segunda-feira, 7 de junho de 2021

Casa da Cultura Cesarino Avino Sêga promove exposição sobre seu patrono

Desde o último sábado, 05, até o dia 12 de junho, a Casa da Cultura Cesarino Avino Sêga realizará a exposição “Poeta Cesarino e os Parnasianos.” O objetivo é o de promover a obra do patrono da instituição no ano em que se completam 30 anos do seu falecimento. Além das obras de Sêga, a exposição também contará com trabalhos de poetas do período conhecido como parnasianismo. 
Cesarino Sêga era um grande entusiasta das formas clássicas da poesia, assim como os autores desse movimento literário, que surgiu no Brasil na segunda metade do século 19.
Nascido no ano de 1906, na cidade de Piracicaba, Cesarino Avino Sêga veio para Garça na década de 40, onde instalou cursos de datilografia, madureza (que corresponderia hoje ao curso supletivo) e contabilidade. 
Sua vida se funde com a história da cidade, tendo criado aqui sua família, onde foi um dos pioneiros da educação tendo lecionado por muitos anos e deixou muitos alunos, admiradores e amigos. Participou ativamente da vida cotidiana e cultural de Garça, tendo inúmeros trabalhos publicados nos jornais locais e em periódicos espalhados pelo país. 
Sêga ainda legou para a terra que adotou uma obra publicada na década de 70, o livro “Quando Fala a Natureza.” O poeta faleceu em 05 de agosto de 1991.
Teve ainda seus outros poemas publicados no livro “Poemas Inéditos de Cesarino Avino Sêga”. Anos após, sua família propôs a criação de um local onde pudessem ser preservadas sua obra e memória, o que acabou ocorrendo com a criação da Casa da Cultura Cesarino Avino Sêga, que é mantida por seus filhos, em imóvel da família, onde funcionou a escola criada pelo professor e poeta.
O parnasianismo, amplamente seguido por Sêga, foi um movimento literário do século 19 surgido de uma reação ao sentimentalismo exacerbado do romantismo. Em contraponto à subjetividade e ao idealismo da poesia romântica. Contemporâneo ao realismo e ao naturalismo, o parnasianismo não apresentou tanto interesse nas questões usadas por essas duas escolas. Não sofreu influência das teorias em alta naquele momento, como as teorias sociais. Esse movimento literário tem sua preocupação voltada para a estética da poesia e para a forma. Sua busca é pela rigidez e formalidade da linguagem. Com influência nos ideais poéticos clássicos, o parnasianismo buscava a “arte pela arte”, sem se preocupar com o subjetivo. Visava também à perfeição estética, ao rigor formal, utilizando-se de um vocabulário mais elaborado e, por vezes, até incompreensível.
A exposição “Poeta Cesarino e os Parnasianos” terá sua abertura no dia 05 de junho e prosseguirá até o dia 12, podendo ser vista no horário das 14h30 às 17h30. A Casa da Cultura Cesarino Avino Sêga está localizada na rua 27 de dezembro, 99, em Vila Williams.

Fonte: Jornal Debate



Nenhum comentário:

Postar um comentário