quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Garcenses trentam fazer joalheira em Marília e acabam em cana

Uma dupla de garcenses foi presa suspeita de levar joias de uma joalheira na rua Paes Leme, no Centro, em Marília, na terça-feira, 14 de setembro. Os presos foram identificados como Bruno Jacob Pires de Carvalho, de 31 anos, e Luís Gustavo Santos, de 33.
Segundo a polícia, os criminosos chegaram em uma moto vermelha, com placa de Garça. Um deles entrou na loja e o outro permaneceu do lado de fora aguardando para a fuga.
Os policiais informaram que o criminoso fez menção de estar armado e agiu com violência e grave ameaça enquanto pegava um mostruário de joias com cerca de 30 peças de ouro.
Moradores que passavam na rua perceberam a movimentação estranha e acionaram a PM, informando as características da dupla. Algumas pessoas conseguiram deter um dos criminosos e tentaram imobilizá-lo até a chegada da polícia. Enquanto isso, o comparsa que estava na moto fugiu.
Ainda de acordo com a PM, o homem que anunciou o assalto foi preso logo após a ação no cruzamento da Rua Paes Leme com a Rua Quatro de Abril. Ele estava com o mostruário roubado e confessou o crime.
As equipes policiais de Garça, que também acompanhavam a rede de rádio, fizeram o cerco na entrada da cidade e conseguiram abordar o motociclista, que também foi preso. A ocorrência foi apresentada na Central de Polícia Judiciária e os dois permanecem à disposição da Justiça.

Fonte: G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário