segunda-feira, 10 de maio de 2021

Acig orienta sobre necessidade de nova versão do programa gerador do Imposto de Renda

A Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça) alerta os contribuintes com Imposto de Renda a pagar que a Receita Federal liberou, em sua página na internet, uma nova versão do programa gerador da declaração de 2021.
A atualização foi necessária por causa do adiamento da entrega da declaração para 31 de maio. O programa emitirá guias do Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) com novas datas de vencimento.
"Os contribuintes devem ficar atentos. Muitos terceirizam este serviço para profissionais da área, mas alguns se aventuram em fazer em casa e precisam se atentar para as mudanças. Quem já enviou a declaração não precisa se preocupar. A Receita informou que quem emitiu Darf com vencimento até o dia 30 de abril pode pagar o imposto até 31 de maio, sem acréscimos. Não há necessidade de fazer declaração retificadora nem de reimprimir a guia", explicou o gerente da Acig, Fábio Dias.
Quem optou pelo débito automático também não precisa fazer nada. O valor referente a abril só será debitado em 31 de maio.
Além da primeira cota ou da cota única do Imposto de Renda Pessoa Física, foram prorrogadas para o último dia de maio as seguintes datas de vencimento: devolução do auxílio emergencial, doações a projetos financiados pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e doações a fundos controlados por Conselhos do Idoso.
Quem consultar o status da declaração no e-Cac (Centro Virtual de Atendimento da Receita) após 30 de abril verá os débitos como vencidos. Segundo o Fisco, o contribuinte não precisa se preocupar uma vez que, até 10 de maio, as informações serão corrigidas no ambiente virtual, com a data do vencimento atualizada para 31 de maio.
Em 2021, o Fisco espera receber até 32.619.749 declarações. No ano passado, foram enviadas 31.980.146 declarações.

Fonte: Jornal Debate



Nenhum comentário:

Postar um comentário