terça-feira, 12 de outubro de 2021

Tupã retoma aulas presenciais em sua rede de ensino

As escolas da rede municipal de Tupã retomaram às aulas presenciais na última semana para estudantes do Ensino Básico, Fundamental, Médio e Técnico. A cidade foi a última da região a ter os alunos dentro das salas de aula, por conta da espera para imunização contra a covid-19 de todos os professores.
Com professores e funcionários das escolas vacinados com as duas doses da vacina, a Secretaria de Educação autorizou a retomada, um mês depois das cidades do centro oeste-paulista, em modelo híbrido.
O retorno para crianças em idade pré-escolar ao Fundamental I foi marcado por um evento de celebração realizado na escola Emeief Prof. Thiago Alves da Silva Leandro, além disso, todas as escolas recepcionaram os alunos com lembrancinhas de boas-vindas.
De acordo com a diretora da Emeief, Valeria Cristina Sparapan Dolmen, as turmas com menos matriculados assistirão às aulas juntos de segunda a quinta-feira, nos casos em que o número de alunos é superior à taxa de ocupação recomendada pelas autoridades de saúde, haverá revezamento dos estudantes em dois grupos.
“A ‘Turma A’ estudará presencialmente às segundas e quartas, e a ‘Turma B’, às terças e quintas. Reservamos a sexta-feira para que os professores preparem aulas e vídeos que serão enviadas aos que optaram pelo ensino remoto”, explicou.
O secretário de Educação, professor Valdir Berti, afirmou que nas salas de aula as carteiras estão afastadas para garantir o distanciamento mínimo. As classes também farão o recreio em horários escalonados e as equipes higienizarão o pátio a cada novo intervalo.
“Todos os profissionais da educação passaram por uma capacitação socioemocional com psicólogos para receberem nossos alunos ainda mais preparados. O município começou a retomada controlada das aulas agora, pois, entendemos ser determinante assegurar a imunização máxima dos educadores e trabalhadores que atuam nas escolas”.
A administração municipal instituiu protocolos securitários para prevenção de casos, como uso de tapetes sanitizantes, totens de álcool em gel, distanciamento social, e uso obrigatório de máscara, e também medidas emergenciais havendo confirmação interna de covid-19.
Se algum estudante ou profissional da educação manifestar sintomas, ou testar positivo para a doença, ele será isolado obrigatoriamente por 14 dias, e na hipótese de confirmação em ao menos duas pessoas, o ambiente será higienizado e sanitizado.
Independentemente do diagnóstico de casos, as escolas deverão receber desinfecção a cada três dias, para isso, todas as unidades receberam equipamento próprio.
A cerimônia de retorno às escolas na escola Thiago Leandro compôs o calendário de eventos em comemoração aos 92 anos da cidade.
Além das medidas securitárias para evitar o contágio pelo coronavírus, as unidades foram revitalizadas. A Secretaria de Educação lembrou ainda que o Ensino Infantil (de zero a três anos) continua com retorno previsto para janeiro de 2022.

Fonte: Marília Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário