quinta-feira, 23 de julho de 2020

Asilo com surto de covid-19 tem nona morte de idoso em Tupã

A prefeitura de Tupã informou a nona morte de um idoso da Casa Emanuel, asilo onde foi detectado um surto de coronavírus. Com isso, a cidade chegou a 12 óbitos pela doença.
O anúncio de mais uma morte no asilo acontece no mesmo dia em que a prefeitura acendeu o sinal de alerta para outra instituição da cidade, a Casa da Criança, que pode ser atingida por um surto da doença.
De acordo com a prefeitura, a nona morte do asilo é de um mulher de 65 anos que foi diagnosticada com coronavírus. Há ainda uma outra morte de idoso que está sob investigação. Segundo a prefeitura, os exames de uma paciente de 92 anos foram enviados ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.
Por conta do surto no asilo, os moradores da Casa Emanuel tiveram que ser transferidos para outro prédio, para a prefeitura fazer a higienização do local e evitar a disseminação do coronavírus.
Já a Casa da Criança, instituição que atende a 234 crianças, jovens e adultos com necessidades especiais, passou por uma testagem em massa e foram identificados três casos positivos.
A prefeitura informou que está providenciando a higienização de todos os cômodos das dependências da Casa da Criança, mas afirmou que, como o local é grande, não foi necessário suspender o atendimento nem remover os internos para outros locais.
Ainda segundo a prefeitura, as três crianças que testaram positivo para coronavírus passam bem e duas delas inclusive já passaram o período de transmissão. Mesmo assim, por prevenção, elas estão isoladas em um cômodo da instituição.
Tupã, que vinha adotando uma flexibilização do comércio menos rígida que a indicada pela fase 2 (laranja), voltou a fechar bares, restaurantes, lanchonetes e academias por conta do aumento de casos e da taxa de ocupação de leitos, que ultrapassou a marca de 50%. A cidade tem 200 casos confirmados da doença.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário