quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Criador de Garça leva multas de R$ 10,5 mil por cativeiro de pássaros

Um criador de pássaros de Garça sofreu uma multa de R$ 10.500 por posse ilegal de aves nativas sem anilhas de identificação e autorização dos serviços de fiscalização.
Uma denúncia anônima levou a Polícia Ambiental até o local, uma residência no bairro Williams, e a fiscalização encontrou 18 aves silvestres nativas, das espécies canário-da-terra, tico-tico-rei, bigodinho e coleirinho-papa-capim.
“Constatou ainda uma gaiola contendo em seu interior uma ave da espécie tico-tico-rei, com um alçapão acoplado, o qual continha uma ave da espécie coleirinho-papa-capim, que acabara de ser apanhada”, diz o registro do caso.
Na varanda da residência os policiais encontraram gaiola com uma ave da espécie bigodinho, identificada como forma de atrair outras aves.
O criador levou multa de R$ 500 por cada pássaro – o que somou R$ 9.000 -, um auto de infração por apanhar espécime no valor de R$ 1.000 e outro por utilizar espécime no valor de R$ 500.
As aves passaram por análise de médico-veterinário, e todas os 21 espécimes foram reintroduzidos na natureza. As gaiolas e alçapões foram destruídos.

Fonte: Giro Marília



Nenhum comentário:

Postar um comentário