segunda-feira, 6 de julho de 2020

Ciclista bate desafio pessoal de pedalar 10 mil quilômetros em frente à Acig

Quem passou em frente à sede da Acig (Associação Comercial e Industrial de Garça) ao longo do mês de junho viu uma atividade diferenciada. Uma bicicleta foi instalada e um atleta esteve ali por horas seguidas diariamente pedalando, visando cumprir o objetivo de atingir uma marca pessoal: 10 mil quilômetros. Quem buscou cumprir essa meta foi o atleta Eder Monteiro, conhecido com Eder Ciclista, que fez dessa atividade também uma vitrine para uma outra ação desenvolvida por ele, a "Bike Anti-drogas", cujo objetivo principal é desestimular o uso de substâncias entorpecentes e encorajar a prática de exercícios físicos.
Ao longo dessa ação no mês de junho, Monteiro cumpriu um total de 10.253 quilômetros pedalados no rolo (no mesmo local), ultrapassando, desse modo, a marca que era um desafio pessoal fixado pelo atleta.
Para que essa conquista fosse obtida, o ciclista contou com alguns apoios em Garça, como da Associação Comercial e Industrial de Garça, por meio do presidente João Galhardo, assim como do Fiscontábil, Escritório Tonon, GBS, Relojoaria Dyonisio, Pesqueiro Jacaré e Secretaria Municipal de Juventude, Esportes e Lazer de Garça.
"O Eder conseguiu. Ele é agora garcense, está morando na cidade de Garça, então, para ele foi um aprendizado, algo que ele queria fazer e conseguiu. Fez no rolo, ou seja, parado no mesmo local, e fez no mês todo em frente da Acig para bater esses mais de 10 mil quilômetros. E agora ele já está pensando em um novo desafio", explicou o gerente da Associação, Fábio Dias.
Esse novo desafio desenhado por Monteiro compreende em fazer um roteiro entre a cidade de São Paulo e Garça em 16 horas de bicicleta, saindo da capital paulista por volta das 03 da manhã e chegando à base da Polícia Rodoviária, próxima da entrada de Garça na SP 294, por volta das 19 horas.
"Isso vai ser divulgado e sempre com base no incentivo ao esporte e à vida saudável. É algo que o Eder frisa muito, que em vez de buscar as drogas, a pessoa pode ir para o esporte, que isso traz muita saúde, disposição. Ele vai ter apoio da Policia Rodoviária para que possa fazer com segurança essa viagem de São Paulo a Garça", complementou Dias.

Fonte: Jornal Debate


Nenhum comentário:

Postar um comentário