quarta-feira, 10 de março de 2021

Vereadora de Dracena é denunciada por ir a ato mesmo sabendo estar com covid-19

Por unanimidade, a Câmara de Dracena acatou denúncia contra a vereadora Sara Scarabelli (Podemos). Não participaram da votação a própria Sara, o autor da denúncia, Davi Silva (DEM) e o presidente Melão (Progressistas).
A CP terá como presidente Célio Ferregutti (PV), relator Victor Palhares (Progressistas) e membro Rodrigo Castilho (PSDB).
A vereadora terá dez dias após sua notificação oficial para apresentar defesa prévia por escrito, com provas e nomes de testemunhas. A comissão poderá em seguida decidir pelo arquivamento da denúncia ou seu prosseguimento, com análise do plenário. Se prosseguir, a comissão terá 90 dias de prazo para concluir as investigações.
 A denúncia pode ser conferida no site da Câmara, em link próprio da CP 01/2021. Uma das acusações é que Sara ficou sabendo que estava positivada para covid-19 por volta das 10 horas do dia 19 de fevereiro e foi avisada do isolamento de dez dias.
No entanto, na mesma data, volta das 14 horas, participou de um vídeo com o prefeito André Lemos (Patriota) e outras pessoas no Parque Dracena para anunciar uma obra. Há ainda outras denúncias sobre o caso. A denúncia é de quebra de decoro parlamentar.
A vereadora terá amplo espaço para sua defesa antes de qualquer análise de mérito da denúncia pelos vereadores.

Fonte: OCNet



Nenhum comentário:

Postar um comentário