terça-feira, 30 de junho de 2020

Prazo para declarar IR 2020 termina hoje, e Receita deposita segundo lote de restituições

A Receita Federal recebe declarações de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2020 (ano-base 2019) até as 23h59 desta terça-feira, 30 de junho. Quem não entregar a prestação de contas no prazo estará sujeito à multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido. Além disso, o Fisco deposita hoje o segundo lote de restituições para 3,3 milhões de contribuintes. O dinheiro será creditado na conta indicada no ato da declaração de ajuste anual.
Este ano, o órgão espera receber cerca de 32 milhões de declarações. O prazo original terminaria no dia 30 de abril, mas foi estendido até 30 de junho em razão da pandemia do novo coronavírus.
Segundo especialistas, quem deixou para a última hora deve entregar a declaração, ainda que precise apresentar uma retificadora depois, para não pagar multa.
No caso do segundo lote de restituição, foram incluídos 3.306.644 contribuintes, que vão receber um valor total de R$ 5,7 bilhões. É a maior devolução da história.
Entre aqueles que têm prioridade de recebimento, há 54.047 idosos acima de 80 anos; 1.186.406 pessoas entre 60 e 79 anos, além de 89.068 cidadãos com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. Há também 937.234 pessoas cuja maior fonte de renda é o magistério.
Ainda de acordo com o Fisco, foram contempladas também mais de um milhão de pessoas sem direito à prioridade garantida por lei, que entregaram suas declarações sem pendências até 4 de março.
A Receita já informou, no entanto, que o primeiro lote (pago em 29 de maio) e esta segunda leva de devoluções depositada agora não sofreram correção. Os juros serão aplicados somente a partir do terceiro lote.
Este ano, o Fisco mudou o calendário de restituições. Em vez de sete lotes pagos de julho a dezembro — como acontecia até 2019 —, agora serão apenas cinco, liberados de maio a setembro. Com isso, o dinheiro deixou de ser creditado no meio do mês e passou a ser depositado no fim. O dinheiro fica disponível para saque por um ano.

Fonte: Yahoo


Nenhum comentário:

Postar um comentário