segunda-feira, 11 de abril de 2022

Show sertanejo e projeto gospel vão marcar aniversário de Gália

No próximo dia 14 de abril, Gália comemora seu 94º aniversário de emancipação político administrativa. Como ocorre tradicionalmente, a Prefeitura e a Câmara de Vereadores locais executam uma programação para ressaltar a data. E neste ano não será diferente. Dentro dessa programação, dois shows vão agitar a comunidade local. Estará no palco a cantora Lauana Prado, ao passo que cantor Israel Costa irá se apresentar pelas ruas da cidade.
O show da sertaneja Lauana Prado ocorrerá no dia 13 de abril, no Centro de Convenções e Eventos, a partir das 22 horas, com entrada franca. Nascida em Goiânia, ainda na infância se mudou para o Tocantins. Lauana, aos dez anos de idade, ganhou seu primeiro violão e aprendeu a tocar sozinha. Aos 16 anos, fez seu primeiro show e iniciou uma trajetória de sucessos.
Em 2018, com a música "Cobaia", ganhou maior visualização, contando com mais de 10 milhões de visualizações no Youtube. No mesmo ano, lança seu primeiro álbum ao vivo e, em 2019, grava um DVD com participações de vários artistas nacionais. Além de cantora, Lauana também é compositora, já tendo músicas de sua autoria gravadas por Roberta Miranda, Edson & Hudson, Rionegro & Solimões, entre outros.

Gospel — A segunda atração para marcar os 94 anos de Gália será a apresentação do projeto "Eu Missionário", com o cantor Israel Costa", no dia 16 de abril, a partir das 15 horas, pelas principais ruas do município. Tal projeto foi iniciado em abril de 2020, com a finalidade de levar palavras de esperança, fé e amor pelas ruas de mais de 200 cidades espalhadas pelo país.
Natural de Herculândia, o cantor Israel Costa ganhou projeção no cenário gospel. Seu projeto "Eu Missionário" foi crescendo e ganhou destaque em lives realizadas no período da pandemia.

Gália — A história de Gália tem início com a chegada das primeiras famílias às terras próximas das nascentes dos rios Feio e Peixe, por volta de 1906. O pequeno povoado foi tendo um aumento populacional e, em 1917, é fundado o distrito de São José das Antas.
Posteriormente, em 1927, é elevado à categoria de vila e passa a ser denominada de Gália, se desmembrando de Duartina. A instalação como novo município ocorre em 14 de abril de 1928, quando a cidade já contava com uma estação de trem e via sua população crescer consideravelmente.
Atualmente, com cerca de 7 mil habitantes, Gália conta com o setor de serviços como o maior contribuinte para o Produto Interno Bruto local. A cidade também tem destaque na produção de seda e café. 
Gália é também a sede da Estação Ecológica de Caetetus, do governo do Estado. Trata-se da segunda maior reserva paulista, com quase 2,2 mil hectares de mata atlântica do interior, protegida por Lei. 
Essa estação se destaca por vários projetos focados em educação ambiental e pesquisas científicas, além de abrigar diversos representantes da fauna, como micos, queixadas, catetos e onças, além de um grande número de aves, além de árvores de diversas características, indo da cabreúva até o cedro, passando pelo jatobá, guaritá,  peroba, entre outros.

Fonte: Jornal Debate



Nenhum comentário:

Postar um comentário