terça-feira, 8 de março de 2022

Bariri: mãe é suspeita de esfaquear e matar filho de 27 anos

Uma mulher de 47 anos foi presa em flagrante, no fim da tarde do último domingo, 06, em Bariri, suspeita de esfaquear e matar o filho de 27 anos. Ela alegou à polícia que agiu sob forte emoção, após uma briga entre a vítima e um irmão e ameaças de morte à família. Nesta segunda, 07, a Justiça concedeu à mulher liberdade provisória. O corpo do jovem foi sepultado ontem, no Cemitério de Bariri.
O fato ocorreu por volta das 17 horas, na residência da família, na rua Pedro Macorin, no Jardim Domingos Aquilante. De acordo com registro policial, por razões a serem esclarecidas, momentos antes, L.A.B.D. (apenas as iniciais foram informadas pela polícia) envolveu-se em uma briga com o irmão de 20 anos.
Após a confusão, segundo a versão de K.R.B., mãe dos envolvidos, o jovem de 27 anos teria danificado objetos da casa e ameaçado a família de morte. A mulher contou à polícia que discutiu com o filho, eles entraram em luta corporal e ela retirou uma faca das mãos dele e desferiu um golpe nas suas costas.
Quando a Polícia Militar (PM) chegou ao local, acionada por populares, a vítima ainda apresentava sinais vitais. Ela foi socorrida pela Unidade de Resgate (UR) do Corpo dos Bombeiros e levada ao Pronto-Socorro (PS) da Santa Casa, mas não resistiu ao ferimento. A faca usada no crime foi apreendida para perícia.
A mãe do jovem foi presa em flagrante e apresentada na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú, onde foi autuada por homicídio. Ontem, na audiência de custódia, a Justiça concedeu a ela liberdade provisória para que responda pelo crime em liberdade. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o homicídio

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Nenhum comentário:

Postar um comentário