segunda-feira, 11 de abril de 2022

Liberada construção da futura sede da Etec e da Fatec da cidade de Marília

O governo de São Paulo liberou nesta segunda-feira, 11, em Marília, a construção da futura sede da Etec e da Fatec da cidade e entregou 223 veículos e maquinários do Nova Frota SP Não Para e 26 viaturas para reforçar o policiamento na região.
Além disso, também houve a destinação de R$ 183,8 milhões para obras de infraestrutura urbana, construção do Fórum, hospital, escolas estaduais e creches, além de intervenções viárias e convênios com municípios turísticos. Ocorreu ainda a inauguração do Poupatempo de Palmital e o anúncio de investimentos para habitação e segurança hídrica.
A previsão é de que o Estado invista R$ 30 milhões no campus que vai abrigar as unidades da Etec e da Fatec. Em um terreno de mais de 7 mil metros quadrados, o projeto prevê a construção de edifício administrativo e pedagógico, bloco de convivência com auditório, quadra poliesportiva, cozinha e refeitório, estacionamento, entre outros.
Foram entregues 223 veículos e maquinários do Nova Frota SP Não Para e autorização a formalização de 91 convênios com 45 prefeituras da região. O investimento será de R$ 46,7 milhões em infraestrutura urbana e mais de R$ 78 milhões nos equipamentos. Ele também destinou R$ 10,2 milhões para celebração de convênios com nove municípios, dentre eles estâncias turísticas e de interesse turístico.
O Estado também disponibilizou 26 novas viaturas para reforçar o policiamento preventivo e ostensivo na região de Marília. Para aquisição dos novos veículos, modelo GM Spin 1.8, foram investidos R$ 2,8 milhões, beneficiando os municípios de Marília, Álvaro de Carvalho, Ourinhos, Santa Cruz do Rio Pardo e Tupã.
Para obras de segurança viária, o Governo de São Paulo vai destinar R$ 23,6 milhões para intervenções viárias na região de Marília por meio do Programa Respeito à Vida. As obras serão executadas em parceria com a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano). Na plataforma digital do Respeito à Vida, as cidades escolherão as intervenções que foram desenhadas para melhorar a segurança viária.
O Poupatempo de Palmital terá capacidade para realizar até 130 atendimentos por dia, beneficiando mais de 22 mil habitantes. Com investimento estimado em R$ 130 mil pelo governo paulista, a unidade começa a atender, mediante agendamento prévio pelos canais digitais do programa, no dia 13 de abril, na Avenida Reginalda Leão, 290. O funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 13h.
Também houve a autorização para a construção do novo Fórum de Ipaussu. Os investimentos somam R$ 9,8 milhões e as obras devem ser entregues após 18 meses do início do serviço. O prédio será construído em terreno de 10 mil m², localizado no Jardim dos Brilhantes, e doado pela Prefeitura. A Comarca de Ipaussu abrange, ainda, o município de Bernardino de Campos.
Ocorreu ainda o anúncio de R$ 27,5 milhões para construção de duas escolas estaduais e duas creches na região de Marília. As obras serão construídas com recursos financeiros do Plano de Ações Integradas do Estado de São Paulo (Painsp). A escola estadual de Chavantes terá 12 salas de aula e atenderá 420 estudantes, com investimento de R$ 10,3 milhões. Em Ourinhos, a unidade contará com 10 salas e capacidade de 350 alunos. O investimento é de R$ 10,5 milhões. As duas creches terão capacidade para atender 150 crianças cada, sendo que em Parapuã serão investidos pelo estado R$ 3,1 milhões e em Tupã R$ 3,4 milhões.
Foi efetuada a entrega da reconstrução de uma ponte sobre o Rio do Peixe, localizada na estrada MAR-314, no Distrito de Amadeu Amaral, em Marília. A obra, realizada após desgastes provocados por chuvas, recebeu investimento total de R$ 858 mil, sendo R$ 658 mil por parte do Estado e R$ 200 mil pelo município. Também houve a oferta da reconstrução de travessia sobre o córrego do Lajeado, localizado na estrada MRC-256, em Maracaí, após forte tempestade que atingiu o município em janeiro de 2021. O Estado investiu R$ 221 mil e a prefeitura, R$ 11 mil, totalizando R$ 232 mil.
Houve a autorização da construção de 430 novas moradias em Garça, Marília e Santa Cruz do Rio Pardo e entregou 45 títulos de propriedade para famílias da região. Também foram assinadas ordens de serviço, que somam R$ 494 mil, para regularização fundiária de nove núcleos habitacionais em seis municípios.
Também ocorreu a liberação da perfuração de 13 poços tubulares profundos na região de Marília. O conjunto faz parte do programa “Água é Vida”, que tem o objetivo de reforçar a segurança hídrica no estado. A perfuração dos poços será realizada pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica e terão início em maio. Já no município de Echaporã, a Sabesp anunciou a perfuração de um poço de 350 metros de profundidade para aumentar a capacidade de produção de água local, dando mais segurança hídrica à população.
Também foi anunciada a intervenção em 31,2 quilômetros de cursos d’água nos municípios de Marília (Manancial Cascata), Garça (córrego do Barreiro), Ipaussu (córrego São Luiz), Salto Grande (ribeirão Azul) e Tarumã (córrego Tarumã).
Foi inaugurada a obra de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto e Estação Elevatória de Esgoto de Bastos, obra que atende ao crescimento do município e contribui para a melhoria das condições de vida da população e para a preservação do meio ambiente. O investimento foi de R$ 4,6 milhões.

Redação do Garca.Jor



Nenhum comentário:

Postar um comentário