quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Inovação e Empreendedorismo são tema de livro comemorativo dos 60 anos da Fapesp

O Programa Fapesp Pipe (Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas) já aportou cerca de R$ 700 milhões em projetos inovadores de mais de 1.770 empresas em todo o Estado. O retorno sobre o investimento tem sido “substantivo”: cerca de R$ 6 para cada R$ 1 investido, diz Sérgio Salles-Filho, do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
Salles-Filho assina o artigo Ligando Pesquisa com a Inovação, que abre o fascículo Inovação e Empreendedorismo, o sétimo dos dez que comporão o livro Fapesp 60 anos – Ciência, Cultura e Desenvolvimento
Salles-Filho, que já coordenou dois projetos de avaliação do PIPE, destaca, por exemplo, que as empresas apoiadas – todas de base tecnológica e com até 250 funcionários – se concentram no entorno de universidades e de instituições de pesquisa e desenvolvimento (P&D), mas, gradativamente, se expandem para outras regiões, criando novos núcleos de desenvolvimento e de atração de investimentos.
O sétimo fascículo do livro tem foco nos esforços da Fapesp para promover a inovação e o empreendedorismo. O primeiro capítulo, A inovação em valorizar a inovação, descreve o impacto do aumento de 0,5% para 1% da dotação orçamentária da Fapesp, em 1989, que deu suporte a iniciativas de apoio à inovação tecnológica e à articulação de parcerias entre empresas, universidades e institutos de pesquisa.
Entre essas iniciativas estão o Pite (Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica), em 1995, o Pipe, em 1997, os Cepids (Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão), em 2000, e, na última década, os CPEs (Centros de Pesquisa em Engenharia), entre outros.
O capítulo A invenção da inovação como programa elenca alguns resultados de projetos desenvolvidos em parceria, entre eles, o projeto Pite, implementado pela Sabesp com pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Ilha Solteira e que resultou num protótipo de um aparelho que localiza vazamentos de água em tubulações enterradas.
O artigo O desejo de empreender precisa ser realizado, de Geciane Porto, da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP), abre o debate para Empreendedorismo de Conhecimento, o último capítulo do sétimo fascículo.
Os seis primeiros fascículos do livro – Seis décadas de realizações, DNA da Ciência Paulista, Pioneirismo Digital, Grandes projetos, grandes resultados, Políticas públicas baseadas em evidências e Contribuição social, cultural e artística – estão disponíveis em: 60anos.fapesp.br/livro/.

Redação do Garca.Jor



Nenhum comentário:

Postar um comentário