segunda-feira, 22 de junho de 2020

Idosa é torturada e roubada por quadrilha de menores de idade

A Força Tática da Polícia Militar apreendeu cinco adolescentes na noite da última sexta-feira, 19 de junho, acusados de roubar e torturar uma idosa de 72 anos no Jardim Nova Garça. A vítima, moradora da rua Antônio Ramos Neto, foi alvo de tortura física e psicológica, além de cárcere privado.
Ela foi encontrada por volta das 16 horas do sábado toda machucada, presa dentro do banheiro e precisou de atendimento médico. Inicialmente a polícia chegou a ser informada de que a vítima já estaria morta, o que não se confirmou.
A informação é de que várias partes do corpo dela foram queimadas com faca aquecida ao fogo e a vítima teve o couro cabeludo arrancado, o olho perfurado com objeto não detalhado e apresentava diversas lesões de chutes e socos.
Entre os adolescentes, um tem 13 anos, outro 15, dois têm 16 e o mais velho possui 17. Com alguns deles posteriormente foram apreendidos uma arma e drogas.
Por esse motivo, segundo a PM, os menores de idade também devem responder por porte ilegal de arma de fogo, tráfico, assim como por associação para o crime. Eles já eram conhecidos nos meios policiais.
Após ser liberta, a vítima disse que reconheceu um dos adolescentes acusados e informou o nome de outro deles para a polícia. Em pouco tempo todos os envolvidos foram identificados e em algumas horas acabaram detidos. O primeiro infrator foi localizado em sua residência próximo ao local dos delitos. No entanto, ao ser abordado, negou sua participação.
O segundo adolescente infrator foi localizado na residência de sua sogra e ao avistar as viaturas tentou fugir pulando muros e telhados dos vizinhos. Acabou abordado e detido em seguida. Em diligências no quarto onde estava hospedado, foi localizado um revólver calibre 32 escondido em uma meia no interior de um tênis. A busca foi presenciada pelo sogro.
O terceiro infrator foi localizado na sua residência e abordado na presença de familiares, segundo os policiais. Nada de ilícito foi encontrado, porém o jovem indicou a residência de outros dois envolvidos, confirmando a participação detalhada de todos. O quarto infrator foi localizado em sua residência e tentou fugir, porém terminou detido logo em seguida.
Em diligência no seu quarto, na presença de sua tia e primas, foi encontrado na parte superior de um móvel 101 porções de cocaína, 70 porções de crack e uma pedra maior também da mesma droga, além da quantia de R$ 378 em dinheiro.
O quinto infrator foi localizado em sua residência e nada de ilícito foi localizado. Ele negou a participação no delito. Todos foram apresentados na Central de Polícia Judiciária de Marília.

Fonte: Marília Notícia


Nenhum comentário:

Postar um comentário