quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Prefeito de Lins deve deixar o cargo nesta quarta-feira

O prefeito de Lins Edgar de Souza e o vice Carlos Alberto Daher (ambos do PSDB) deverão deixar os cargos nesta quarta, 12 de agosto. Eles tiveram diplomas cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e mandatos extintos pela Câmara. Na terça, 11 de agosto,, a Justiça de Lins rejeitou pedido de liminar em mandado de segurança para que Souza permanecesse no cargo até a realização das eleições indiretas pelo Legislativo.
Prefeito alegava que a decisão do TSE, apesar de determinar eleições indiretas, não dizia que o presidente da Câmara deveria assumir a prefeitura até a conclusão do pleito. Ele citou a pandemia da Covid para justificar o pedido, alegando que a mudança poderia prejudicar ações de combate à doença. A Justiça negou a liminar e deu 10 dias para o presidente da Casa, José Roberto Danzi, se manifestar.
Na noite de ontem, a Câmara fez sessão extraordinária para regulamentar as eleições indiretas e empossar Danzi no cargo de prefeito, de forma interina.

Fonte: Jornal da Cidade de Bauru



Nenhum comentário:

Postar um comentário