sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Três chapas disputarão nova eleição em Mineiros

Três chapas irão disputar a eleição suplementar para prefeito e vice-prefeito de Mineiros do Tietê, agendada para o dia 03 de outubro. O prazo para pedido de registro das candidaturas terminou na última sexta-feira, 03, e, segundo dados do site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a participação das três chapas inscritas já foi deferida.
Os candidatos a prefeito e vice são, respectivamente, Beto Cippola e Juliana Cruz (MDB), da coligação "Um novo rumo para Mineiros do Tietê"; Geziel Pereira Lima e Bete da Farmácia (PSL), da coligação "O povo já escolheu e quer Mineiros no caminho certo"; e Junior Poliani e David Poliani, ambos do Republicanos (não consta no site nome da coligação).
Lima é vereador e passou a comandar interinamente o Executivo em janeiro deste ano. Desde sábado, 04, a propaganda eleitoral está permitida na cidade. A propaganda na Internet também está autorizada, vedada qualquer tipo de propaganda paga, exceto o impulsionamento de conteúdos por partidos, coligações e candidatos e seus representantes.
Conforme divulgado pelo JC, candidato mais votado nas eleições municipais de 2020, Luiz Gustavo Ferrarez, o Gustavo Chitinha (PSL), teve o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em julho, o TSE negou provimento a agravo interno interposto por ele para tentar reverter a decisão que negou a admissão de um recurso especial ao órgão.
O indeferimento do registro foi pedido pelo Ministério Público (MP) nos autos de Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, em razão de condenação de Chitinha por acidente de trânsito culposo. Ele recorreu até terceira instância, mas a decisão do caso transitou em julgado no período em que tramitava processo de registro de sua candidatura. O candidato tem recurso em tramitação no TSE para tentar validar sua eleição.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Nenhum comentário:

Postar um comentário