sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Avião de pequeno porte cai na Marechal Rondon em Bauru

Um avião monomotor caiu na manhã desta sexta-feira, 11 de setembro, na Rodovia Marechal Rondon (SP 300), em Bauru.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o avião modelo modelo AB 115 e prefixo PP-FLJ pertence ao aeroclube, e estava com duas pessoas, o piloto instrutor e um aluno.
Eles haviam decolado da pista do aeroclube em direção à Pederneiras quando o monomotor perdeu sustentação por conta de uma falha no motor, segundo o piloto relatou aos bombeiros, e caiu em frente à base da Polícia Rodoviária por volta das 11 horas.
A aeronave foi parar no canteiro central da via. O piloto de 57 anos e o aluno, de 20, já estavam fora da aeronave quando os bombeiros chegaram no local e tiveram apenas ferimentos leves.
De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) mostram que a aeronave de matrícula PP-FLJ estava em dia, ou seja, apta a voar.
De acordo com o capitão Mário Augusto Damiati, do Corpo de Bombeiros, os trabalhos da equipe foram concentrados em garantir a segurança dos pilotos e dos moradores que estavam passando pela rodovia, que é bastante movimentada.
“Recebemos a chamada e em menos de 5 minutos estávamos no local, contendo vazamento de combustível, garantindo a segurança, isolando, e montando um sistema de espuma para evitar princípio de incêndio”, explica o capitão.
A aeronave não atingiu carros nem pessoas que estavam na rodovia no momento do acidente. Segundo o capitão, o piloto tentou pousar no local mais seguro possível que visualizou quando percebeu a falha no avião.
A partir de agora, o 4º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) vai fazer a perícia na aeronave para tentar desvendar o que de fato ocorreu. A Polícia Federal também está no local, o que é procedimento padrão neste tipo de ocorrência.
Não há previsão para o monomotor ser retirado da pista e uma faixa da rodovia, sentido capital-interior, está interditada.

Fonte: G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário