quarta-feira, 18 de maio de 2022

Alvinlândia retoma uso obrigatório de máscaras em escolas da cidade

A Prefeitura de Alvinlândia publicou um decreto determinando a obrigação do uso de máscaras em todas as unidades de ensino na cidade depois do registro de um aumento considerado preocupante no número de casos de covid-19, especialmente entre crianças e profissionais da educação.
O decreto determina sobre o uso de máscaras nas unidades de ensino, o texto também reforça a recomendação da proteção em outros locais já previstos no decreto estadual, como meios de transportes coletivos, locais de embarque e desembarque e nas unidades de saúde.
Segundo a prefeitura, o município com cerca de 3,2 mil habitantes registrou um salto de 19 casos num período de apenas três dias, fazendo a cidade passar de 16 para 35 novos casos de Covid.
Desde o início da pandemia, Alvinlândia registrou 834 casos positivos da doença e nove mortes. Neste período, foram feitos 2.044 testes entre os moradores.
“Depois de um bom tempo sem registros, o primeiro caso apareceu no último dia 04 de maio e foi aumentando entre crianças. Consequentemente, passou para os familiares, professores e funcionários das escolas, por isso decidimos pelo decreto”, explicou Francine Marques Cripa Lotério, secretária de Educação de Alvinlândia.
A secretária diz ainda que, como Alvinlândia possui apenas uma unidade de saúde, a preocupação da prefeitura é evitar um eventual colapso pelo aumento de casos do Covid somados à alta de atendimentos de casos gripais, comuns nesta época do ano.
Apesar da reedição da obrigação do uso de máscaras, o decreto não incluiu no seu texto consequências para quem descumprir a medida. Segundo a secretária, a aposta da prefeitura é no bom senso da população.
Outro ponto que preocupou a prefeitura foi o aumento de casos positivos também entre profissionais de saúde.
Dois técnicos de enfermagem do município estão afastados com a doença e o médico que atende a rede básica retornou essa semana para o trabalho após se recuperar da doença.

Fonte: g1



Nenhum comentário:

Postar um comentário