sexta-feira, 22 de maio de 2020

Hemocentro regional precisa com urgência de doadores de sangue

O Hemocentro de Marília, um dos departamentos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Marília, precisa urgente da colaboração da população na doação de sangue. Esse Hemocentro atende várias cidades da região, incluindo Garça.
O estoque mantido na instituição é referência para 102 municípios com 2 milhões de habitantes. Sua falta pode prejudicar pacientes que necessitam de procedimentos e intervenções médicas ou com doenças crônicas graves, além de ser vital para tratar feridos em situações de emergência.
Uma única doação pode salvar até quatro vidas. Como o sangue é insubstituível e sem ele é impossível viver, o Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde e o HCFAMEMA reforçam periodicamente a importância da adoção de uma cultura solidária da doação regular e espontânea de sangue pela população.
Nesta semana, entretanto, a baixa adesão de doadores – menos do que 50% do registrado em igual período do ano passado – pode provocar um colapso na assistência, pois cinco dos oito tipos sanguíneos estão abaixo do estoque ideal e os outros três no limite ou pouco acima do ideal.
O chamado estoque ideal é uma previsão de necessidade mínima baseada na média histórica da demanda por sangue.
É possível doar sangue de forma espontânea, bastando comparecer ao Hemocentro das 7h30 às 14h, à rua Lourival Freire, 240, bairro Fragata, em Marília, ou de forma agendada, ligando para definir dia e horário pelo telefone 3402 1851.
Pode doar quem tem entre 16 e 69 anos e com boas condições de saúde e peso maior do que 50 kg. Na hora da doação deve estar descansado e alimentado e estar com documento de identificação com foto. Existem alguns impeditivos temporários (como uma gripe ou gravidez, por exemplo) e permanentes (como Hepatite após os 11 anos de idade). O candidato passa por uma triagem de avaliação antes da doação. Em caso de dúvidas sobre as condições do doador ligue para 3402-1851. O doador precisa comparecer com máscara.

Fonte: Marília Notícia


Nenhum comentário:

Postar um comentário