terça-feira, 11 de maio de 2021

Dois acusados por agressão de jovem em Garça se apresentam

Dois jovens que confessam participação no espancamento do mecânico Narciso dos Santos Silva Neto, de 24 anos, se apresentaram na tarde desta segunda-feira, 10, à Polícia Civil, em Garça (distante 35 quilômetros de Marília). A vítima teve lesão grave, provocada por uma pedra. Com vários golpes concentrados na cabeça, teve que ter um globo ocular extraído.
O servente de pedreiro Kuan Souza, de 19 anos, e o barbeiro Lucas Victor, de 21, foram até a delegacia acompanhados de um advogado.
De acordo com as informações do delegado Gustavo Danilo Pozzer, nas primeiras horas da manhã, as investigações já haviam identificado várias pessoas envolvidas nas agressões e testemunhas.
Câmeras de segurança da Prefeitura auxiliaram na apuração do caso, que aconteceu no Centro da cidade, na madrugada deste domingo, 09.
O crime chamou a atenção pela brutalidade e covardia. É Lucas quem aparece nas imagens, golpeando a cabeça da vítima, já descordada, com uma pedra.
Narciso está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas (HC) de Marília.
Segundo a polícia, os dois rapazes relataram que estavam com motocicletas na praça Pedro de Toledo – o que é irregular – quando o mecânico, que caminhava pelo local, teria sido atingido por um dos veículos.
“Esse fato teria gerado a discussão, que acabou desencadeando as agressões. Eles (autores) relataram ainda que a vítima estaria com um canivete, que foi apresentado pelo advogado deles, aqui nesta unidade policial”, explica o delegado.
Por não ter se tratado de flagrante, os acusados foram ouvidos e liberados. A prisão deles ainda pode ser decretada pela Justiça.
O caso foi registrado inicialmente como lesão corporal culposa, mas não está descartado que os envolvidos respondam por tentativa de homicídio.

Fonte: Marília Notícia




Nenhum comentário:

Postar um comentário