terça-feira, 8 de setembro de 2020

Homem de 33 anos é morto a facadas em bar de Júlio Mesquita

Um comerciante de 53 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso acusado de matar o pintor Remilson Alves de Araújo, de 33 anos, em Júlio Mesquita. O crime teria ocorrido na noite de domingo, 06 de setembro, mas foi divulgado apenas nesta terça-feira.
A Polícia Militar foi acionada em uma bar na rua Sete de Setembro, onde um indivíduo teria sido esfaqueado.
Ao chegar no endereço, os militares encontraram o bar fechado e nenhuma vítima. Os PMs apuraram que as partes envolvidas no caso tinham sido socorridas pela ambulância até o Hospital das Clínicas em Marília. Remilson morreu durante o trajeto para o hospital.
Conforme constatado pela polícia, após um desentendimento no interior do bar, Remilson e o comerciante (que seria dono do estabelecimento comercial) entraram em luta corporal.
Em certo momento, o pintor atingiu o comerciante com uma facada na mão esquerda. Os dois teriam caído em luta no chão e o comerciante alcançou uma faca e golpeou a vítima no tórax.
O comerciante passou por atendimento médico e após ser liberado foi preso em flagrante por homicídio qualificado.
A faca usada no crime foi apreendida pela perícia e o comerciante encaminhado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) em Marília, onde permaneceu à disposição da Justiça.

Fonte: Marília Notícia



Nenhum comentário:

Postar um comentário