sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Cerca de 100 cigarros eletrônicos são apreendidos em Pirajuí

A Polícia Civil apreendeu mais de 100 cigarros eletrônicos e essências, além de outros objetos, em um estabelecimento de Pirajuí, nesta quinta-feira, 24. Um boletim de ocorrência sobre o local já havia sido registrado a pedido de um homem por conta da venda desse tipo de cigarro ao filho de 12 anos.
Segundo informado pela Polícia Civil, o pai levou o cigarro eletrônico que encontrou com o adolescente à delegacia no dia 13 de janeiro. Os policiais, então, realizaram diligências e constataram que se tratava da loja, localizada no centro da cidade.
No local, a equipe foi recebida pela esposa do proprietário, a qual se apresentou como responsável. Iniciada a vistoria, foram encontrados 188 cigarros eletrônicos, 111 unidades de essências para cigarros eletrônicos, bem como cinco unidades de ponteiras, os quais foram lacrados, para realização de exames periciais.
A Vigilância Sanitária também se dirigiu ao local e elaborou medidas administrativas cabíveis. Os responsáveis pelo estabelecimento foram orientados sobre a proibição de comercialização desse tipo de produto e a responsável liberada no próprio local.
Ainda segundo informado pela Polícia Civil, um inquérito policial foi instaurado para apuração da prática do crime de vender a adolescentes produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica.
A venda de cigarros eletrônicos e acessório é crime e descumpre a Resolução de Diretoria Colegiada da Anvisa RDC nº 46, de 28 de agosto de 2009, que proíbe em todo território nacional a comercialização importação e propaganda de todos os tipos de dispositivos eletrônicos para fumar e respectivos acessórios e refis.

Fonte: G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário