quarta-feira, 1 de abril de 2020

Empresa alimentícia de Marília cria comitê sobre coronavírus e dá férias a "grupo de risco"

A Marilan, com sede em Marília, divulgou na terça-feira, 31 de março, um pacote de medidas para proteger os funcionários durante a crise do coronavírus. Como outras indústrias classificadas como atividade essencial, a empresa segue em produção.
“A Marilan organizou um comitê – ­composto pelo presidente, diretores e gerentes –, que se reúne diariamente para acompanhar de perto as atualizações sobre o coronavírus e implementar diretrizes para a companhia”, diz o comunicado.
Segundo a empresa, todos os colaboradores, incluindo equipe externa de vendedores e promotores, foram orientados sobre os sintomas, formas de prevenção e cuidados, sendo informados diariamente sobre a Covid-19 pelos canais internos da companhia:
"A nossa comunicação interna já era bastante ativa, mas intensificamos para que todos os colaboradores recebessem as orientações corretas”, explica Sérgio Tavares, presidente da Marilan.
Funcionários incluídos no chamado grupo de risco apontado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram liberados para férias, inclusive as gestantes, que, mesmo não integradas na categoria, foram afastadas com remuneração mantida por deliberação da companhia.
Os colaboradores das áreas administrativas que conseguem executar suas atividades remotamente, e que não fazem parte do grupo de risco, seguirão suas tarefas no regime ‘home office’, acompanhados pelo gestor imediato.
As demais áreas continuam trabalhando normalmente, seguindo todos os protocolos de higienização e cuidados ao chegar no ambiente de trabalho. Tanto no trajeto, quanto dentro da empresa, a companhia aumentou o número de ônibus fretados e organizou um itinerário espaçado para que toda a frota não chegue ao mesmo tempo. “Os elevadores também foram desabilitados, somente pessoas com mobilidade reduzida possuem acesso”, conta o executivo.
Na portaria da empresa, foram instaladas câmeras termográficas, que medem a temperatura corporal de todos os colaboradores. A triagem acontece na entrada dos turnos e na Sede Corporativa.
No restaurante, o número de cadeiras e mesas foi reduzido para aumentar a distância entre os colaboradores. Foi adotado também o uso de marmitex, dispensando o self-service.
Eventos externos e internos, viagens e treinamentos foram suspensos até que as autoridades competentes divulguem novas recomendações e a situação se normalize. A higienização e limpeza das áreas – incluindo Sede, Indústria e ônibus – também foram reforçadas.
A empresa criou canais de atendimento sobre a Covid-19, que podem ser acessadas pelo e-mail: duvidas.coronavirus@marilan.com ou pelo WhatsApp para (14) 98117-9339.
Todos os colaboradores e familiares podem esclarecer questões com suporte da operadora de saúde por meio do telefone: 0800-2012500, disponível das 7h às 23h, de segunda-feira a domingo, incluindo feriados.

Fonte: Giro Marília


Nenhum comentário:

Postar um comentário