segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Acig: expectativa de aumento de 10% nas vendas no Dia das Crianças

O comércio garcense está preparado e, segundo a Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça), as vendas para o Dia das Crianças devem registrar um aumento de até 10% na comparação com o mesmo período do ano passado. 
De acordo com o presidente da Acig, João Francisco Galhardo, o momento é de otimismo. "Sabemos que ainda vivemos um período crítico, mesmo com toda a recuperação já anunciada, sabemos que alguns setores, como, por exemplo, a indústria, ainda estão fragilizados, mas temos de ser otimista. O Dia das Crianças é a terceira data mais importante do ano para o varejo nacional e estamos, depois de muitas restrições, vivendo uma flexibilização que tem trazido também mais confiança ao consumidor", disse Galhardo.
Segundo ele, apesar da cautela que existe no setor, levando muitos lojistas a pensar em um aumento máximo de 5%, alguns segmentos devem atingir a marca dos 10%.
Galhardo explicou que a data movimenta diversos setores, indo de roupa e calçados, até eletroeletrônicos, passando, é claro, pela área dos brinquedos.
"É um leque grande. Os pais pensam em roupas e sapatos, mas tem o setor de papelaria, os eletrônicos, os brinquedos, os acessórios. No ano passado, a maioria das vendas ocorreu pelo e-commerce. Agora estamos recuperando esse público. Por mais facilidade que exista nas vendas on-line, existe a questão do sair com os pais, escolher o presente, ver. É uma rotina que a flexibilização está trazendo de volta, e isso movimenta outros segmentos, como restaurantes, sorveterias. As famílias saem e aproveitam para um momento delas", sustentou o dirigente.
Ciente das dificuldades que ainda imperam, principalmente na questão econômica, Galhardo lembrou que o fim das restrições de funcionamento do comércio e até os sinais, ainda que tímidos, de retomada, vêm deixando os consumidores mais seguros em relação às compras.
"A gente sabe que o desemprego ainda bate à porta de muitos, mas o nosso comércio, em particular, vem se sobressaindo. Os dados mostram que foi o que mais contratou no mês de agosto e o que mais criou novas vagas. O comércio só contrata se tiver vendendo. É uma questão lógica, por isso acreditamos que alguns setores venderão bem", observou.
O setor de brinquedos, seguido pelo de eletrônicos e de vestuário, deve ser dos mais procurados. O perfil do consumidor é formado por familiares que costumam presentear nesse período, contribuindo para o balanço do setor no final do semestre.
Os comerciantes apostam que o Dia das Crianças deve antecipar o comportamento do consumidor para o cenário de compras das festas de final de ano. 
Para o presidente da Acig, esse é o momento do comerciante garcense colocar em prática velhas ações que conquistam o consumidor. Um momento de desenvolver promoções, os descontos, as facilidades nas formas de pagamento e, acima de tudo, o bom atendimento.
"Um consumidor bem atendido, muitas vezes, compra sem precisar. É o momento de investir nessas ações, de fazer um design da loja, de colocar os produtos típicos em destaque", finalizou.

Fonte: Jornal Debate



Nenhum comentário:

Postar um comentário