quinta-feira, 30 de setembro de 2021

Pirajuí: acusado de matar feto de enteada é condenado

Denúncia apresentada pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) levou à condenação de Davi Antônio de Souza, que tentou matar a filha da ex-companheira e tirou a vida do feto que ela carregava no ventre. O crime aconteceu na noite do dia 18 de setembro de 2020, em Pirajuí.
O plenário do Júri acatou as teses do promotor Nelson Aparecido Febraio Junior e sentenciou o réu a 21 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado, por tentativa de homicídio com quatro qualificadoras e pelo aborto.
Segundo a denúncia, Souza procurou a ex-companheira e deu início a uma discussão do lado de fora da casa dela. Grávida de 39 semanas, a filha da mulher – Natália Patrícia Gimenes – tentou intervir, mas acabou sendo atingida por golpes da faca que o réu levava escondida. A vítima foi socorrida e sobreviveu após passar por cirurgia, mas o feto não resistiu.
Segundo o promotor, que atuou também no Júri, os crimes foram praticados por motivo fútil, com recurso que dificultou a defesa da vítima, por razões da condição do sexo feminino e no contexto de violência doméstica.

Fonte: Marília Notícia



Morador e dois policiais ficam feridos em troca de tiros no centro de Marília

Um tiroteio acabou com três pessoas feridas, entre elas dois policiais, na madrugada desta quinta-feira, 30, no Centro de Marília. A ocorrência foi por volta das 04 da manhã, na rua Monteiro Lobato.
A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que começaram a ouvir disparos em uma das casas da rua. Quando a PM chegou foi recebida a tiros pelo morador.
Dois policiais e o morador ficaram feridos na troca de tiros. Os três foram levados para o Hospital das Clínicas e o estado de saúde deles é considerado estável.
De acordo com a PM, três armas foram apreendidas na casa dele para averiguação, sendo uma espingarda e duas pistolas. A PM também recolheu cartuchos que ficaram espalhados na rua, que foi interditada para trabalho de perícia.
A ocorrência será registrada na Central de Polícia Judiciária de Marília e as motivações serão investigadas.

Fonte: TV Tem



Mulher tenta matar irmã queimada na cidade de Marília

A pensionista Geni de Andrade Silva, de 62 anos, foi presa por tentativa de homicídio nesta quarta-feira, 29, no Parque das Primaveras, zona Norte de Marília.
A Polícia Militar foi acionada, às 9h, para atender a uma ocorrência de incêndio em residência. No local, os policiais encontraram a vítima, uma mulher de 59 anos, na calçada da casa. O fogo já tinha sido controlado pelos bombeiros.
A mulher contou que mora na casa da frente e que tinha cedido a edícula – aos fundos -, para a irmã Geni morar. A vítima relatou que se preparava para ir ao dentista, quando teria sido surpreendida pela acusada que estaria em posse de um litro de álcool.
De acordo com a irmã, Geni entrou na casa, jogou álcool sobre o sofá da vítima e ateou fogo, fugindo para a rua em seguida. A autora, que já estava estava com as malas prontas, trancou o portão de saída com corrente e cadeado.
A vítima disse ainda que percebeu que a edícula também estava em chamas. Enquanto trancava o portão, Geni teria dito “agora você vai ficar aí trancada e morrer queimada.”
A mulher gritou por socorro e um morador da vizinhança conseguiu arrebentar a corrente para que a vítima saísse da residência.
Geni foi abordada pelos policiais, perto do local, prestes a pegar um ônibus, na tentativa de fugir. Ela teria confessado que queria matar a irmã queimada.
O vasilhame com álcool, o cadeado e a corrente não chegaram a ser apreendidos pela polícia. A perícia foi acionada no endereço.
A pensionista foi encaminhada até a Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde permaneceu à disposição da Justiça.

Fonte: Marília Notícia



Tupã divulga programação especial para comemorar aniversário de 92 anos

Para comemorar os 92 anos de Tupã, a Prefeitura definiu o calendário de eventos que farão parte da programação de aniversário da cidade. Os eventos serão realizados do dia 01 ao dia 31 de outubro e trarão novidades da Administração para toda população.
O secretário municipal de Relações Institucionais, Duda Gimenez, informou que as realizações contarão com a participação de todas as Secretarias da Prefeitura, que organizarão eventos para todos de forma segura.
"Serão promovidos inúmeros eventos, mas que serão organizados de forma que sigam todos os protocolos da Saúde. Assim, pedimos a colaboração de todos, para que possam prestigiar o que preparamos com toda segurança e respeito para toda a população tupãense. Aproveito para parabenizar a nossa cidade por mais um ano grandioso e por tantas superações", parabenizou.
Duda ainda ressaltou que estes são os eventos que já estão confirmados pela Administração, mas que outros ainda podem entrar para a agenda do mês de aniversário da cidade.
"Convidamos também entidades e clubes de serviços de Tupã que, caso estejam planejando algum evento para outubro, entrem em contato com a Prefeitura para podermos incluir a festividade na programação, e assim levarmos ainda mais eventos para todos", ressaltou.
O prefeito Caio Aoqui (PSD) falou sobre a importância de mais este ano, e acrescentou que Tupã sempre foi e continuará sendo uma das melhores opções para se viver. "Toda a história da nossa cidade foi construída com dedicação, e por isso podemos colher bons frutos hoje. Tupã é uma cidade grandiosa e que construiu uma bela história em todos esses anos de existência. É com muita honra que hoje estou à frente da Administração para poder ajudar cada vez mais a nossa cidade a crescer", disse.
O vice-prefeito Renan Pontelli também parabenizou toda a cidade por completar mais este ano e convidou a população para participar dos eventos preparados.
"Serão muitas novidades para comemorarmos os 92 anos de Tupã e por isso convidamos todos os tupãenses para que participem da programação. É com otimismo que vamos continuar construindo e escrevendo a história da nossa cidade. Viva Tupã, viva seus 92 anos", concluiu Renan.

Redação do Garca.Jor



segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Policiais que executaram cidadão em Ourinhos podem ter adulterado local do crime

A Polícia Civil investiga se os policiais militares presos por executarem um foragido da Justiça em Ourinhos, no dia 20 de setembro, adulteraram a cena do crime antes da chegada dos peritos do Instituto de Criminalística.
Murilo Henrique Junqueira, de 26 anos, foi morto com três tiros quando já estava rendido e com as mãos na cabeça.
A reportagem da TV TEM teve acesso a novas imagens das câmeras do circuito de segurança que flagrou a abordagem do subtenente Alexandre David Zanete, 49 anos, e do cabo João Paulo Herrera de Campos, 37 anos, que foram presos no dia seguinte.
No vídeo é possível ver que mais policiais militares aparecem perto da vítima antes da chegada do Samu, que socorreu Murilo ainda com vida. Eles estão com lanternas e parecem estar vistoriando o local (veja no vídeo abaixo).
Essas imagens, assim como o vídeo que mostra a execução do foragido foram anexadas ao inquérito e a Polícia Civil vai apurar o que os policiais faziam ali e se houve alguma tentativa de adulterar a cena crime, para dificultar a investigação.
Três depoimentos de policiais militares estão marcados para essa semana na investigação sobre o caso. A polícia já ouviu outras testemunhas na semana passada.
Quatro pessoas foram ouvidas, três delas moradores do local onde aconteceu o crime. Um desses moradores inclusive prestou depoimento antes da divulgação do vídeo que mostra o que aconteceu e as informações dele confirmaram o que aparece nas imagens. Ele disse que os policiais chegaram de forma violenta já com as armas apontadas para atirar.
Além dos moradores, a polícia também ouviu a esposa do Murilo. Nesta segunda-feira (27), o delegado da DIG de Ourinhos, José Henrique Ribeiro Junior, irá para Bauru acompanhar a perícia que será feita nas imagens de circuito de segurança.
Os policiais estão presos temporariamente no presídio Romão Gomes, na capital paulista. Em nota, a PM informou que abriu uma investigação interna e, com base nas provas colhidas, representou pela prisão preventiva ao Tribunal de Justiça Militar dos policiais militares envolvidos na ação.
A reportagem da TV TEM tentou contato com o advogado dos policiais, mas não obteve retorno.
Imagens obtidas pela TV TEM mostram o momento em que dois policiais militares de Ourinhos (SP) executaram o foragido da Justiça por tentativa de homicídio. O rapaz de 26 anos foi alvejado mesmo após colocar as mãos na cabeça e não apresentar resistência.
No vídeo, é possível ver o momento em que Murilo Henrique Junqueira está próximo de uma casa com as mãos na cabeça.
Ele anda um pouco, quando é baleado com o primeiro tiro efetuado por um dos policiais e cai no chão. Na sequência, o PM efetua o segundo disparo (veja acima).
Ainda na imagem é possível ver quando o policial se aproxima do homem, abaixa e efetua o terceiro disparo. O jovem fica agonizando no chão enquanto o outro policial dá um tiro para o alto.
Uma arma foi apresentada na ocorrência pelos policiais, que teria sido usada pelo foragido antes das cenas gravadas pela câmera de monitoramento de uma casa.
No plantão, os PMs disseram que agiram em legítima defesa, reagindo a uma ação do criminoso. Mas a análise do vídeo feita pela DIG apontou que não houve confronto.
A Polícia Civil está buscando possíveis testemunhas, vizinhos da vítima, na Vila Operária, para conseguir mais detalhes de como tudo aconteceu.
"A polícia está ouvindo moradores com objetivo de identificar testemunhas presenciais. A possibilidade é grande, inclusive já identificamos algumas. Vamos estabelecer qual foi a participação de cada policial neste evento", afirmou o delegado.

Fonte: TV Tem



Advogado morre em acidente de moto na Rondon

Um motociclista de 50 anos morreu após atingir a traseira de um caminhão bitrem na rodovia Marechal Rondon, na noite do último sábado, 25, em Guarantã. A vítima, Madson Luís Brito Cardoso, já estava sem vida quando as equipes de resgate chegaram. Ele era advogado e morava em Araçatuba.
O acidente foi registrado por volta das 21h, na altura do quilômetro 414 mais 350 metros, no sentido Capital-Interior. Cardoso conduzia uma moto BMW de 1.200 cilindradas e, por circunstâncias a serem esclarecidas, acabou atingindo a traseira da carreta bitrem, que tinha placas de Ribeirão do Pinhal (PR).
Não há informações sobre o envolvimento de um terceiro veículo na ocorrência. Preliminarmente, a Polícia Civil apurou que não havia marcas de frenagem na pista, no trecho onde o acidente aconteceu. O caso segue em investigação.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Caminhoneiro é flagrado com tabletes de cocaína em rodovia de Marília

Policiais foram atender ocorrência de acidente na SP-294, quando perceberam que um dos motoristas estava nervoso e fizeram buscas no veículo. Drogas estavam escondidas em um fundo falso.
A Polícia Militar Rodoviária prendeu um caminhoneiro em flagrante, na última sexta-feira, 24, após ser flagrado com tabletes de cocaína na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294), em Marília.
De acordo com a polícia, equipes do policiamento rodoviário de Marília se depararam com um acidente entre uma carreta e um caminhão, no quilômetro 447.
Durante conversa com os motoristas, um dos PMs desconfiou do nervosismo do condutor da carreta, o que motivou uma busca minuciosa no veículo, sendo encontrado um fundo falso embaixo de difícil acesso com diversos tabletes de cocaína.
O homem foi detido e levado para a delegacia.

Fonte: Tupãcity



Jovem tupãense de 26 anos morre vítima de anemia

A jovem Daniela Soares Bonfim faleceu aos 26 anos em decorrência de anemia neste domingo, 26. Ela estava no Hospital das Clínicas, em Marília.
A jovem era conhecida em Tupã e diversas pessoas se comoveram nas redes sociais.
O corpo da jovem foi transferido para Tupã e é velado desde às 07 horas desta segunda-feira, 27, no Velório Tamoios.
O sepultamento está marcado para às 17 horas no Cemitério da Saudade. 

Fonte: Tupacity


Anatel aponta irregularidades na rádio 950 AM e abre prazo para defesa

Uma fiscalização da Anatel (Agência Nacional de telecomunicações) realizada no dia 22 de setembro em Marília e Vera Cruz provocou a abertura de um processo de investigação de irregularidades na rádio 950 AM.
Despachos do gerente regional da agência em São Paulo homologaram o relatório da fiscalização e abriram prazo para que a emissora apresente informações de defesa.
Segundo o relatório homologado, há irregularidades sobre endereço registrado do transmissor, altura da antena usada pela rádio e local de funcionamento do estúdio principal.
O endereço registrado para transmissor seria na rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, a SP-294, na zona rural de Vera Cruz, mas o transmissor foi encontrado em imóvel no centro da cidade.
O relatório diz ainda que a antena tem altura autorizada de 69 metros mas funciona com 101 metros de altura.
“No local de instalação do transmissor não foi constatado a existência de estúdio. A ligação entre o estúdio em Marília e o transmissor em Vera Cruz se dá através de Link de Internet (streaming). Foi constatada irregularidade de aspecto não técnico que será tratada conforme o Processo de Fiscalização”, diz o documento.
A rádio já foi alvo de fiscalização em 2019 que provocou lacração temporária dos transmissores para regularização de registros.
Durante a fiscalização, a emissora informou a dois técnicos da Anatel que já adotou os procedimentos para registro dos novos endereços e condições técnicas. Nos 15 dias para justificativas deverá apresentar todos os documentos.
A emissora, oficialmente registrada como Rádio Clube de Vera Cruz, pertence ao ex-prefeito de Marília e ex-deputado Abelardo Camarinha e ao radialista Wilson Mattos.

Fonte: Giro Marília



Vacinação antirrábica para cães e gatos em Vila Mariana ocorre na sexta-feira

Na próxima sexta-feira, 01, haverá a quarta etapa da vacinação antirrábica em Garça. Dessa vez, a Prefeitura de Garça, por meio da Secretaria Municipal da Saúde e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, irá instalar o posto volante na praça Cesarino Alvino Sêga, ao lado da USF Mariana I, Vila Mariana, das 08h30 às 11h30. A vacinação será por ordem de chegada e serão aplicadas 170 doses.
A vacina antirrábica é a que protege cachorros e gatos da raiva. A doença pode infectar qualquer mamífero, inclusive os seres humanos, podendo também ser fatal, como no caso dos animais domésticos. A única forma de proteger os pets da raiva é ministrando a vacina antirrábica, com reforço todos os anos.
O vírus da raiva se multiplica rapidamente e aloja-se nos nervos do animal, causando sintomas como agressividade, desorientação e excesso de saliva na boca, com aspecto semelhante a uma espuma de sabão, característica marcante da doença.

Redação do Garca.Jor



quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Prefeitura de Garça encerra serviço do centro de atendimento à covid-19

No auge da pandemia em Garça, a Prefeitura Municipal, em parceria com a Sociedade Beneficente Caminho de Damasco, instalou o centro de referência da atenção básica para a covid-19, que ficou popularmente conhecido como centro de atendimento à covid-19. O serviço, provisório, passou a funcionar a partir do dia 25 de janeiro de 2021 na rua São João, 165, no antigo hospital Samaritano.
No início os atendimentos aconteciam de segunda a sexta, das 07 às 19 horas, sem intervalo para almoço, e aos sábados das 07 às 13 horas. Com a diminuição dos casos na cidade o horário passou a ser das 07 às 17 horas, de segunda a sexta. Nos outros dias e horários a referência continuou sendo a UPA.
Agora, devido à diminuição dos casos, o centro vai encerrar suas atividades. O último dia de atendimento será na quinta-feira, 23 de setembro.
A secretária municipal da Saúde, Deyse Regina Serapião Grejo, sustentou que "toda a equipe envolvida na instalação e funcionamento do centro de atendimento à covid-19 executou um serviço de qualidade para a população. Foram momentos difíceis, com meses com mais de três mil e setecentos atendimentos entre consultas e exames, com uma procura muito alta. Mas o esforço de todos conseguiu suprir a demanda. Agora estamos felizes por dois motivos: primeiro, os casos na cidade diminuíram bastante, o que mostra que a pandemia está passando; e segundo é que, com esta diminuição, o serviço pode ser encerrado. Agora a estrutura existente da saúde em Garça vai voltar a atender os casos suspeitos", disse.
A partir de sexta-feira, 23, os garcenses com sintomas que podem ser relacionados à covid-19 voltarão a ser atendidos nas 12 USFs (Unidade de Saúde da Família) de Garça. Quem apresentar os sintomas da doença deverá procurar a unidade que atende a região onde mora até às 17 horas. Após este horário e aos finais de semana e feriados a referência continua sendo a UPA.
De acordo com informações da Caminho de Damasco, foram realizados, de janeiro a 20 de setembro de 2021, 11.991 consultas médicas e 6.001 coletas de SWAB (exame via nasal feito com um cotonete longo).
Confira os atendimentos mês a mês. As consultas médicas foram:
- janeiro - 396;
- fevereiro – 983;
- março – 1.582;
- abril – 1.517;
- maio – 1.931;
- junho – 2.551;
- julho – 1.575;
- agosto – 1.058,
- setembro (até dia 20) – 398.
As coletas de SWAB realizadas foram:
- janeiro - 228;
- fevereiro – 508;
- março – 701;
- abril – 818;
- maio – 911;
- junho – 1.159;
- julho – 800;
- agosto – 644;
- setembro (até dia 20) – 232.

Redação do Garca.Jor



Lins: simulou ter sido sequestrado é vai responder por crime de extorsão

Um jovem de Lins está sendo investigado por extorsão depois que simulou um sequestro e pediu R$ 700 aos pais, mas acabou sendo flagrado em um bar na cidade de Piratininga.
De acordo com o boletim de ocorrência, o jovem de 20 anos saiu de casa na noite de sábado (18), dizendo que iria encontrar uma mulher no bairro Morumbi. A mãe do jovem relatou à polícia que, de madrugada, mandou mensagem para saber onde o filho estava e ele respondeu que iria embora pela manhã.
Ainda conforme o BO, às 6h34 de domingo (19), a mulher recebeu uma mensagem através do WhatsApp do filho, pedindo o valor de R$ 700 para que ele fosse liberado.
"'Tâmo' na caminhada com seu filho. R$ 700 no PIX da firma pra gente liberar ele. Agita aí, dona", dizia a mensagem.
Segundo o registro policial, outras mensagens chegaram ao longo da manhã, pedindo para que a família fizesse a transferência até as 10h. Durante a conversa, os pais do jovem chegaram a receber uma foto dele com a cabeça coberta, em uma área de mata, e fizeram a transferência.
De acordo com a Polícia Civil, as equipes começaram a investigar o caso e descobriram que o jovem esteve em um bar em Piratininga. Imagens do circuito de segurança flagraram o morador no local na noite de domingo (19), consumindo produtos com uma jovem e outro rapaz.
Diante disso, a polícia constatou que a história não era verdadeira e que o jovem "tinha a finalidade de causar temor em sua família para que depositassem dinheiro em sua conta", conforme o BO.
No fim da tarde de segunda-feira (20), o jovem voltou para a casa e foi levado pelos pais à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Lins, onde tentou reafirmar a história do sequestro, mas acabou confessando a mentira.
O jovem disse à polícia que elaborou a história para conseguir dinheiro para usar drogas e passear em Piratininga com a mulher que conheceu por meio de um aplicativo de relacionamento. Confessou ainda que sujou as próprias roupas antes de chegar em casa para manter a história aos familiares.
O delegado Wanderley Gonçalves Santos informou que o jovem está sendo investigado em liberdade pelo crime de extorsão e pode cumprir pena de até oito anos.

Fonte: g1



quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Primavera tem início e é possível a volta das chuvas em outubro

O início da estação da Primavera deste ano (Equinócio da primavera) no Hemisfério Sul ocorreu hoje, 22, às 16h21 e termina no dia 21 de dezembro às 12h59min, quando começa a estação do verão (Solstício de verão). A primavera climatologicamente têm dias de muito calor, tardes quentes que registram vários recordes de temperaturas máximas, além do retorno das chuvas que iniciam em grande parte do país, o plantio das principais culturas de verão. 
Na primavera ocorre grande irregularidade climática, pois a estação é um período de transição entre o inverno (seco) e o verão (chuvoso), permitindo o início na mudança do regime de chuvas e temperaturas, especialmente na região Sudeste do Brasil. As frentes frias na estação tornam-se mais frequentes e a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), afeta significativamente a região, causando bandas de nuvens e a ocorrência de chuvas contínuas.
 Durante a estação as chuvas e as temperaturas vão se elevando gradualmente e o forte aquecimento diurno junto à alta umidade atmosférica, contribuem para a formação de temporais, em forma de pancadas de chuva de caráter isolado, com curta duração e que ocorrerem a partir da tarde, com forte intensidade e geralmente acompanhadas por trovoadas, descargas elétricas, ventos com rajadas e queda granizo. Esses temporais causam sérios transtornos a população e a área urbana, como enchentes, desabamentos de morros, etc.
 Com registro Leste, os modelos de previsão indicam uma probabilidade acima de 70% que o fenômeno La Niña (resfriamento da temperatura do mar no oceano Pacífico Equatorial) se inicie durante a primavera de 2021 e permaneça até o verão 2021/2022. Contudo, a influência do fenômeno para região Sudeste em relação à chuva é pouco conhecida, mas ele pode influenciar a temperatura.
Baseada no modelo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão para a primavera 2021 na Região Sudeste, em particular para o Estado de São Paulo, apontam chuvas próximas a acima da média em grande parte da região, com possível retorno de chuvas mais frequentes a partir do meio de outubro. No sudeste de São Paulo, as probabilidades indicam o risco de chuvas abaixo da média, principalmente em dezembro. Com o retorno das chuvas mais regulares, ocorrerão temperaturas próximas ou ligeiramente abaixo da média climatológica.

Fonte: Ipmet



Conab: produção de café deve atingir 47 milhões de sacas, queda de 25,7%

De acordo com o 3º Levantamento da Safra 2021 de café, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), nesta terça-feira (21), o país deverá produzir, aproximadamente, 47 milhões de sacas do produto beneficiado. Isso representa uma diminuição de 25,7% em relação ao resultado da safra de 2020. Com relação à área em produção, esta é atualmente estimada em 1,8 milhão de hectares, 4,4% menor que a safra anterior.
Este levantamento ocorreu em um momento em que mais de 95% das áreas plantadas já foram colhidas. O resultado da pesquisa de campo confirma, portanto, uma redução considerável na produção, em comparação à safra anterior, que foi considerada recorde.
Entre os motivos para isso estão os efeitos fisiológicos da bienalidade negativa, observados em diversas regiões produtoras neste ciclo, bem como as condições climáticas adversas de seca em muitas localidades, aliada às geadas, ocorridas em junho e julho. Esses fatores influenciaram tanto para redução do rendimento médio como para a diminuição da área em produção.
A produção de café arábica está estimada em 30,7 milhões de sacas, 36,9% a menos se comparado ao volume produzido na safra anterior. O conilon por sua vez deve alcançar uma produção de 16,15 milhões de sacas, o que indica um aumento de 12,8% sobre o resultado obtido em 2020.
Bienalidade - O café é uma das culturas que possui esta característica da bienalidade. Isso significa que um ano a cultura produz um maior número de frutos, o que exige da planta mais nutrientes. Em decorrência disto, no ano seguinte, ela recompõe suas estruturas vegetais e reservas, reduzindo a sua produção.
Produção regional – Com relação aos estados produtores, Minas Gerais deverá alcançar 21, 4 milhões de sacas, uma redução de 38,1% em comparação a 2020. Por causa da bienalidade negativa, os efeitos fisiológicos nas lavouras ficam mais latentes na fase de produção, especialmente para o café arábica, que é mais sensível a este fenômeno se comparado ao café conilon.
A estimativa de colheita para o Espírito Santo deve ser de pouco mais de 14 milhões de sacas, 11 milhões para conilon e 3 milhões para arábica. Em seguida vem o estado de São Paulo, com a produção estimada em 4 milhões de sacas de café arábica. Isso representa uma redução de 35,1% em comparação à safra anterior, que chegou a pouco mais de 6 milhões de sacas.
A Bahia deverá produzir quase 3,5 milhões de sacas, 13% a mais que no ano de 2020, Rondônia vai colher quase 2,2 milhões de sacas, um decréscimo de 11,3% e no Paraná a produção está estimada em quase 873 mil sacas de café.
Finalmente, no Rio de Janeiro a produção esperada é de 236 mil sacas, redução de 36,4%, em Goiás, 212 mil sacas, 14,4% a menos do que em 2020 e no Mato Grosso, 194 mil sacas.
Diferentemente dos demais estados, o Mato Grosso representou um aumento de 22,6% em relação à safra anterior. Isso se deve a uma mudança no sistema de produção do estado, que passa por transformações, com o predomínio de novos materiais propagativos e maiores investimentos na cafeicultura estadual.
Mercado –  Após o recorde de 43,9 milhões de sacas de 60 kg na exportação brasileira de café em 2020, os volumes exportados no acumulado dos oito primeiros meses de 2021 atingiram um patamar ainda mais elevado do que o observado em igual período do ano passado. De janeiro a agosto de 2021, o Brasil já exportou cerca de 28,4 milhões de sacas de 60 kg em equivalente de café verde, um aumento de 8,7%. Essas exportações tendem a continuar aquecidas em razão da valorização do café no mercado internacional e da taxa de câmbio elevada no Brasil.
No entanto, há uma limitação na disponibilidade interna em razão da queda da produção de café em 2021. Somado a este fator, há uma grande preocupação com a produção a ser colhida em 2022, em razão da seca prolongada e da ocorrência de geadas neste inverno. O cenário de incerteza quanto à oferta futura deixa muitos produtores retraídos e afastados do mercado, dosando a oferta de seus estoques diante da expectativa de preços mais atrativos no futuro. Além dos problemas climáticos sobre a produção, o patamar elevado das exportações acentua ainda mais a restrição da oferta interna e o aumento dos preços no mercado doméstico.
Com relação ao aumento dos preços do café Arábica, este decorre principalmente da quebra da produção no Brasil em 2021 e da estimativa de crescimento da demanda global no ciclo 2021/22, em razão do avanço do controle da pandemia de covid-19 em importantes polos consumidores, como Europa e Estados Unidos. Nesse cenário de forte valorização do Arábica, a indústria tende a ampliar a demanda pelo café Robusta para reduzir o custo na produção dos blends.




Criador de Garça leva multas de R$ 10,5 mil por cativeiro de pássaros

Um criador de pássaros de Garça sofreu uma multa de R$ 10.500 por posse ilegal de aves nativas sem anilhas de identificação e autorização dos serviços de fiscalização.
Uma denúncia anônima levou a Polícia Ambiental até o local, uma residência no bairro Williams, e a fiscalização encontrou 18 aves silvestres nativas, das espécies canário-da-terra, tico-tico-rei, bigodinho e coleirinho-papa-capim.
“Constatou ainda uma gaiola contendo em seu interior uma ave da espécie tico-tico-rei, com um alçapão acoplado, o qual continha uma ave da espécie coleirinho-papa-capim, que acabara de ser apanhada”, diz o registro do caso.
Na varanda da residência os policiais encontraram gaiola com uma ave da espécie bigodinho, identificada como forma de atrair outras aves.
O criador levou multa de R$ 500 por cada pássaro – o que somou R$ 9.000 -, um auto de infração por apanhar espécime no valor de R$ 1.000 e outro por utilizar espécime no valor de R$ 500.
As aves passaram por análise de médico-veterinário, e todas os 21 espécimes foram reintroduzidos na natureza. As gaiolas e alçapões foram destruídos.

Fonte: Giro Marília



Pirajuí: jovem mata pai por suspeitar que ele abusava de sua filha

Uma estudante de 23 anos foi presa nesta terça-feira (21), em Pirajuí (58 quilômetros de Bauru), suspeita de matar com golpes de faca o próprio pai, um lavrador de 59 anos, no início da madrugada. Em depoimento à Polícia Civil, a jovem confessou o crime e disse que o pai estaria abusando sexualmente de sua filha, de 8 anos. Ela também alegou que o homem tentou lhe estuprar e que o atingiu com a faca para se defender. Os nomes dos envolvidos serão preservados em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
O crime ocorreu na Vila Araújo. Segundo o registro policial, o lavrador foi encontrado por familiares já sem vida, caído no quarto de sua residência, com perfurações causadas por faca pelo corpo. As Polícias Militar e Civil foram acionadas e as testemunhas apontaram como suspeita a filha dele, de 23 anos, alegando que ela havia descoberto recentemente que a filha de 8 anos poderia estar sendo abusada sexualmente pelo avô.
Após a perícia no local, o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Bauru para a realização de exame necroscópico, que irá determinar causa da morte e quantidade de golpes. A ocorrência foi registrada como homicídio qualificado no Plantão Polo Regional na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Bauru e, apesar das buscas, na hora, a suspeita não foi localizada para apresentar sua versão a respeito dos fatos.
Ontem à tarde, após diligências e trabalho de convencimento feito por policiais civis de Pirajuí, a estudante procurou a delegacia da cidade, acompanhada de advogado. De acordo com a Polícia Civil, ela contou que passou a suspeitar dos abusos sexuais em relação a sua filha há cerca de duas semanas, após encontrar vídeo no celular da criança onde ela aparece nua, fazendo gestos e usando palavras com conotação sexual.
A jovem afirma que questionou a filha sobre eventuais abusos praticados pelo avô na tarde de anteontem. Em um primeiro momento, a menina teria negado. Depois, segundo a versão da suspeita, ela disse que o avô teria exibido o órgão sexual a ela no quarto dele e proposto que os dois mantivessem relação sexual. A estudante alega que foi até a casa do pai no final da noite e o confrontou, dizendo que sabia dos abusos.
Em seu depoimento, a jovem sustentou que o lavrador foi até o quarto dele, voltou de cueca e passou a dizer que sempre quis manter relação sexual com ela. A suspeita fala que correu até a cozinha, foi seguida por ele e acabou pegando uma faca que estava em cima da mesa com a intenção de afastá-lo, mas, como ele não recuou, a segurou pelo braço e a puxou até o quarto, acabou desferindo um golpe nas costas dele.
A estudante declarou que, mesmo ferido, ele tentou segurá-la e ela acabou desferindo novo golpe, fugindo na sequência e levando a faca. Segundo ela, seu pai molestou uma prima quando ela tinha a mesma idade da sua filha - fato confirmado pela testemunha em depoimento na delegacia. A pedido da Polícia Civil, a jovem teve a prisão temporária decretada por trinta dias e foi conduzida à Cadeia de São Pedro do Turvo.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Decisão do MP poderá demitir cerca 500 aposentados em Tupã

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais esteve reunido com os aposentados da Prefeitura de Tupã, na Sasmt (Sociedade Amigos Servidores Municipais de Tupã), para tratar sobre as mudanças na Reforma da Previdência, que determina a exoneração dos servidores aposentados que permanecem na ativa.
O presidente do sindicato, Marcos Antônio Barbosa, o "Borracha", disse que o caso não está decidido porque o promotor ainda analisa uma denúncia anônima. "Estamos nos reunindo porque as pessoas ficam apavoradas, com medo de perder o emprego. Principalmente os que ganham menos. Eles têm toda uma estrutura familiar garantida com o trabalho, recebendo o salário da ativa e o da aposentadoria", afirmou.
"Borracha" disse que o trâmite jurídico em relação à denúncia ocorre normalmente, mas os servidores começam a se mobilizar para garantir os seus direitos. "O promotor está analisando a denúncia. Os servidores que estão aqui se aposentaram antes da criação da lei de 13 de novembro de 2019 e estavam garantidos. No ato da aposentadoria eles tinham ciência de que poderiam aposentar e continuar no serviço", afirmou.
"Depois da lei, não tem jeito. Só os que se aposentaram após a criação da lei, terão que deixar o cargo. Mas essas pessoas se aposentaram antes dessa lei e tinham todas as garantias de que poderiam continuar trabalhando. Vamos dar sequência às nossas reuniões para que esse direito seja garantido", completou.
Segundo dados do sindicato, a Prefeitura de Tupã possui cerca de 500 aposentados na ativa.
O vereador Antônio Alves de Sousa, o "Ribeirão" (Progressistas), destacou os efeitos da lei 103/2019 da Reforma da Previdência e disse que, antes de sua vigência, os servidores aposentados tinham o direito de permanecer na ativa garantido. "Essas pessoas depois de 20, 30, 40 anos trabalhando na prefeitura fizeram uma vida em cima disso. Eles aposentaram, recebem o salário de aposentado e o salário da prefeitura e assumiram compromissos com tudo isso. Eles pagam escola para as crianças, para os netos, pagam empréstimo no banco, pagam a prestação do carro que compraram, reformaram a casa e estão com diversos compromissos. Seria uma injustiça cortar o salário, e isso ia mudar completamente a vida desses servidores", afirmou. "Os servidores nesse quesito têm que ser protegidos", destacou.
Para o vereador, a situação pode ser revertida com a mudança no estatuto dos servidores municipais. "A lei pode ser alterada. Onde se diz que a vacância do cargo está na aposentadoria, pode se embutir a partir de 2019, que nesse caso, obedece a lei federal", observou.
No início das discussões sobre a exoneração dos servidores municipais aposentados, o vereador disse que pediu ao prefeito Caio Aoqui (PSD) para que não tomasse essa decisão de próprio punho. "Ele me prometeu naquela época que não faria isso. E que só faria, se houvesse uma decisão judicial. Ele cumpriu a parte dele. Ele foi coerente e o compromisso feito comigo foi cumprido", disse. "Não houve demissão, ele não fez TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com a promotoria e os servidores continuam trabalhando. A luta deles agora é permanecer no trabalho. E para que isso aconteça precisa alterar essa lei", salientou.
"Ribeirão" explicou que, segundo a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), é o estatuto que define as novas regras. "E se no estatuto está dizendo que ao aposentar tem que sair, então tem que sair. Como não tem nenhuma ação transitada em julgado é possível alterar a lei. Se fizeram uma lei para mandar embora, podemos fazer uma lei que será mandado embora, a partir de 2019. Nesse caso, é justo para todo mundo", afirmou.
O advogado do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Sidinei Mendonça de Brito, explicou que a lei do estatuto do servidor público é que irá reger todos os trâmites e decidir a vida do servidor aposentado. "O estatuto informa que a vacância do cargo ocorre com a aposentadoria. Podemos através de uma lei de iniciativa do Poder Executivo, mudar o estatuto, acrescentando algumas palavras, dizendo que a aposentadoria gera vacância a partir de novembro de 2019. Nesse caso, o estatuto estará adequado à lei federal, referente à Reforma da Previdência", esclareceu.
Dessa forma, os servidores que se aposentaram antes da vigência da lei, permanecerão com seu emprego na prefeitura até o momento da aposentadoria compulsória aos 75 anos. "Em nosso entender, a solução está em alterar o estatuto. Havendo alteração no estatuto, não teremos problemas de exoneração no caso desses aposentados", afirmou o advogado.
Para o estatuto ser alterado, o prefeito Caio Aoqui deverá encaminhar um projeto de lei para aprovação dos vereadores na Câmara Municipal.
O advogado do sindicato explicou ainda que parte da jurisprudência entende que a aposentadoria compulsória acontece aos 75 anos apenas para servidores federais. "Outros juízes entendem que a aposentadoria compulsória aos 75 anos é para todos os servidores públicos. Já ganhamos muitos processos no caso dos servidores de Tupã que foram exonerados compulsoriamente aos 70 anos e a Justiça determinou o retorno dizendo que é para acompanhar a lei federal que determina a aposentadoria compulsória aos 75 anos", destacou.

Fonte: Diário Tupã



Polícia Militar mata homem em abordagem na cidade de Ourinhos

Um rapaz identificado como Murilo Henrique Junqueira, de 26 anos, foi morto após trocar tiros com a Polícia Militar, na Vila Operária, em Ourinhos (distante 95 quilômetros de Marília).
O caso ocorreu na rua Elvira Ribeiro de Moraes. A Polícia Civil foi acionada com a informação de troca de tiros entre a equipe da Força Tática com um foragido da Justiça.
Segundo os policiais envolvidos na ocorrência, contra Murilo havia um mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Jacarezinho.
A PM recebeu informação de que o foragido estaria escondido na rua Moacir Cassiolato, no Parque Minas Gerais, e se deslocou até o endereço na tentativa de efetivar a captura.
Os militares relataram que estacionaram a viatura nas proximidades, desembarcaram, se aproximaram do imóvel, e se depararam com o jovem no portão.
Ao perceber a presença dos PMs, o rapaz fugiu no sentido da NEI Benedita Fernandes Cury, desceu por um terreno baldio, ao lado da escola, sentido a rua Mario Antônio Bacili.
Três policiais o perseguiram, a pé, enquanto dois retornaram para a viatura para tentar cercar o homem.
Murilo alcançou uma viela que liga rua Mário Antônio Bacili com a rua Elvira Ribeiro de Moraes e, no final dela, se deparou com a viatura. O militares desembarcaram e deram a ordem de parada.
O foragido teria virado o corpo, na intenção de recuar, e durante o movimento, sacou uma arma calibre 380.
Imediatamente, na intenção de repelir a agressão, um dos militares afirma ter efetuado três disparos e o outro mais um. Cessados os tiros, a equipe policial percebeu que Murilo estava neutralizado e a arma caída próxima dele.
De acordo com os policiais, o rapaz aparentemente possuía sinais vitais, porém não esboçava reação. O Samu foi acionado, conduziu o homem até a Santa Casa, onde não resistiu e morreu. Ele levou cinco tiros.
A perícia recolheu quatro cápsulas, sendo uma calibre 380 e as outras .40. A arma usada por Murilo foi apreendida e tinha numeração raspada. As pistolas dos policiais também foram apreendidas.
A ocorrência foi registrada como homicídio simples e morte decorrente de intervenção policial.

Fonte: Marília Notícia



sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Mudança no Imposto de Renda: Garça pode ter perdas anuais de R$ 2,5 milhões

A CNM (Confederação Nacional de Municípios) publicou nota sobre a reforma do Imposto de Renda recentemente aprovada pela Câmara dos Deputados. Trata-se do projeto de Lei 2337/2021, que altera a legislação do imposto de renda das pessoas físicas e jurídicas. Segundo a entidade, o texto aprovado vai fazer com que os municípios enfrentem novas perdas de receita.
Conforme alertado pelo presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, os entes locais devem perder receitas na ordem de R$ 9,3 bilhões anuais, sendo R$ 5,6 bilhões no FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e R$ 3,7 bilhões no imposto próprio dos municípios. Os recursos, alertou o líder municipalista, "serão subtraídos das ações em saúde e educação pública sustentadas pelas prefeituras." 
Segundo o estudo da Confederação, com a mudança, a estimativa de perdas para Garça, com as novas regras do Imposto de Renda, deverão atingir R$ 1.020.672 ao ano. Com o projeto de Lei original, as perdas seriam menos incisivas, na casa dos R$ 297.903. As perdas adicionais, com o destaque apresentado na tramitação da matéria na Câmara, faz o montante saltar para R$ 1.232.159, ao passo que as perdas com o projeto mais o destaque ficam em 1.530.063 e as perdas somando o Imposto, mais o projeto e emenda chegarão a R$ 2.550.734 ao ano. 
As perdas totais de receita para Gália deverão chegar a R$ 505.469 e para Fernão a R$ 526.370.
Segundo a Confederação, duas alterações, que não estavam no acordo previamente firmado com o movimento municipalista, ampliaram significativamente a perda dos municípios: a manutenção do desconto simplificado do IRPF para contribuintes que ganham mais de R$ 40 mil anuais e a redução da alíquota sobre lucros e dividendos de 20% para 15%. 
Com essas e outras concessões anteriormente feitas pelo relator para atender a grupos de interesse, a perda do Fundo de Participação dos Municípios, inicialmente projetada para não ultrapassar R$ 1 bilhão, cresceu para R$ 5,6 bilhões.
"Embora o objetivo principal do projeto de Lei fosse retomar a tributação de lucros e dividendos no país, interrompida em 1996, na prática o texto aprovado pelos deputados contém tantas isenções e brechas que, de acordo com estimativas da própria Receita Federal, a arrecadação não deverá ultrapassar R$ 32 bilhões anuais para um volume de lucros que anualmente supera R$ 800 bilhões. Ou seja, a arrecadação efetiva do novo imposto sobre dividendos deve ficar em torno de 4% dos lucros líquidos auferidos pelas empresas. De outro lado, o IRPJ teve sua alíquota reduzida de 25% para 18%, com impacto negativo de R$ 55 bilhões para os cofres públicos", indicou a CNM em nota.
Para a entidade, o texto aprovado não cumpre com a promessa de tornar o sistema tributário mais justo e adicionalmente penaliza os municípios e os serviços públicos prestados à população de mais baixa renda do país, que depende da saúde e da educação pública. Em dez anos, estima-se uma perda de pelo menos R$ 50 bilhões para essas duas áreas em virtude das mudanças aprovadas pela Câmara.
Ainda há alguma esperança para os municípios. Afinal, o projeto aprovado pela Câmara agora será discutido no âmbito do Senado Federal, sendo que pode passar por algumas mudanças até a sanção do Executivo.

Fonte: Jornal Debate



Mulher denuncia ex-marido por estupro no Monte Verde

A Polícia Civil investiga a denúncia de um estupro que teria ocorrido na tarde desta quinta-feira, 16, no Jardim Monte Verde, em Garça.
De acordo com os policiais, a vítima alegou que o seu ex-marido invadiu a casa dela, pulando a janela, e a ameaçou com uma faca. Ela disse à polícia que o homem a estuprou e fugiu.
A Polícia Militar fez buscas, mas não encontrou o homem. O caso foi registrado na delegacia e é investigado pela Polícia Civil de Garça.

Fonte: G1



Prefeitura de Assis convoca inscritos em processo seletivo para a prova objetiva

A Prefeitura de Assis por meio da Secretaria Municipal da Saúde convoca os inscritos do processo seletivo do edital nº 08/2021 da contratação de estagiários bolsistas para atuar no setor administrativo e de Tecnologia da Informação. As provas serão realizadas nesta sexta-feira, 17, às 14 horas.
O local da prova será a FEMA (Fundação Educacional do Município de Assis), bloco 4, salas 41 a 46. A FEMA fica localizada na Avenida Getúlio Vargas, 1200, Vila Nova Santana.
Os candidatos deverão comparecer ao local da prova 30 minutos antes do seu início, munidos de caneta esferográfica azul ou preta, protocolo de inscrição, original da cédula de identidade ou CNH, apresentando condição de leitura com clareza e foto.
A prefeitura ainda comunica que não será permitida a entrada de nenhum candidato nas salas após às 14 horas.

Redação do Garca.Jor



Procedimento permite recuperação de gado roubado em leilão na região

Policiais de Bauru recuperaram de leilão, em Avaí, mais de 300 cabeças de gado, que estavam sendo comercializadas de forma ilegal. O gado – avaliado em mais de R$ 1 milhão – era roubado.
Foi apurado que parte dos animais já havia sido negociada no leilão, mas estaria sendo devolvida pelos compradores.
No local foi verificado que o leilão forneceu apenas as Guias de Transporte Animal, sem as notas fiscais, e que os lotes que não tinham sido transportados foram reconhecidos pelas vítimas.
O responsável pelo leilão alegou que a negociação teria sido intermediada por um corretor e deu detalhes da forma de pagamento, com a apresentação de documentos.
Investigações apontaram que o gado teria sido roubado de uma fazenda em Itatinga (distante 230 quilômetros) entre segunda-feira, 13, e terça-feira, 14.
Durante o assalto, os criminosos renderam quatro pessoas. O caseiro da fazenda foi o primeiro a ser abordado e ficou refém dos assaltantes por quase 24 horas, segundo os policiais.
Foram recuperadas e restituídas às vítimas 336 cabeças, outras 19 cabeças não chegaram ao leilão.

Fonte: Marília Notícia



quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Paschoalotto está com 350 vagas abertas para operação de telesserviços em Marília e Garça

A Paschoalotto, empresa líder nacional em recuperação de crédito, atendimento ao cliente, relacionamento, tecnologia, dados e inovação está com vagas abertas para as cidades de Marília e Garça.
As vagas são destinadas para interessados em operação de telesserviços e somam 350 oportunidades para quem deseja uma recolocação profissional ou para quem busca o primeiro emprego. Vagas também são disponíveis para pessoas com deficiência e/ou aposentados.
Os operadores são responsáveis pelo atendimento direto ao cliente para esclarecimento de dúvidas, negociações e atualização de cadastro. Para essas vagas, é necessário ter no mínimo 18 anos, ter concluído o ensino médio e residir em Marilia e distritos (Amadeu Amaral, Avencas, Dirceu, Lácio e Padre Nóbrega) e na cidade de Garça.
Os candidatos não precisam ter experiência, só a vontade de aprender e crescer junto com a Paschoalotto para isso, a empresa busca pessoas interessadas em entregar a melhor experiência para os clientes com ética e transparência, buscando fazer diferente e com excelência às suas atividades.
Entre os benefícios oferecidos, os colaboradores contam com um ambiente descontraído e diverso para a realização de suas atividades, flexibilidade de horário, Clube de vantagens com descontos exclusivos em empresas parceiras, day off no dia do seu aniversário e a oportunidade para o desenvolvimento da sua carreira.
“Estamos muito felizes em poder oferecer mais essa oportunidade para quem está em busca de uma recolocação profissional ou o primeiro emprego. Para essas vagas, procuramos como principal diferencial, pessoas comprometidas e que queiram oferecer a melhor experiência em atendimento para nossos clientes”, ressalta Juliana Dorigo, responsável pelo RH da Paschoalotto.
Interessados em participar do processo seletivo devem acessar o link  https://jobs.kenoby.com/paschoalotto e se inscrever.

Redação do Garca.Jor



Oficina sobre formação de público de dança e música ocorre na sexta-feira

Os garcenses apaixonados pelas expressões culturais têm mais uma ação para participar nesta semana. Com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura de Garça, as oficinas culturais “Formação para o Interior” são uma iniciativa do governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e Poiesis Gestão Cultural.
As oficinas são inteiramente online e de graça, e transmitidas ao vivo pela plataforma Zoom.
Sob a coordenação de Isaíra Oliveira, na sexta-feira, dia 17 de setembro, ocorre a palestra “Formação de Público de Dança e Música”, das 14 às 17 horas.
A palestra apresenta pesquisas em shows de música e espetáculos de dança, bem como quem são os profissionais de bastidores de shows e programadores de dança e suas influências na formação do espectador. Além disso, elenca características do ambiente e seus serviços, diferenças e similaridades do público de música e de dança.
Palestra “Formação De Público De Dança e Música”.
Coordenação: Isaíra Oliveira
Data e horário: 17 de setembro, das 14h às 17h



Mega-Sena acumula e vai a R$ 23,5 milhões no próximo sorteio; veja números

Nenhuma aposta levou o prêmio máximo do concurso 2409 da Mega-Sena. Os seis números sorteados nesta quarta-feira, 15, em São Paulo, foram 02-29-39-49-52-58. Como a Caixa informou que não houve bilhetes vencedores, o prêmio, que estava em R$ 2.878.970,63, acumulou e ficou estimado em R$ 23,5 milhões para o próximo sorteio.
A quina teve 23 apostas contempladas, sendo que cada um dos sortudos vai levar R$ 67.950,86.
Outras 1.364 apostas foram contempladas com R$ 1.636,85, valor para quem acertou a quadra.
O próximo concurso, de número 2410, será realizado o próximo sábado, 18, em São Paulo. O evento começará a partir das 20h (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo pela internet, no canal oficial da Caixa no YouTube.
Os apostadores podem fazer uma jogo de seis a 15 números nas lotéricas credenciais pela Caixa, ou usando o site especial de loterias do banco. Todas as apostas registradas até uma hora antes do sorteio estão aptas a ganhar os prêmios em jogo.
O valor da aposta varia de acordo com a quantidade de números apostados. O jogo mínimo sai pelo valor de R$ 4,50, dando direito à escolha de seis dezenas entre 1 e 60. Caso queira apostar em mais um número, o valor sobe e vai parar R$ 31,50. No cenário mais alto, no limite de 15 números no volante, a aposta sai por R$ 22.522,50.

Fonte: Mariana News



quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Lins: criança fica gravemente ferida após disparo de arma de fogo

Um menino, de oito anos, ficou gravemente ferido após ser baleado na tarde da última segunda-feira, 13, no bairro Bom Viver, em Lins. O disparo atingiu a parte do queixo da vítima.
A mãe do garoto informou à polícia que tinha deixado o menino na casa de uma sobrinha dela. Na residência, o menino estava acompanhado de outra criança, de 11 anos.
A mulher contou ainda que chegou ao local e viu o filho caído. A mulher conseguiu levar a criança até a Santa Casa com a ajuda de moradores do bairro.
Segundo a polícia, o menino está em estado grave. A perícia esteve na casa onde o fato aconteceu e o caso será investigado. Existe a suspeita de que o tiro tenha sido acidental.
Segundo a polícia, a prima da criança que também estava na casa se apresentou na delegacia nesta terça-feira, 14, juntamente com o namorado, que confessou que a arma era dele e estava guardada em um guarda-roupa.
Com o disparo, os dois se assustaram e saíram da cidade. Porém, resolveram se apresentar na Central de Polícia Judiciária.
A arma foi apreendida e o casal foi indiciado pelos crimes de posse irregular de arma de fogo, omissão de cautela na guarda de arma de fogo e lesão corporal culposa. As investigações do caso continuam sendo feitas.

Fonte: Marília Notícia e G1



Tremor de terra é registrado em cidades da região

Um tremor de terra registrado na região de Marília assustou moradores em áreas urbanas e rurais de cidades como Guaimbê e Lins. O caso foi registrado no início da manhã e identificado pelo Centro de Sismologia da USP (Universidade de São Paulo) que apontou centro em Dracena, a 250km.
O registro do caso indica que o tremor atingiu nível 3,6 na Escala Richter, considerado fraco e equivalente à passagem de um veículo muito grande e pesado. Os moradores dizem que foi rápido mas assustador.
“Hoje por volta das 6:10 da manhã aconteceu mais um terremoto em nossa cidade, o abalo pode ser sentido em todas as partes da cidade. A terra tremeu com mais intensidade do que da última vez”, diz uma publicação da página Tudo Guaimbê no Facebook.
A cidade havia sentido um tremor semelhante no dia 17 de março deste ano. O caso foi identificado com centro em Júlio Mesquita e atingiu nível 3na escala Richter, mais fraco que o desta quarta-feira.
“Eu estava assistido o jornal da manhã e senti chão, cama, quarta roupa tremer. Na hora eu lembrei deve ter sido outro tremor”, disse a moradora Aparecida Silva
Laodicea da Lima Cordeiro, que disse estar na rodoviária na hora do tremor, viu os vidros tremerem. “Foi rápido, mas foi assustador.”
Umm vídeo de segurança em Guaimbê mostrou o momento do tremor (veja abaixo).

Fonte: Giro Marília




Garcenses trentam fazer joalheira em Marília e acabam em cana

Uma dupla de garcenses foi presa suspeita de levar joias de uma joalheira na rua Paes Leme, no Centro, em Marília, na terça-feira, 14 de setembro. Os presos foram identificados como Bruno Jacob Pires de Carvalho, de 31 anos, e Luís Gustavo Santos, de 33.
Segundo a polícia, os criminosos chegaram em uma moto vermelha, com placa de Garça. Um deles entrou na loja e o outro permaneceu do lado de fora aguardando para a fuga.
Os policiais informaram que o criminoso fez menção de estar armado e agiu com violência e grave ameaça enquanto pegava um mostruário de joias com cerca de 30 peças de ouro.
Moradores que passavam na rua perceberam a movimentação estranha e acionaram a PM, informando as características da dupla. Algumas pessoas conseguiram deter um dos criminosos e tentaram imobilizá-lo até a chegada da polícia. Enquanto isso, o comparsa que estava na moto fugiu.
Ainda de acordo com a PM, o homem que anunciou o assalto foi preso logo após a ação no cruzamento da Rua Paes Leme com a Rua Quatro de Abril. Ele estava com o mostruário roubado e confessou o crime.
As equipes policiais de Garça, que também acompanhavam a rede de rádio, fizeram o cerco na entrada da cidade e conseguiram abordar o motociclista, que também foi preso. A ocorrência foi apresentada na Central de Polícia Judiciária e os dois permanecem à disposição da Justiça.

Fonte: G1



terça-feira, 14 de setembro de 2021

Homem usa fogo para limpar área em Garça e leva multa de R$ 591 mil

A Polícia Militar Ambiental autuou na segunda-feira, 13, um morador de Garça em R$ 591 mil por causar incêndio em grande área de vegetação após usar fogo para limpar um terreno e cortar árvores sem autorização. No total, foram elaborados 24 autos de infração ambiental. De acordo com a polícia, as equipes foram até o bairro Água da Prata depois que satélite do INPE detectou incêndio de grandes proporções e constataram que seis propriedades haviam sido atingidas.
Ainda segundo a polícia, o fogo teria começado depois que um homem ateou fogo sem autorização em sua propriedade para limpar uma área para cultivo e as chamas se espalharam.
No total, foram queimados cerca de 140 hectares de área agropastoril (pastagem, eucalipto e mandioca) e 37 hectares de vegetação nativa, inclusive em APP de nascentes e cursos d'água. No valor da autuação, está incluído dano pelo fogo de 50 árvores nativas e corte de 19 árvores nativas em nascente e 15 árvores nativas em área comum.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Mega-Sena: aposta do Rio de Janeiro leva prêmio de R$ 46,3 milhões

O concurso 2.408 da Mega-Sena foi realizado no último sábado, 11, no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. Uma aposta de Araruama, no Rio de Janeiro, levou o prêmio de R$ 46.317.095,04.
Veja as dezenas sorteadas: 04 - 29 - 30 - 38 - 43 - 57
A quina teve 65 ganhadores, com prêmio individual de R$ 59.322,24. Acertaram quatro números 4.828 apostadores, que receberão cada um, R$ 1.140,94.
As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. Um jogo simples, de seis números, custa R$ 4,50.
O prêmio estimado para o próximo sorteio (concurso 2.409), que ocorrerá na quarta-feira (15), é de R$ 3 milhões.

Fonte: Rádio Central FM




Prefeitura de Ourinhos abre inscrições para aulas de natação e hidroginástica

A prefeitura de Ourinhos está com inscrições para aulas de natação e hidroginástica gratuitas. Os interessados devem se inscrever na Secretaria Municipal de Esportes. Ao todo, são oferecidas 134 vagas divididas em faixas etárias e períodos.
Para se inscrever, é preciso apresentar cópia de um documento pessoal (RG, CPF, CNH ou Certidão de Nascimento), atestado médico, comprovante de residência e uma foto 3x4.
Nas aulas de natação, serão disponibilizadas 38 vagas para adultos, 12 vagas para o grupo de 11 a 15 anos, 22 vagas para crianças de 8 a 10 anos e 34 vagas para o público de 6 a 7 anos.
Já para aqueles que desejam fazer hidroginástica, há 28 vagas disponíveis para os períodos da manhã e da tarde.
As aulas serão realizadas no Ginásio Monstrinho, que fica na Rua do Expedicionário, 1549, no bairro Jardim Matilde. Para mais informações, os moradores podem ligar no telefone (14) 3322-5776 das 8h30 às 17h.

Fonte: TV Tem



sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Comércio garcense fica aberto até às 16 horas neste sábado

Mais uma vez, amanhã, dia 11 de setembro, segundo sábado do mês, o comércio de Garça funcionará em horário especial, com o objetivo de atender a demanda dos consumidores. O comércio garcense ficará de portas abertas das 9 às 16 horas, assim o consumidor de Garça e região terá mais tempo para fazer suas compras, pagar seus boletos e passear pelo centro comercial.
Seguindo um cronograma pré-estabelecido, os primeiros e segundos sábados do mês, o comércio da cidade fica com as portas abertas até mais tarde com o objetivo de oferecer mais comodidade e flexibilidade de horários para quem irá às compras. É o momento em que várias categorias trabalhistas recebem os salários e também o período em que vence a maioria dos boletos. Pensando nesse aumento natural do fluxo de pessoas, a Associação Comercial e Industrial de Garça (Acig) tem o acordo com o Sindicato dos Empregados no Comércio, para que os lojistas abram num período maior.
Conforme colocou o gerente da Acig, Fábio Dias, a expectativa neste sábado é de grande movimento e, como rotineiramente acontece, muitos motoristas hão de se queixar de falta de vagas para estacionar.
“Nos dois primeiros sábados do mês, já é uma rotina o comércio ficar aberto até às 16 horas. Garça é uma referência para vários municípios da região, como também para moradores da zona rural. Específico nessas datas muitos trabalhadores recebem seus provimentos e vêm para a cidade fazer suas compras, quitar seus débitos. Por isso o horário estendido. Muitos reclamam que não conseguem lugar para estacionar e isso para nós é traduzido por movimento, por fluxo de pessoas no Centro comercial, por expectativa de movimentação financeira”, disse Dias.
O gerente coloca que é o momento em que os lojistas investem em ações que conquistam os consumidores. É o momento em que fazem promoções e buscam a diversidade com produtos dos mais diferentes preços. Tudo para conquistar o consumidor. O setor de supermercados não se enquadra nesse cronograma.

Redação do Garca.Jor



Motorista é preso com tabletes de crack em Itatinga

Um motorista de caminhão foi preso com 220 tabletes de crack em pasta na Rodovia Castelo Branco, em Itatinga, na manhã desta sexta-feira, 10.
Inicialmente a Polícia Rodoviária informou que a droga se tratava de cocaína, mas após análise foi constatado que eram tabletes de crack.
De acordo com a polícia, o caminhão transportava milho a granel e foi abordado no km 208. A droga estava escondida em um tanque suplementar do veículo. Ao todo haviam 235,60 kg de crack no local.
Ainda segundo os policiais, o motorista disse que ganharia R$ 10 mil para transportar os entorpecentes de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, para São Paulo.

Fonte: G1



Três chapas disputarão nova eleição em Mineiros

Três chapas irão disputar a eleição suplementar para prefeito e vice-prefeito de Mineiros do Tietê, agendada para o dia 03 de outubro. O prazo para pedido de registro das candidaturas terminou na última sexta-feira, 03, e, segundo dados do site de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a participação das três chapas inscritas já foi deferida.
Os candidatos a prefeito e vice são, respectivamente, Beto Cippola e Juliana Cruz (MDB), da coligação "Um novo rumo para Mineiros do Tietê"; Geziel Pereira Lima e Bete da Farmácia (PSL), da coligação "O povo já escolheu e quer Mineiros no caminho certo"; e Junior Poliani e David Poliani, ambos do Republicanos (não consta no site nome da coligação).
Lima é vereador e passou a comandar interinamente o Executivo em janeiro deste ano. Desde sábado, 04, a propaganda eleitoral está permitida na cidade. A propaganda na Internet também está autorizada, vedada qualquer tipo de propaganda paga, exceto o impulsionamento de conteúdos por partidos, coligações e candidatos e seus representantes.
Conforme divulgado pelo JC, candidato mais votado nas eleições municipais de 2020, Luiz Gustavo Ferrarez, o Gustavo Chitinha (PSL), teve o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Em julho, o TSE negou provimento a agravo interno interposto por ele para tentar reverter a decisão que negou a admissão de um recurso especial ao órgão.
O indeferimento do registro foi pedido pelo Ministério Público (MP) nos autos de Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, em razão de condenação de Chitinha por acidente de trânsito culposo. Ele recorreu até terceira instância, mas a decisão do caso transitou em julgado no período em que tramitava processo de registro de sua candidatura. O candidato tem recurso em tramitação no TSE para tentar validar sua eleição.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Galpão Cultural retoma aulas de ioga presencial em Assis

Com o avanço da vacinação em Assis e região, algumas atividades que estavam sendo feitas de forma 100% online ou estavam suspensas, começam a retomar de forma presencial, seguindo todos os protocolos sanitários.
Desta forma, o galpão Cultural de Assis retorna com algumas atividades, iniciando com as aulas de Ioga, com divulgação para o público.
"É importante ressaltar que nas aulas de Ioga apenas pessoas que foram vacinadas podem participar, o uso de máscara é obrigatório, com distanciamento social. Além disso, não será possível ir em qualquer horário, a pessoa precisará definir dias para comparecer, para que o controle de espaço seja feito de forma segura", explicou Marcio Blanca, educador do Galpão Cultural.
Marcio ressaltou ainda que outras atividades que vinham sendo feitas de forma online também tendem a voltar de forma presencial híbrida, e que as divulgações em breve começarão a ser feitas.

Fonte: Assiscity



Associação Comercial de Marília defende código de posturas moderno

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Marília, Adriano Luiz Martins, vem conversando com vereadores marilienses, no sentido de mostrar a necessidade de uma modernização no Código de Posturas do Município de Marília, pivô de um entreve entre o desejo dos comerciantes e o conflito entre a Lei Municipal com a Lei Federal. 
“Para evitar desgaste futuro, acredito que o ideal seria o enquadramento da Lei Municipal com a Lei Federal, para que todos possam sobreviver”, disse o dirigente mariliense, que aguarda a notificação da Justiça do Trabalho para o prosseguimento judicial, quanto ao horário de funcionamento das lojas de Marília aos sábados. “Nada é imposto e sim disponibilizado a possibilidade de trabalhar ou não”, falou ao comentar a polêmica sobre o funcionamento das lojas aos sábados.
Segundo Adriano Luiz Martins o lojista uma vez cumprindo com o que determina a Lei Federal quanto ao funcionamento das lojas, acordado com os funcionários e o pagamento das indenizações combinadas, não há problema algum, no entendimento da classe empregadora. “Nosso código é de Janeiro de 1992 com atualização em 2012, ou seja, é preciso de uma revisão nove anos depois”, lembrou o presidente da associação comercial que vem conversando frequentemente com o presidente da Câmara Municipal de Marília, Marcos Santana Rezende, e outros vereadores, neste sentido de adequar o código com a realidade do varejo em geral. 
“O código precisa incluir alguns detalhes que não existiam naquela época, e excluir outros que não se usam mais”, generalizou o dirigente ao lembrar que o documento envolve o Poder Público Municipal, quanto a limpeza e manutenção, sanções, fiscalização, licenciamentos, diversões públicas, funcionamento, interdições, informalidade, higiene pública e de alimentos, meio ambiente, presença de animais, produtos tóxicos, publicidade e propaganda, dentre outros detalhes.
Quanto ao comércio especificamente, Adriano Luiz Martins sugere um amplo debate sobre esta questão, afinal, o varejo caminha em direção de uma ampla flexibilidade, apressado com a recente pandemia, com a criação de mais centros comerciais, fortalecimento das lojas de bairros e estabelecimentos familiares mais intensos. 
“Não é possível ver mais o comércio como um todo”, falou. “É preciso especificar em razão dos diversos tipos de empresas, modelos de gestão e hábitos sociais”, argumentou ao apontar, por exemplo, a necessidade de averiguar o Acordo Coletivo de Trabalho, ou Convenção Coletiva de Trabalho, que estão cada vez mais específicos, enquanto que as atividades profissionais mais diversificadas. 
“Supermercados, farmácias, laticínios, distribuição de gás, Postos de Gasolina, lojas em shoppings, galerias e condomínios, já contam com legislação própria”, exemplificou o dirigente que admite ser natural o proprietário da loja ser cada vez mais independente na escolha do dia e a hora de trabalhar, de acordo com as possibilidades e necessidades. “Tudo é facultativo, ou seja, abre quem quiser e quem pode”, falou ao sentir o mesmo pensamento por parte dos vereadores com quem conversou.
No entendimento do presidente da Associação Comercial e Industrial de Marília o momento é de diálogo, de reflexão e de composição para o bem do varejo. “O Mundo está caminhando para as vendas livres, que cedo ou tarde acontecerão, e nada mais coerente do que nos prepararmos para uma Marília no futuro”, falou ao compreender a importância da regulamentação das atividades de forma única, e não conflitante como acontece atualmente. “O comércio precisa de tranquilidade para produzir, e cada um assumindo a própria responsabilidade de como se sustentar”, opinou ao colocar-se a disposição para conversar mais, e melhor, sobre o assunto. “Vamos buscar o que é possível ser feito para todos, modernizando as regras e renovando nossas atitudes”, disse.

Redação do Barca.Jor



quarta-feira, 8 de setembro de 2021

São Paulo Companhia de Dança se apresenta em Marília

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, se apresenta pela primeira vez na cidade de Marília com dois espetáculos gratuitos no palco do Teatro Municipal Waldir Silveira de Mello.
As sessões ocorrem na sexta, 10, e sábado, 11, às 20 horas, com entrada gratuita mediante doação de 1 quilo de alimento não perecível para o Fundo Social de Solidariedade de Marília. Os ingressos poderão ser retirados uma hora antes dos espetáculos na bilheteria no Teatro Municipal.
Seguindo os protocolos governamentais estabelecidos de enfrentamento à covid-19, será obrigatório o uso de máscaras pelo público e a ocupação da plateia estará limitada a 51% da capacidade total da casa de forma a garantir o distanciamento entre os espectadores.
As apresentações abrem com Pivô, obra de Fabiano Lima eleita o terceiro melhor espetáculo de dança pelo júri do Guia da Folha de S.Paulo em 2016, ano de estreia da coreografia. A criação trabalha movimentos do basquete, do hip-hop e da dança contemporânea ao som de composições brasileiras como a ópera O Guarani (1870), de Carlos Gomes (1836-1896).
Na sequência, os bailarinos apresentam o Grand Pas de Deux de Carnaval em Veneza, em versão de Duda Braz a partir da obra de Marius Petipa (1818-1910). Vibrante e virtuoso, esse duo clássico toma como inspiração os bailes de máscaras da Europa do século XVII.
O encerramento fica por conta de Umbó, primeiro trabalho original da coreógrafa baiana Leilane Teles para São Paulo Companhia de Dança. A obra, que tem figurino de Teresa Abreu e iluminação de Gabriele Souza, busca refletir sobre como a arte do outro reverbera em cada um, evidenciando o papel da inspiração no processo de criação.
O cantor e compositor Tiganá Santana, a cantora Virginia Rodrigues e o coreógrafo Matias Santiago são o ponto de partida de Umbó, que convida o público a apreciar e reverenciar as artes e trajetórias dessas personalidades, bem como os bailarinos em cena e todos artistas envolvidos nesta concepção.
“A São Paulo Companhia de Dança tem como missão levar a arte da dança a todos os seus públicos por meio de várias ações, como a realização de espetáculos nas mais diversas cidades do nosso Estado. É com grande entusiasmo, portanto, que visitamos Marília pela primeira vez. Para esta ocasião, trazemos um repertório assinado por artistas brasileiros que demonstra a criatividade e a força da dança feita em São Paulo”, afirma a diretora artística e executiva da São Paulo Companhia de Dança, Inês Bogéa.
As apresentações em Marília são viabilizadas pela Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio de Itaú, apoio de CDF, parceria Estoril Hotel, parceria institucional da Secretaria Municipal de Cultura/Prefeitura de Marília e realização da Associação Pró-Dança/São Paulo Companhia de Dança, Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Secretaria Especial da Cultura (Ministério do Turismo, Governo Federal).

Redação do Garca.Jor



Agro paulista cresce 11,9% nos sete primeiros meses de 2021

O agronegócio paulista aumentou em 10,3% (US$ 10,77 bilhões) suas exportações de janeiro a julho de 2021, em comparação ao mesmo período do ano passado, e em 5,7% (US$ 2,6 bilhões) suas importações, registrando saldo positivo de US$ 8,17 bilhões, índice 11,9% superior ao mesmo período de 2020.
Os dados da balança comercial são do Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.
Segundo os pesquisadores do IEA, analisando o comportamento de julho de 2021, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$ 1,47 bilhão, e as importações, US$ 0,36 bilhão, registrando nesse mês superavit de US$ 1,11 bilhão. Na comparação com julho de 2020, o valor da balança comercial apresentou estabilidade nas exportações e aumento de 20,0% nas importações
A participação das exportações do agronegócio paulista no total do Estado é de 36,6%, enquanto a participação das importações setoriais é de 6,8%. Os pesquisadores do IEA, Carlos Nabil Ghobril, José Alberto Angelo e Marli Dias Mascarenhas Oliveira, explicam que no período analisado, as exportações paulistas nos demais setores da economia – exclusive o agronegócio – somaram US$ 18,63 bilhões, e as importações, US$ 35,66 bilhões, gerando um deficit externo desse agregado de US$ 17,03 bilhões.
Desta forma, o saldo negativo do comércio exterior do estado só não foi maior devido ao desempenho do agro estadual.
Os cinco principais grupos nas exportações do agronegócio paulista nos sete primeiros meses de 2021 foram: complexo sucroalcooleiro (US$ 3,59 bilhões sendo que, desse total, o açúcar representou 87,3% e o álcool 12,7%), complexo soja (US$ 1,79 bilhão), carnes (US$1,40 bilhão, dos quais a carne bovina respondeu por 86,5%), produtos florestais (US$895,46 milhões, com participações de 50,7% de papel e 34,4% de celulose) e sucos (US$892,96 milhões, dos quais 96,4% referentes a sucos de laranja).
O grupo de café, tradicional nas exportações paulistas, aparece na sexta colocação (US$ 396,43 milhões, dos quais 75,1% referentes ao café verde). O agregado dos cinco principais grupos representou 79,6% das vendas externas setoriais paulistas
Durante o período analisado houve importantes variações nos valores exportados dos cinco principais grupos de produtos da pauta paulista, com aumentos para os grupos do complexo sucroalcooleiro (+18,6%), dos sucos (+19,8%), das carnes (+9,7%), do complexo soja (0,8%) e do café (12,5%), registrando-se queda para produtos florestais (-2,2%).
Essas variações nas receitas do comércio exterior são derivadas da composição das oscilações tanto de preços como de volumes exportados.

Redação do Garca.Jor



Dieese: cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas

O custo médio da cesta básica em agosto teve alta em 13 das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O levantamento, divulgado hoje (8), mostra que os maiores aumentos foram em Campo Grande (3,48%), Belo Horizonte (2,45%) e Brasília (2,10%).
As quedas nos preços foram registradas em Aracaju (-6,56%), Curitiba (-3,12%), Fortaleza (-1,88%) e João Pessoa (-0,28%).
A cesta mais cara é a de Porto Alegre que custa R$ 664,67 e teve alta de 1,18 % em agosto. A de Florianópolis é a segunda mais cara (R$ 659), com elevação de 0,7% no mês. A de São Paulo ficou em R$ 650,50, com variação de 1,56%.
A cesta básica mais barata é a de Aracaju, no valor de R$ 456,40, seguida pela de Salvador (R$ 485,44) e de João Pessoa (R$ 490,93).
Em Brasília, a cesta básica acumula alta de 34,13% em relação a agosto de 2020 e custa, hoje, R$ 594,59. Na comparação com agosto do ano passado, o conjunto básico de alimentos teve elevação nos preços em todas as capitais pesquisadas.
Nos primeiros oito meses de 2021, a cesta básica teve aumento de 11,12% em Curitiba, o maior no período, com valor atual de R$ 600,47.
Entre os produtos que ajudaram a puxar a alta no custo, está o café em pó que subiu em todas as capitais. A elevação chegou a 24,78% em Vitória. O açúcar teve alta em 16 capitais, com aumentos que ficaram em 10,54% em Florianópolis e 9,03% em Curitiba.
O litro do leite integral subiu em 14 capitais pesquisadas, com alta de 5,7% em Aracaju e de 2,41% em João Pessoa.

Fonte: Agência Brasil



Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 45 milhões

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.407 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite dessa quinta-feira, 08, no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.
De acordo com a estimativa da Caixa, o prêmio acumulado para o próximo sorteio, no sábado (11), é de R$ 45 milhões. As dezenas sorteadas foram: 13 - 17 - 31 - 43 - 54 - 55.
A quina registrou 45  apostas ganhadoras. Cada uma vai pagar R$ 62.896,47. A quadra teve 4.411 apostas vencedoras. Cada apostador receberá R$ 916,65.
As apostas para o concurso 2.408 podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo país ou pela internet. O volante, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Fonte: Rádio Rural



Prefeita negacionista de Bauru é multada pelo não uso de máscara em ato

A prefeita de Bauru, Suéllen Rosim (Patriota), foi multada pelo governo de São Paulo por não utilizar máscara durante a manifestação que ocorreu na avenida Paulista, na capital, nesta terça-feira, 07.
A notícia foi divulgada no site do governo, no qual o nome da chefe do Executivo aparece junto com outras 13 autoridades, inclusive do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
Suéllen afirmou nas redes sociais que foi informada sobre a multa por meio da imprensa.
“Fui informada por meio da imprensa que estou entre o pequeno grupo de pessoas multadas nas manifestações de 07 de setembro na avenida Paulista pelo não uso da máscara em alguns momentos de acordo com a legislação vigente. Segundo a notícia do Governo do Estado de São Paulo, seremos notificados em breve, sendo assim, quando eu for notificada agirei de acordo com os recursos que a lei me permitir. Sigo adiante”, disse a chefe do Executivo.
Ainda segundo a nota publicada pelo governo do Estado, já é a sétima ocasião em que Bolsonaro descumpre normas sanitárias no território paulista, acumulando seis reincidências.
As autuações em legislação estadual e Lei Federal nº 14.019 de 2020, que obriga o uso de máscaras, e o sujeita às penalidades previstas na Lei nº 6.437 de 1977, que prevê multa de até R$ 1,5 milhão para infrações sanitárias gravíssimas.
Os multados são:
André Porciuncula – subsecretário de Fomento e Incentivo à Cultura;
Carla Zambelli – deputada federal (SP);
Danilo Balas – deputado estadual (SP);
General Girão Monteiro – deputado federal (RN);
Luciano Hang – empresário;
Marcio Labre – deputado federal (RJ);
Marco Feliciano – deputado federal (SP);
Magno Malta – cantor gospel;
Mário Frias – secretário especial de Cultura;
Netinho – cantor;
Silas Malafaia – pastor;
Suéllen Rosim – prefeita de Bauru;
Tarcísio Gomes de Freitas – ministro da Infraestrutura.
Segundo o Estado, o auto de infração será encaminhado para todos via Correios, com a descrição das normas previstas na legislação.

Fonte: Marília Notícia



Acionista da Jacto confirma que bancou manifestantes em ato golpista

“Olha isso, eu achei que era brincadeira, meu. Uma camiseta para cada um, mais o ônibus, mais R$ 100 para alimentação. Esse é o nosso grupo jacto de Pompeia”, afirma um manifestante bolsonarista em vídeo que circula pela internet.
O autor das falas se encontra dentro de um ônibus no momento da gravação, junto com outros simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tinham como destino às manifestações de caráter golpista desta terça-feira, 07, em São Paulo. O assunto tem repercutido tanto na grande imprensa quanto nas redes sociais.
Oficialmente, contudo, a assessoria de imprensa afirma que o Grupo Jacto “não patrocinou o envio de manifestantes para os eventos de 7 de setembro”. Também informa que o código de conduta das empresas veda o apoio a candidatos ou partidos.
Por outro lado, Takashi Nishimura, ex-presidente da Jacto e fundador da Brudden, que também atua no setor agropecuário, confirmou em entrevista exclusiva ao Marília Notícia que foi ele quem bancou a ida de nove ônibus da região para São Paulo.
O empresário, entretanto, deixou claro que o grupo empresarial do qual é acionista – mas diz não trabalhar mais – não teve nada a ver com o caso. Nishimura alega que agiu como pessoa física, sem vinculação com as empresas fundadas por sua família.
“Fui eu quem fiz, eu quem aluguei os ônibus”, afirma o empresário, que justifica seu envolvimento como “patriota” e “brasileiro”. De acordo com o ex-presidente, os ônibus saíram de cidades da região com destino a São Paulo. “Eu quem aluguei e paguei todos”, reforça.
Sobre a distribuição de R$ 100 para cada manifestante, Nishimura explica que boa parte das pessoas “não tinha muitos recursos, não sabia como faria para comer. Então, eu fiquei com pena e dei uma ajuda para eles, do meu bolso, da minha conta”.

Fonte: Marília Notícia