terça-feira, 23 de março de 2021

Evandro Santo fecha acordo em processo por agressão em Marília

O humorista Evandro Santo fechou um acordo e encerrou ontem o processo em que pedia indenização por danos morais no valor de R$ 60 mil, por conta de uma agressão em outubro de 2019, após seu show de comédia em uma casa noturna de Marília, no interior de São Paulo. O acusado de agressão morreu, extinguindo o processo criminal, mas um acordo foi fechado entre o pai dele e a defesa de Evandro.
Na época, o humorista, famoso pelo personagem Christian Pior, afirmou que a agressão aconteceu após um quadro chamado "Tinder Humano", onde ele dava um "selinho" em convidados que participam de forma voluntária. O acusado então participou normalmente da atração, mas depois do show, incitado pelo pai, agrediu Evandro, conforme relatou o humorista.
Ex-moradora de rua que foi notada por Madonna ganha transformação; veja
O advogado de Evandro, Dr. José Beraldo, pediu sigilo sobre o valor do acordo e explicou que pediu o arquivamento do processo na Justiça, pois o processo criminal foi arquivado porque o acusado de agressão morreu.
Beraldo também detalhou que, quando uma das partes morre, o processo criminal é automaticamente extinto. "Foi feito acordo com o pai do rapaz, que honrou o compromisso, pagou parte do valor e continua pagando mensalmente", ressalta o advogado.
Com o acordo registrado em contrato, o humorista ex-Pânico renuncia ao direito de eventual ação de indenização a título de danos materiais, morais e qualquer outra derivação jurídica, além de renunciar do direito de representação para fins criminais.
O advogado José Beraldo disse que, inicialmente, não queria o acordo por se tratar de um "crime de homofobia", mas que por todo contexto envolvido no caso, o resultado foi importante. "O Evandro ficou satisfeito, o acordo foi bem selado. E fica o alerta para qualquer ofensa com homofobia e racismo", detalha.
Evandro Santo elogiou o trabalho de sua defesa e celebrou a vitória da causa LGTB. "Aqui bate o martelo da Justiça", disse.

Fonte: UOL



Nenhum comentário:

Postar um comentário