissão no fim de semana e o gabinete do primeiro-ministro afirmou que o governo chegou a um acordo para renunciar em bloco em caso de acordo para um "governo multipartidário".
Milhares de pessoas permaneciam ocupando nesta segunda-feira prédios oficiais invadidos no fim de semana.
"A reivindicação é muito clara: o povo continua exigindo a renúncia (de Rajapaksa), a renúncia completa, com uma confirmação por escrito", explicou Dela Peiris, um dos manifestantes.
"Espero que tenhamos a renúncia do governo, incluindo o primeiro-ministro e o presidente, nos próximos dias", acrescentou.
Os acontecimentos dramáticos de sábado foram o ponto máximo de uma onda de protestos no país, que fica na costa sul da Índia e enfrenta uma crise política e econômica sem precedentes, que os manifestantes atribuem ao governo do presidente Rajapaksa.
Centenas de milhares de pessoas se reuniram na capital, Colombo, para exigir que Rajapaksa assuma a responsabilidade pela escassez de remédios, alimentos e combustíveis, cenário que levou um país relativamente próspero ao cenário de caos.
Depois de invadir o palácio presidencial, a multidão percorreu os ambientes luxuosos, várias pessoas pularam na piscina e vasculharam o guarda-roupa e os pertences de Rajapaksa.

Fonte: BOL



Mandioca: menor oferta e demanda firme impulsionam preços da raiz e da fécula

As diminuições nas áreas plantadas nas duas últimas temporadas vêm limitando a oferta de raiz de mandioca ao longo deste ano. Pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, indicam que a baixa oferta da matéria-prima tem sido reforçada também pelo clima desfavorável no ano passado – geadas, seca e altas temperaturas em alguns períodos –, que prejudicaram a produtividade e, sobretudo, reduziram o teor de amido das raízes. E este último caso, por sua vez, faz com que fecularias necessitem aumentar o volume de esmagamento de raiz para conseguir manter a oferta de fécula estável.
Levantamento do Cepea mostra que, no primeiro semestre, o esmagamento de mandioca pela indústria de fécula totalizou 1,16 milhão de toneladas, crescimento de 7% na comparação com o mesmo período de 2021. Por outro lado, a extração de amido pela indústria de fécula caiu de 27% no primeiro semestre de 2021 para 24,5% de janeiro a junho de 2022. Como resultado, houve queda de 3,4% na produção de fécula entre a primeira metade de 2021 e o mesmo período deste ano.
Este cenário vem elevando os preços da raiz de mandioca e dos derivados, que operam nos maiores patamares nominais das respectivas séries históricas do Cepea, iniciadas em janeiro de 2002. Para a mandioca, dados do Cepea mostram que a média de negociação no primeiro semestre deste ano foi de R$ 779,90/t (R$ 1,3563 por grama de amido), com alta de 76% frente à de janeiro a junho de 2021. Em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI), a elevação é de 54%. Quanto à fécula, na primeira metade do ano, o valor médio (FOB fecularia) foi de R$ 4.243,26/tonelada (R$ 106,08 por saca de 25 kg), avanço de 70,9% frente ao mesmo período de 2021. Em termos reais, o aumento é de 49,2%.
Cálculos do Cepea mostram que o consumo aparente de fécula nos primeiros meses de 2022 foi de 269,6 mil toneladas, queda de 1,7% na comparação com igual período do ano passado. A soma do consumo aparente com as exportações do derivado ao longo do semestre é de 293,7 mil toneladas, 1,8% acima da do mesmo período de 2021 – e também superior à produção acumulada. Diante disso, houve dificuldades de a indústria de fécula formar estoques, e estas unidades encerraram o primeiro semestre com volume médio de estoque 10% menor que o de janeiro a junho de 2021.
No front externo, a demanda internacional aquecida mantém as exportações de fécula em bom ritmo. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), foram 24 mil toneladas escoadas no período, 66% a mais que na primeira metade de 2021. O preço médio do derivado brasileiro aumentou 20,8% na mesma comparação.
Nos atuais patamares de preços – sem considerar a rentabilidade –, parte dos agricultores tem sinalizado aumentar a área plantada na temporada 2022/24. Entretanto, o desafio maior ainda são os custos de produção, que certamente deverão ser superiores aos das últimas safras. Em um quadro de inflação, a indústria de fécula tem dificuldades em repassar as valorizações da matéria-prima, seja para o varejo ou para os segmentos industriais. Assim, as margens devem continuar apertadas para as fecularias, o que pode acarretar em mais avanços na verticalização da produção ao longo deste ano.

Fonte: Agrolink



Município assina termo de cooperação de projeto voltado para egressos da Fundação Casa

Na última quinta-feira, 07, o diretor da Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente Rio Dourado), do município de Lins, Cristiano Pires, esteve em Garça. Na oportunidade, ele efetuou a assinatura do termo de cooperação do programa "Pós Medida", entre a instituição e a Prefeitura de Garça.
 Garça é o segundo município do Estado a aderir ao programa "Pós Medida", porém será o primeiro a destinar um recurso de transferência de renda aos adolescentes egressos do sistema socioeducativo. 
Segundo o prefeito João Carlos dos Santos (União Brasil), a assinatura do convênio irá possibilitar a ajuda aos jovens que voluntariamente podem se inscrever no projeto e passar por atendimento profissional qualificado, acesso ao lazer, fortalecimento do vínculo familiar e encaminhamento para o mercado de trabalho. 
"Nós sabemos da dificuldade que esses jovens enfrentam para retornar ao mercado de trabalho. Esses jovens são garcenses, são filhos da nossa cidade, e nós acreditamos que cada município deve zelar por seus filhos. O grande objetivo é fazer a inserção dos jovens de volta à sociedade, à família e ao mercado de trabalho e, consequentemente, a principal meta é a não reincidência, pois nós sabemos o grande problema que esses jovens encontram para o retorno à sociedade e as dificuldades que eles e suas famílias encontram", observou.

Pioneirismo — Na visão de Cristiano Pires, Garça se torna pioneira em destinar uma verba que auxilie esses jovens egressos. "Dos municípios que estão fechando o fluxo no acordo do 'Pós Medida' é o único município que vai liberar uma verba para incentivar e motivar. O menino vai ter outra opção, já que ele saia da Fundação e, quando ele não tem o acompanhamento que aqui em Garça existe, ele realmente acabava voltando para o crime. Nós acreditamos que há mudança, que ninguém nasceu assim ou está obrigado a continuar assim. E quando a gente vê a história do menino, a dificuldade, a falta do acesso à educação, às condições de vida, eu só consigo ter muita gratidão por ter essa oportunidade que o município de Garça está dando", declarou.
A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social de Garça, Hélide Maria Parrera, ressaltou a importância de todos os locais de acolhimento que estarão trabalhando juntos com os egressos, como as pessoas da linha de frente do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), Patrulha Juvenil e Conselho Tutelar. 
"Esse será um programa que trará outra perspectiva de vida, tanto para os nossos adolescentes quanto para suas famílias. O apoio, o empenho e o trabalho que será desempenhado por todos esses profissionais envolvidos será o que mudará o caminho desses jovens no futuro, acolhendo e auxiliando eles e suas famílias nessa reinserção social", avaliou.
 Segundo as diretrizes do programa, ele é voltado para jovens de 12 a 21 que atendam aos critérios, podendo receber auxílios de R$ 250, R$ 350 ou R$ 600 por mês, de acordo com a idade e por um prazo de seis meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. 
O programa terá três faixas de atendimento: uma com atividades socioeducativas, outra com atividades socioeducativas e qualificação profissional, além de uma voltada para atividades socioeducativas, qualificação profissional e a iniciação ao mundo do trabalho com carga horária específica.

Redação do Garca.Jor



Em uma semana, casos de covid-19 aumentam 21% em Garça

Os casos de covid-19 em Garça apresentaram um crescimento de cerca de 21% na semana encerrada em 05 de julho, em relação ao período de sete dias finalizado em 28 de julho. No mais recente levantamento apresentado pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, 224 casos foram confirmados, com uma internação em leito clínico. Os casos descartados somaram 203 e os casos suspeitos chegaram a 230, com 180 pessoas sendo declaradas curadas da doença. 
Desde o início da pandemia até o último dia 05 de julho, Garça contabilizou 10.590 casos positivos de covid-19, contra 13.132 descartados. Cento e cinquenta e sete garcenses faleceram devido a complicações decorrentes da doença.
No âmbito nacional, a média móvel de mortes, que considera dados dos últimos sete dias, por covid-19 ficou acima de 200 pelo décimo dia consecutivo, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Na última quinta-feira, 07, o levantamento indicou que 237 faleceram em decorrência da doença em apenas 24 horas.

Imunização — Neste sábado, 09, será realizado um plantão de vacinação de imunizantes contra covid-19 e influenza nas salas de vacinação do município. A aplicação irá ocorrer das 09 às 14 horas, nas unidades de saúde da família Rebelo, Araceli, Eucaliptos, Mariana 2, Labienopolis, Palermo, Região Oeste, Barros e Jafa. Quem for se vacinar deverá utilizar máscara corretamente, cobrindo o nariz e a boca, apresentar cartão do SUS ou CPF e, no caso dos profissionais da saúde, carteira profissional ou documento da empresa em que atua.
A quarta dose da vacina da covid-19 será aplicada nas pessoas com 40 anos ou mais e nos profissionais de saúde (que tenham mais de 18 anos). Pessoas entre 12 a 17 anos podem se imunizar com primeira, segunda ou terceira dose do imunizante contra a covid-19.
Todos os grupos, a partir de seis meses de idade, também podem aproveitar para se imunizar com a vacina de influenza, que poderá ser aplicada conjuntamente com a dose contra covid.

Fonte: Jornal Debate



Dengue: 4,5 mil casos positivos em Garça e mais de 3 mil suspeitos

A Secretaria de Saúde de Garça divulgou os dados atualizados de dengue no município. Segundo a pasta, as notificações emitidas de 02 de janeiro até o dia 02 de julho atingiram a marca de 8.639, sendo que 4.590 pessoas testaram positivo para a doença. Atualmente, apenas dois garcenses se encontram positivados em recuperação, com os negativos somando 652 e os suspeitos chegando a expressivos 3.397.
Os dados apresentados pela Secretaria indicam que entre os suspeitos existem 3.373 exames referentes ao mês de março represados ainda no Instituto Adolfo Lutz de Marília e sem prazo para que os resultados sejam liberados, ao passo que outros 24 estão sendo testados no município.
A Secretaria indicou que não haverá nebulização nos próximos dias contra o mosquito transmissor da dengue. A interrupção do trabalho se dá devido ao fato de o município aguardar o envio do nebulizante por parte do governo do Estado. Assim que o produto chegar ao município, indicou a Secretaria, a nebulização voltará a ocorrer em locais a serem indicados.
O Brasil registrou 504 mortes por dengue, ao longo deste ano. O número representa praticamente o dobro de mortes notificadas em todo o ano passado, segundo o Boletim Epidemiológico, divulgado pelo Ministério da Saúde.
O Estado de São Paulo lidera a lista, com 180 óbitos contabilizadas até o final de junho. Em seguida aparecem Santa Catarina (60), Rio Grande do Sul (49), Goiás (44) e Paraná (43). Há ainda 364 óbitos em investigação.
Somente neste ano foram contabilizados 1,1 milhão de casos prováveis de dengue em todo o país, o que implica em uma taxa de incidência de 517,9 casos a cada 100 mil habitantes. A marca atingida em apenas seis meses já representa mais do que o dobro dos casos registrados em todo o ano de 2021 (544.460).

Fonte: Jornal Debate