terça-feira, 16 de março de 2021

Hortas da Penitenciária I de Pirajuí colaboram com a comunidade

Presos da Penitenciaria I "Dr. Walter Faria Pereira de Queiróz", em Pirajuí, estão aproveitando espaço inutilizado de um antigo campo de futebol para plantar uma horta de cerca de 800 metros quadrados. Além de abastecer a cozinha da unidade, o cultivo busca ressocializar os detentos e colaborar com a comunidade, uma vez que parte dos produtos será doada a instituições assistenciais da cidade.
Os reeducandos envolvidos na atividade estão sendo orientados por um servidor que possui conhecimento na área. O projeto de agricultura envolve desde o plantio de verduras, legumes e hortaliças até plantas medicinais e frutíferas. Com o aprendizado, os próprios internos estão produzindo as mudas que serão cultivadas.
A horta está estruturada e em fase de aragem da terra para receber mudas de alface, coentro, cebolinha, pimenta, pimentão, pepino, abóbora e couve, que estão prontas para as covas de plantio. As frutíferas, como mamão e acerola, por exemplo, estão sendo semeadas ao redor da horta.
Segundo o diretor da Penitenciária I de Pirajuí, Paulo Rogerio Prieto Martins dos Santos, a ideia é utilizar os produtos da colheita na cozinha da unidade, fazendo doações do excedente para as instituições de caridade instaladas na cidade. "É uma maneira dos sentenciados colaborarem com a sociedade, principalmente nessa época de pandemia de Covid-19, além de servir como ferramenta de ressocialização", afirma.
O local também terá um espaço reservado para o trabalho de compostagem, além de estufas, e os presos já estão recebendo diversas instruções, entre elas como transformar o lixo orgânico em adubo natural.
Entusiasmado com a oportunidade de atuar no projeto, o interno José (nome fictício) destacou que será um aprendizado que ele levará para a vida toda. "Estou feliz por participar e poder ter contato com uma nova área, a do cultivo, que eu não tinha conhecimento. É algo que irá agregar muito ao meu dia a dia", afirma.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Nenhum comentário:

Postar um comentário