quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Criador amador de Garça é multado em R$ 5 mil por manter aves irregulares

A Polícia Ambiental de Marília divulgou um balanço das operações realizadas ao longo do último final de semana. Nas cidades de Garça e Tupã, foram apreendidos nove pássaros, dois deles em situação de maus tratos. Os criadores foram multados em R$ 5 mil.
Em Garça, uma equipe recebeu denúncia de que aves estavam sendo mantidas irregularmente em cativeiro. O criador, que é amador, mantinha sete aves sem anilhas de identificação, da espécies, canário da terra, tiziu, coleirinho-papa-capim, tico-tico-rei, curió e azulinho.
Outra irregularidade é que um canário da terra anilhado estava sendo utilizado como "chama" para captura de outras aves, estando acoplado em sua gaiola dois alçapões armados. Foram aplicadas multas de R$ 4 mil, sendo 500 reais somente porque o criador estava tentando atrair outras aves para serem capturadas.
Em Tupã, a equipe da Polícia Ambiental se deslocou até um conjunto habitacional onde constatou a existência de dois pássaros preto que, embora sem sinais de ferimentos e de maus tratos, estavam sendo mantidos irregularmente em cativeiro, sem autorização do órgão ambiental competente. O criador foi multado em R$ 1 mil.

Fonte: Visão Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário