terça-feira, 18 de maio de 2021

Três casos de tráfico de droga são registrados na periferia de Garça

A polícia militar fez três flagrantes de tráfico de drogas nesta segunda-feira, 17, em Garça.
O primeiro caso ocorreu, às 10h13, na rua César Corrêa Lopes, no bairro Araceli. Os policiais faziam patrulhamento, quando notaram um suspeito sentado. Assim que viu a viatura, o rapaz saiu correndo em direção a uma mata.
Durante a fuga, os policiais viram o momento que o acusado dispensou um saco transparente. O homem acabou detido e com ele havia R$ 233. O saco foi recuperado e nele estavam acondicionados 36 pinos com cocaína.
O detido havia saído do sistema prisional no dia 7 de maio deste ano. O rapaz, que não teve a identidade divulgada, foi preso e encaminhado até a delegacia de Garça, onde permaneceu à disposição da Justiça.
Já no período da tarde, às 15h20, na rua Maria Izabel, no bairro Labienópolis, os policiais avistaram um adolescente, que começou a caminhar rapidamente assim que notou a presença da viatura.
Ele foi abordado e, durante busca pessoal, os militares localizaram R$ 218. Ao averiguar o local em que o garoto estava antes de começar a caminhar, os PMS encontraram uma caixa de achocolatado com 59 pinos com cocaína.
Questionado, o menor confessou que o entorpecente lhe pertencia e que estava vendendo. O jovem foi apreendido e encaminhado até a delegacia, onde ficou à disposição da Vara da Infância e Juventude.
À noite, às 19h30, um homem de 54 anos, identificado como Waldir Modesto, foi preso com drogas na rua 7 de Setembro, no bairro Labienópolis.
Uma equipe policial avistou dois indivíduos na frente de uma residência, sem muro e portão. Quando a dupla observou a viatura, um deles fugiu para o quintal e não foi localizado, o outro, já conhecido nos meios policiais, acabou abordado.
Em revista pessoal, foi localizado no bolso da bermuda do acusado 107 pinos com crack e R$ 225. Waldir confessou que vendia por R$ 10 cada pino.
O homem foi preso e encaminhado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Fonte: Marília Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário