sexta-feira, 26 de junho de 2020

Mais uma: cidade de Osvaldo Cruz proíbe soltura de fogos de artifício com barulho

A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz aprovou por maioria, voto contrário apenas do vereador Adenilson Aparecido Barbosa "Exclusivo" (PDT), projeto de Lei "João Fernando", nº 12/2020, que proíbe a soltura e manuseio de fogos de artifício com barulho no município.
O projeto leva o nome do jovem osvaldo-cruzense que é autista e inspirou os autores, vereadores Luis Ricardo Spada Bonfim "Bitinha" (PSDB)) e Lucas Canola Hirano (PV).
"Estou particularmente muito feliz porque os colegas entenderam a necessidade da proposta em nome da vida e da saúde de portadores de deficiência, idosos, crianças e animais domésticos. A aprovação foi por maioria absoluta, o que me deixa muito contente. Agora a proposta vai à sanção ou veto do prefeito Edmar Mazucato (PSDB) e esperamos que ele também acolha o Projeto", disse Bitinha ao agradecer ao colega Lucas Hirano pela co-autoria da propositura.
 A mãe de João Fernando, a professora Branca Romanini, veio a público e agradeceu aos vereadores que votaram pelo Projeto de Lei. "Agradeço a todos os vereadores que tiveram empatia pela causa, aos profissionais de imprensa que divulgaram a história do meu filho e de nossa família e aos inúmeros manifestos de apoio recebidos. Esperamos agora pela sanção do prefeito Edmar Mazucato", disse a educadora.

Fonte: OCNet


Nenhum comentário:

Postar um comentário