quarta-feira, 13 de abril de 2022

Brasil registra desempenho recorde na exportação de melancia em 2021/2022

Com a menor disponibilidade de contêineres e navios, problemas logísticos marcaram as exportações de melancia na temporada 2021/2022. Além disso, os primeiros embarques também foram prejudicados pelo atraso do plantio no Brasil, reflexo das dificuldades no fechamento de contratos no fim do primeiro semestre de 2021, devido a entraves no repasse dos custos de produção aos preços de negociação da fruta. 
Mesmo assim, durante a janela de exportação, o número de melancias embarcadas bateu novo recorde, principalmente por conta da demanda europeia aquecida. 
Entre agosto de 2021 e março de 2022, o Brasil exportou pouco mais de 118 mil toneladas de melancia, 9% a mais do que o embarcado na safra anterior. A receita subiu 19% no mesmo comparativo, somando US$ 58,3 milhões. No entanto, mesmo com o aumento da receita, as altas dos custos de produção podem ter limitado as margens dos exportadores. 

Fonte: Cepea/Hortifruti 




Nenhum comentário:

Postar um comentário