terça-feira, 6 de abril de 2021

Câmara de Marília devolve parte do duodécimo e ato permite aquisição de 5 mil cestas básicas

A Câmara de Marília devolveu à prefeitura da cidade R$ 500 mil do duodécimo de 2021 – repasse obrigatório de recursos para manutenção do Legislativo – como contribuição para combate à fome e crise econômica decorrentes da epidemia de Covid-19. Deve permitir entrega de até 5.000 cestas básicas.
Segundo a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, os recursos devem ser usados para compras em uma licitação já efetuada e em vigor que permite a compra de 4.500 a 5.000 cestas.
A previsão é que os alimentos sejam distribuídos em uma série de atendimentos que envolvem cadastro já existente, ações com o Fundo Social de Solidariedade e atendimento especial a trabalhadores que perderam o emprego em função da crise.
“Vamos ampliar o atendimento dos cinco Cras (Centros de Referência em Assistência Social) que já funciona com cadastramento das pessoas em uma análise macro, que envolve dados de outros programas como bolsa família, viva leite”, disse a secretária de Assistência, Wania Lombardi.
O número representa um aumento significativo. A secretaria distribui em média 800 cestas por mês com projetos permanentes, além de doações especiais de instituições e moradores.
Os novos recursos devem atingir categorias como garçons, auxiliares, perueiros e outros casos com vítimas do desemprego.
“A parceria com o Fundo Social é muito importante. O Fundo tem tem autonomia maior que a da Secretaria para a entrega, pode ir direto às comunidades, articular com líderes comunitários”, disse a secretária.
O trabalho envolve ainda uma ação conjunta dos órgãos e das associações de bairro para cruzar dados dos beneficiados e controlar situações como repetição na entrega.
O repasse dos recursos foi feito na tarde da segunda-feira em encontro de vereadores com representantes da prefeitura. Um comunicado da Câmara diz que a devolução é resultado de controle orçamentário e equilíbrio de gastos que já vem promovendo devoluções anuais de recursos.

Fonte: Giro Marília



Nenhum comentário:

Postar um comentário