segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Dia das Crianças: comércio garcense fica aberto hoje até 22 horas

Hoje, dia 11 de outubro, véspera de feriado, véspera do Dia das Crianças, o comércio garcense ficará aberto até às 22 horas. A expectativa é que a celebração do Dia das Crianças movimente as vendas do varejo, especialmente agora, com o avanço da vacinação contra o coronavírus. De acordo com o superintendente da Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça), Fábio Dias, as compras de última hora devem movimentar as vendas na cidade.
“No último final de semana já observamos um movimento crescente, principalmente no segmento de brinquedos. Todos que trabalham com esse produto perceberam. As lojas estavam cheias, nossos lojistas trabalharam bem a questão da distribuição dos brinquedos em seus estabelecimentos, de forma que chamassem a atenção e, as vendas aconteceram. Muitos pais já realizaram suas compras”, falou Dias.
Além do segmento de brinquedos, os setores que também registraram aumento de vendas foram os de roupas e calçados. Quem foi no centro comercial garcense, principalmente no sábado, percebeu o movimento.
Como colocou o superintendente, muitas compras aconteceram no sábado, visto que as pessoas aguardaram o recebimento de seus vencimentos, mas as expectativas para hoje são muito positivas.
Embora as compras online tenham caído no gosto do consumidor, a volta ‘a normalidade’ deve fazer com que aumente, neste ano, a preferência pelas lojas físicas.
“No ano passado estávamos num cenário muito negativo, sem ao menos a perspectiva de vacinação. Avançamos muito nesse quesito e, com a abertura maior as pessoas sentem a necessidade de sair às ruas, de retomar a normalidade que foi roubada com o cenário de pandemia”, falou Dias, salientando que não devem ser esquecidas as medidas sanitárias.
“Queremos lembrar o nosso lojista, o nosso comerciante, que ainda vigora o decreto municipal com algumas medidas restritivas que devem ser obedecidas. É obrigatório o uso de máscaras, e como é dia das crianças, muitos pequeninos estarão nas ruas. Todas as crianças acima de dois anos devem usar máscaras e tanto os pais ou responsáveis, quantos os comerciantes e seus colaboradores devem estar atentos. Também é necessário o uso de álcool em gel e respeitar a capacidade de 80% do limite, dentro dos locais”, falou o superintendente.
De acordo com ele o Dia das Crianças de 2021 será uma espécie de “aquecimento” para a retomada das vendas de fim de ano. 
“Estamos confiantes. As pessoas têm saído mais de casa, estão confiantes e logo chega o final do ano, que também vem carregado de expectativas, visto que todos parecem querer comemorar a data, tentando superar as mazelas deixadas pela pandemia”, falou Dias.
Com grande parcela das crianças voltando às aulas presenciais, o superintende acredita que, além dos brinquedos, os materiais escolares vão ganhar importância diferenciada neste Dia das Crianças. É esperada também uma procura pelos educativos e pelos que têm uma capacidade de entreter por um longo tempo. 
“O cenário vem se diversificando. Roupas, brinquedos, materiais escolares chamam a atenção dos pais e das crianças, mas os eletrônicos terão um importante papel na estabilidade das vendas, já que a pandemia trouxe várias novas necessidades tecnológicas, inclusive para os mais novos. As crianças passaram a usar os celulares e computadores para além da diversão e acreditamos que essa experiência as levou a buscar por novos equipamentos”, completou Dias.

Redação do Garca.Jor



Nenhum comentário:

Postar um comentário