sexta-feira, 12 de março de 2021

Marceneiro é preso após agredir e ameaçar mulher na Rebelo

O marceneiro Halisson Carlos Gomes de Sá, de 31 anos, foi preso por violência doméstica, lesão corporal e ameaça nesta quinta-feira, 11 de março, em Vila Rebelo.
A Polícia Militar foi acionada, por volta de 21h54, com a informação de que um homem estava agredindo sua companheira, uma autônoma de 29 anos.
Segundo consta, a vítima mora com o homem há quatro anos e ambos tem uma filha de três anos, sendo que a mulher tem ainda uma outra filha de 10 anos fruto de outro relacionamento.
A autônoma contou que estava usando o celular e conversava com uma amiga através de um aplicativo, quando Halisson foi até ela e a acusou de estar conversando com outros homens.
O marceneiro teria dito ela o traía e segurou o pescoço da vítima, acertando também seu rosto e exigindo que ela fosse embora de casa.
A jovem afirmou que quase perdeu os sentidos, mas conseguiu afastar o companheiro com os pés e chamou a polícia.
De acordo com o relato, a autônoma já teria sido agredida fisicamente em outras ocasiões e seriam corriqueiras injúrias contra ela.
A mulher pediu medidas protetivas contra Halisson, que foi preso e encaminhado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Fonte: Marília Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário