sexta-feira, 24 de julho de 2020

MP arquiva denúncia de propina e tentativa de extorsão envolvendo o prefeito de Ourinhos

O Ministério Público (MP) de Ourinhos arquivou a denúncia de tentativa de extorsão e cobrança de propina envolvendo o prefeito Lucas Pocay (PSD), o pai dele e ex-prefeito Claury Alves da Silva, e outros agentes públicos e ex-servidores municipais.
A representação chegou ao MP depois de uma denúncia feita na Polícia Federal de Marília pelo empresário Ricardo Xavier Simões, dono de uma incorporadora da cidade. Durante as diligências, o procurador do MP entendeu que não há elementos suficientes para instauração de inquérito civil.
Segundo o denunciante, ele tinha uma dívida em impostos municipais em 2018 e o ex-secretário de Assuntos Jurídicos, o advogado Pedro Vinha Junior, e o adjunto da pasta, Lucas Cadamuro, tentaram obter vantagem indevida para a quitação desse débito.
Para isso, ele teria que ceder cinco lotes em um condomínio de alto padrão em Ourinhos. Os lotes avaliados em R$ 250 mil na época seriam para o prefeito Lucas Pocay, para o pai dele, para o próprio Pedro Vinha Junior, apontado com articulador do esquema, e Osvaldino Araújo Alves, secretário de Planejamento e Finanças.
O denunciante pode recorrer e, mesmo com arquivamento no MP, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aberta pelo Legislativo para apurar o caso continua, segundo o presidente da comissão.
Em nota, o prefeito Lucas Pocay disse que a denúncia é perseguição política e que o empresário teria relacionamento com o grupo que faz oposição ao prefeito.
Já Claury Alves da Silva, ex-prefeito de Ourinhos, ex-deputado estadual e pai do atual prefeito, informou que desconhece os fatos denunciados e acredita ser perseguição política contra o filho.
Osvaldino Araújo, atual secretário de finanças de Ourinhos, Pedro Vinha Junior, ex-secretário de Assuntos Jurídicos, e Lucas Cadamuro, ex-secretário adjunto de Assuntos Jurídicos, disseram que a denúncia é infundada e mentirosa.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário