segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Finados vai ter horário de abertura diferenciado do cemitério e proibição de venda de alimentos

Assim como diversas atividades, o Dia de Finados de 2020 não será igual ao de anos recentes. A pandemia do novo coronavírus levará a fazer com que algumas ações tenham de ser tomadas visando evitar que exista um ambiente favorável para a propagação do vírus. Ainda assim, o Cemitério Santa Faustina irá estar aberto para receber as pessoas que desejam prestar suas homenagens a familiares e amigos.
Uma das medidas que deverá chamar a atenção dos visitantes será a não presença de comerciantes nas proximidades do cemitério. Os vendedores de pastel, de frutas, de salgados, de refrigerantes, entre outros artigos de consumo não serão autorizados a montar suas barracas no local, numa medida visando evitar maiores aglomerações.
O setor de fiscalização da Prefeitura indicou que apenas comerciantes de flores, velas e vasos serão admitidos no local, ainda assim eles serão limitados a apenas cinco e será necessário efetuar um cadastro prévio junto à Prefeitura para pleitear a exploração comercial desses artigos nas proximidades do Santa Faustina.
As pessoas que desejavam realizar reformas em túmulos ou grandes pinturas só poderão executar esse trabalho depois do Finados, já que o período para a execução desse tipo de procedimento foi finalizado na última sexta-feira, 23 de outubro.
Segundo o secretário de Administração dos Serviços Públicos, Reginaldo Moretti, processos básicos, como a limpeza e lavagem de sepulturas, continuarão permitidos até o final deste mês. Por outro lado, um grupo de 15 servidores municipais já atua no cemitério para a roçagem, restelamento, varrição e limpeza completa do local.
Neste ano, o dia de Finados cairá em uma segunda-feira e, desse modo, uma adequação será feita nos horários de funcionamento para receber os visitantes. O local vai estar aberto no sábado (31 de outubro), domingo (01 de novembro) e segunda-feira (02 de novembro) das 08 às 17 horas.
"Pedimos para a população que faça sua visita também no final de semana, o que permitiria uma diminuição do fluxo no feriado, que costumeiramente é o que atrai um maior número de pessoas, inclusive com gente de fora", indicou o secretário.
Neste ano, a entrada no Santa Faustina se dará exclusivamente pelo portão principal, atrás do velório. Logo na entrada será disponibilizado álcool em gel e não será permitida a entrada de pessoas sem o uso da máscara. "Pedimos que as pessoas mantenham o distanciamento. Queremos que as pessoas venham fazer a visita e façam isso em segurança em relação à pandemia", complementou.
Além do temor com o coronavírus, também há outro problema a ser enfrentado, o Aedes aegypit. Visando evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana, não será permitida no Santa Faustina a entrada de nenhum recipiente que possa acumular água.

Fonte: Jornal Debate



Nenhum comentário:

Postar um comentário