quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Sindicato alerta para atual cenário dos bancos: aglomerações, metas e bancários infectados

Mais um caso de covid-19 foi constatado essa semana em um funcionário do Banco do Brasil de Paraguaçu Paulista. O Sindicato dos Bancários de Assis e região está atuando em prol do trabalhador que, além de enfrentar uma sobrecarga de trabalho, com as ameaças diárias de demissões feitas pelos bancos e ter que cumprir metas abusivas em plena pandemia, também corre risco diariamente diante das aglomerações e da falta de distanciamento físico nas portas dos bancos.
A população também está sendo prejudicada com esse montante de demissões nos bancos, pois não existem novas contratações, prejudicando assim o atendimento ao público, formando-se filas imensas de espera e, por consequência, aglomerações nas portas das agências, aumentando o risco de contaminação da doença, que inicia uma segunda onda da pandemia neste momento.
"O Sindicato vem alertando que com as demissões ocorridas e o fechamento de agências, a tendência é que as aglomerações ocorram diariamente pela redução do quadro de funcionários, tornando a espera ainda maior para a população. Todos os dias se formam filas imensas na entrada das agências e se estende pela rua, contribuindo para esses agrupamentos. Essa é a contribuição dos banqueiros para os trabalhadores bancários e a população”, afirma o secretário geral do Sindicato, Fábio Escobar.

Redação do Garca.Jor



Nenhum comentário:

Postar um comentário