quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Nescafé aumenta produtividade em fábrica no México com software

Produzindo aproximadamente um milhão de potes de café por dia, a fábrica da Nestlé Nescafé na Cidade do México é sua maior unidade de produção e essencial para as operações globais da marca. Em 2013, a empresa expandiu a capacidade de produção da planta em 40%, investindo aproximadamente US$ 125 milhões, tornando-se a maior instalação de café solúvel do mundo. Por isso, evitar paralisações é fundamental para as operações. 
A intenção era transformar a manutenção, que era reativa. Para se ter uma ideia, a fábrica passou por oito falhas não planejadas em um ano, incluindo um curto-circuito, que resultaram em um desligamento de 14 horas, custando à empresa aproximadamente US$ 588 mil. 
Como a continuidade do serviço é fundamental para a planta de produção, a empresa implementar a solução EcoStruxure Asset Advisor , da Schneider Electric. Ela permitiu que a Nestlé passasse para a manutenção preditiva, permitindo que as equipes resolvessem problemas de forma proativa para evitar interrupções que poderiam custar até US$ 52 mil por hora. 
O software atua junto com os equipamentos elétricos, permitindo que os engenheiros monitorem remotamente os ativos. Ao confiar na análise de dados para ditar os intervalos de serviço, as equipes responsáveis pela área elétrica agora podem gastar menos tempo reagindo a problemas e, além disso, os equipamentos da fábrica passam mais tempo com desempenho ideal. 
Luis Gilberto López Páez, especialista em eletricida
de da Nestlé Toluca Cafés, diz que, desde a implantação, o EcoStruxure Asset Advisor permitiu identificar pontos de acesso e atacá-los antes que se tornassem um problema – economizando tempo de inatividade dispendioso, aprimorando a capacidade de responder rapidamente às mudanças na demanda e, por fim, atender melhor os clientes e reduzir a pegada de carbono operacional. 

Fonte: IPNews, com tradução de Agnocafé.


Nenhum comentário:

Postar um comentário