segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Matriz vai retomar missas presenciais com 40% do número de fiéis e retirada de senhas

Com a ida da cidade de Garça e vários outros municípios da região para a fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena contra o avanço do novo coronavírus, as igrejas e templos voltaram a ter a permissão de realizar missas, cultos ou cerimônias. No entanto, alguns procedimentos deverão ser observados, visando respeitar distanciamentos e evitar aglomerações.
Na paróquia São Pedro Apóstolo algumas normas foram definidas para garantir que as missas possam ser retomadas. De acordo com o pároco Anderson Messina Perini, o público das celebrações será limitado a 40%. Na matriz de São Pedro, que pode receber até 600 pessoas sentadas, haverá, desse modo, uma limitação para 180 pessoas, que deverão apresentar um distanciamento de cerca de dois metros. Para que esse esquema seja desenvolvido, a igreja passa a adotar um sistema de senhas, com as pessoas, ao longo da semana, podendo retirá-las na secretaria paroquial e, assim, ter direito a participar das missas naquele local.
Essas celebrações ocorrerão quatro vezes por semana: às sextas e sábados, a partir das 19h30, e aos domingos às 08 e às 19 horas. "Se não pegou a senha corre o risco de não poder entrar. Chegou o limite de 180 pessoas, infelizmente não poderá entrar na igreja. A senha não será dada para a pessoa participar de todas as missas presenciais, para dar oportunidade a outras pessoas. Então, se limita a uma missa por semana para cada fiel", explicou padre Anderson, que lembrou que as missas continuarão sendo transmitidas pela internet.
A entrada nas celebrações na matriz será feita exclusivamente pela porta principal. No local haverá a disponibilização de álcool em gel para que as pessoas possam efetuar a higienização das mãos. O uso de máscara será obrigatório, sendo que sem essa proteção o fiel será impedido de entrar no recinto.
No interior da igreja deverá ser observado um distanciamento de dois metros entre as pessoas, assim, em um banco poderão estar acomodados apenas dois fiéis, sendo um em cada canto, ao passo que no banco imediatamente à frente apenas uma pessoa poderá se sentar, ao centro. Os bancos terão marcações de onde o fiel poderá ficar
A paróquia de São Pedro continua a seguir as orientações da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) quanto à participação de pessoas do chamado grupo de risco nas celebrações. "Pessoas de grupo de risco, idosos e crianças, a recomendação sanitária é que permaneçam em casa. Diariamente a missa, pelo Facebook, pela Unirádio e pelo YouTube, continuará sendo transmitida, de segunda a sábado às 19h30 e nos domingos às 08 e às 19 horas", indicou o padre.
O momento das coletas e da comunhão vai ser feito sem filas. Para tanto, os fiéis deverão permanecer no banco e uma pessoa da acolhida passará a cesta para que a oferta seja realizada. Já quanto à comunhão, o procedimento será da mesma forma, com uma pessoa da acolhida vindo anteriormente borrifando álcool 70%, procedida pelo ministro. E quem quiser a comunhão, basta ficar de pé no banco em que estiver sentado.
O processo de retirada das senhas para a participação nas missas na matriz passa a ocorrer a partir das celebrações do próximo final de semana (22 e 23 de agosto), assim como nas comunidades, sendo que nelas as senhas serão ofertadas na própria localidade, respeitando um calendário próprio.

Fonte: Jornal Debate


Nenhum comentário:

Postar um comentário