terça-feira, 20 de abril de 2021

Vestibular 2021 da Univesp oferece 24 vagas no Polo de Garça

A Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) abriu as inscrições para 11.020 vagas do vestibular anual 2021, destinadas a 305 municípios (capital, litoral e interior). Serão oferecidos seis cursos, com dois eixos básicos de ingresso, via processo seletivo: Licenciaturas (5.510 vagas, com as opções de Letras, Matemática e Pedagogia) e Computação (5.510 vagas, direcionadas aos cursos de Bacharelado em Tecnologia da Informação, Bacharelado em Ciência de Dados e Engenharia de Computação).
Para esse vestibular, o Polo Garça contará com 24 vagas, sendo 12 para o eixo de Licenciatura e outras 12 vagas para o eixo de computação. O Polo funciona na Secretaria Municipal de Educação.
As inscrições terminam no dia 20 de maio, às 23h59, e devem ser feitas pelo site vestibular.univesp.br. As provas ocorrerão em duas datas, eixo de Licenciatura (13 de junho) e eixo de Computação (20 de junho). O início das aulas está previsto para agosto de 2021.
O custo da inscrição é de R$ 45. Para participar, não há limite de idade, basta ter concluído o ensino médio ou com o término previsto até o período da matrícula. 
As provas serão presenciais nas cidades que englobam diversas regiões do Estado de São Paulo. Além da divisão das turmas, a empresa organizadora seguirá todas as recomendações sanitárias de prevenção à covid-19. O protocolo inclui a utilização de álcool em gel 70%, exigência do uso de máscara e distanciamento social. A lista completa dos locais dos exames também estará disponível em: vestibular.univesp.br, no dia 02 de junho. Os gabaritos oficiais serão divulgados em 14 de junho (Licenciaturas) e 21 de junho (Computação), no site do vestibular.
De acordo com o presidente da Univesp, professor Rodolfo Azevedo, o vestibular 2021 foi planejado para ampliar o acesso ao ensino superior gratuito. “Desde 2019, reforçamos nossas parcerias com as prefeituras para oferecer vagas. Neste ano, teremos novamente o maior processo seletivo em extensão territorial. Seguimos com o compromisso de levar educação a distância de qualidade aos mais diversos públicos e mostrar a inclusão proporcionada pela modalidade”, ressalta.
Como no vestibular passado, os alunos do Eixo de Computação farão a opção entre os três cursos, após um ano e meio: Bacharelado em Tecnologia da Informação (duração de três anos), Bacharelado em Ciência de Dados (quqtro anos) e Engenharia de Computação (cinco anos). Já os ingressantes nas Licenciaturas cursarão um ano de ciclo básico, com opção de habilitação a partir do segundo ano em: Letras, Matemática e Pedagogia. Segundo Azevedo, o modelo garante ao discente mais flexibilidade para a escolha, melhor entendimento do itinerário formativo, além de ter a integração com graduandos de outras habilitações, o que contribui para sua formação e no desenvolvimento de projetos integradores multidisciplinares.
Os cursos, totalmente gratuitos, são realizados em AVA? (Ambiente Virtual de Aprendizagem), plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas, que incluem assistir a videoaulas, acessar material didático, bibliotecas digitais e tirar dúvidas do conteúdo com tutores e facilitadores. Já os polos são espaços físicos, onde os alunos contam com infraestrutura (computadores, impressoras e acesso à internet) e realizam atividades como provas e discussões em grupo. No local, também podem ser solicitados serviços de secretaria acadêmica e o esclarecimento de dúvidas. Por ser uma universidade pública, todas as videoaulas também podem ser acessadas pelo canal de YouTube: https://www.youtube.com/user/univesptv.

Redação do Garca.Jor



Nenhum comentário:

Postar um comentário