terça-feira, 20 de outubro de 2020

Centro de Detenção Provisória de Álvaro de Carvalho vai ser entregue nesta quarta


Finalmente, após um longo imbróglio, será entregue nesta quarta-feira, 21 de outubro, às 10 horas, o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Álvaro de Carvalho.
A unidade tem capacidade para custodiar 823 pessoas e destina-se a abrigar presos provisórios, ou seja, ainda não condenados, tendo 11.514,18 m² de área construída, com investimento de R$ 49 milhões.
A unidade deveria ter sido concluída em setembro de 2018. Após o atraso nas obras, um cronograma divulgado pelo Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) depois de reunião com a SAP, previa a entrega do CDP para fevereiro de 2019, mas a unidade enfrentava contratempos burocráticos.
A entrega chegou a ser anunciada para março deste ano, porém fortes chuvas caíram na região no começo de fevereiro e na época a SAP afirmou que o presídio teria nova data de entrega ainda no primeiro semestre, o que não aconteceu.
A pasta informou ao site em um dos questionamentos, que “a pandemia de Covid-19, exigiu a adoção emergencial de medidas de prevenção e de enfrentamento por parte da Secretaria da Administração Penitenciária. Diante do quadro de grave crise na saúde pública, a SAP prospectou cenários e avaliou soluções, sendo certo que o CDP de Álvaro de Carvalho foi inserido no Plano de Contingência da Secretaria da Administração Penitenciária”.
O funcionamento desta unidade é aguardado com ansiedade por agentes da região de Marília que saíram para trabalhar em outras unidades do Estado e aguardavam transferência para retornar ao local de origem.
A unidade é a primeira do estado já inaugurada com chuveiros quentes disponíveis nos pavilhões. Além disso, possui sistema automático para a abertura e fechamento das portas sem que os funcionários tenham contato direto com a população carcerária. Trata-se de tecnologia desenvolvida 100% por técnicos da SAP.
A nova unidade será inaugurada também com todos os equipamentos de segurança, incluindo raio-X, portal detector de metal, escâner corporal e telas de proteção nas áreas de segurança.
O novo presídio foi projetado com características diferenciadas, aproveitando as experiências dos que já estavam em funcionamento. A unidade possui pavilhões de trabalho e de serviço como cozinha industrial, onde os próprios presos preparam os alimentos.
Há, ainda, salas de aula, além de inclusão, saúde, lavanderia e padaria (setores já existentes nas penitenciárias), incluindo sistema de rampas de acessibilidade a portadores de mobilidade reduzida e banheiros acessíveis.
A nova unidade está localizada na rodovia Mamede Barreto (SP 349), quilômetro 36, em Álvaro de Carvalho.

Fonte: Marília Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário