terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Eixo-SP faz "limpa" em árvores e mudas existentes próximas a SP 294 em Tupã

Uma denúncia da Comissão do Meio Ambiente da OAB de Tupã que menciona não só as árvores que ligam Tupã e Iacri, mas também árvores plantadas no trevo principal de Tupã.
De acordo com o documento da OAB de Tupã, a Concessionária Eixo SP também eliminou todas as árvores plantadas pelos alunos do colégio Seletivo, em parceria com o Clube da Árvore, no trevo principal de Tupã.
De acordo com o documento, as crianças fizeram o plantio de dezenas de árvores no local em fevereiro de 2020. 
A Comissão do Meio Ambiente da Ordem de Advogados (OAB) de Tupã já protocolou uma denúncia no Ministério Público para que a empresa esclareça os acontecimentos. Veja trecho do documento:
"Acontece que a empresa concessionária EIXO ou terceiro por ela determinado, simplesmente ELIMINARAM TODAS AS ÁRVORES PLANTADAS PELAS CRIANÇAS em uma ROÇADA CRIMINOSA, em cenas de terror e verdadeiro descaso com o meio ambiente local, educação ambiental e o sonho de muitas destas crianças, que como relatos de professores, estavam indo no local várias vezes para acompanhar o crescimento de suas árvores, já que cada uma delas tinha o nome do(a) aluno(a) que plantou".
Recentemente, a empresa Eixo Sp cortou mangueiras que estavam às margens da rodovia SP-294, o que deixou moradores de Tupã e região indignados com a situação. A Comissão do Meio Ambiente da OAB de Tupã também levou a situação para apuração do MP. 
A empresa Eixo SP cortou mangueiras que estavam às margens da rodovia SP-294. A situação causou indignação e mobilizou moradores de Tupã e região, já que essas plantas existiam há mais de 10 anos no local.
A Comissão do Meio Ambiente da Ordem de Advogados (OAB) de Tupã já encaminhou uma denúncia ao Ministério Público (MP) para que a concessionária preste esclarecimentos sobre a supressão destas árvores.
O TupãCity também entrou em contato com a empresa Eixo SP para saber a respeito do assunto. Em nota, a concessionária afirma que as supressões e podas de árvores são uma obrigação do contrato firmado. Veja a nota abaixo:
"A Eixo SP Concessionária de Rodovias informa que as podas e supressões de árvores que estão sendo realizadas, dentro da faixa de domínio das rodovias, tratam-se de obrigação do contrato de concessão firmado, cujo objetivo é a segurança dos usuários. A concessionária esclarece também que a atividade está devidamente autorizada/licenciada junto aos órgãos competentes conforme a legislação vigente".
O TupãCity também questionou se a empresa plantaria mais árvores em outro local, para compensar a supressão. Entretanto, a pergunta foi ignorada e até o momento desta publicação nossa equipe não obteve resposta.

Fonte: TupãCity



Nenhum comentário:

Postar um comentário