segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Radialista vítima de covid-19 tinha autorização para abrir emissora em Garça

O radialista e empresário Brito Jr, 45 anos, que faleceu sexta-feira, 14 de agosto, em função de complicações da covid-19 em Botucatu, já tinha autorização e outorga para abrir uma rádio educativa FM em Garça.
Brito Jr era natural de São Manuel, onde trabalhava com comunicações. Após testar positivo para Covid, foi internado na Santa Casa daquela cidade.
Mas seu quadro de saúde se agravou e ele foi transferido para Botucatu no dia 31 de julho. Foi sepultado na sexta-feira na cidade, onde tinha familiares.
Há praticamente um ano, no dia 19 de agosto de 2019, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou uma portaria de outorga para exploração da rádio FM em Garça por dez anos.
A consolidação do projeto ainda aguardava tramitação no Congresso, que precisa referendar concessões oficiais de emissoras.
A portaria autorizava a exploração dos serviços om fins exclusivamente educativos e provava ainda o local de instalação da estação e a utilização dos equipamentos.

Fonte: Giro Marília


Nenhum comentário:

Postar um comentário