quarta-feira, 17 de junho de 2020

Polícia Civil investiga morte de mãe e filho recém-nascido em hospital de Assis

A morte da jovem Laís Meire Pereira, de 21 anos, e o filho recém-nascido durante parto no Hospital Regional de Assis está sendo investigada pela Polícia Civil, que solicitou exames necroscópicos das vítimas.
O caso foi registrado na delegacia pelo marido da vítima. Segundo boletim de ocorrência, a médica informou que a jovem apresentava quadro de parto prematuro.
Segundo ela, Laís, que era moradora de Palmital, teve uma parada cardíaca no centro cirúrgico e foi feita a cesárea de emergência.
A médica explicou ainda em seu depoimento que, logo depois de nascer, o bebê também teve parada cardiorrespiratória. Os dois não resistiram e morreram. Contudo, a causa da morte não foi definida.
O marido da mulher foi questionado pela polícia sobre possíveis problemas anteriores da vítima. Em seu depoimento, ele lembrou de uma reclamação dela de dor nas costas e de que, há 20 dias, eles se assustaram quando a mulher quase caiu de uma cadeira que se quebrou quando ela estava sentada.
O boletim de ocorrência foi registrado como morte suspeita. A reportagem questionou a Secretaria Estadual de Saúde sobre o caso, mas ainda não obteve retorno.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário